Com mais de 11 milhões de visualizações do trailer na internet, ‘Tô Ryca’ chega hoje aos cinemas

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 22 setembro, 2016 10:44

A partir de hoje, dia 22 de setembro, Samantha Schmütz ganha às telonas de todo o Brasil com sua primeira protagonista no cinema em TÔ RYCA, do diretor Pedro Antonio. Mas, na internet, o longa já vem agitando o público. O trailer da comédia já soma 11,5 milhões de visualizações na fanpage oficial e ultrapassa a casa dos 66 mil compartilhamentos. Produzido pela Glaz (do sucesso “Loucas Para Casar”) com distribuição da Downtown e da Paris Filmes, “Tô Ryca” conta as aventuras de Selminha (Samantha Schmütz), uma frentista moradora do subúrbio do Rio, que foi escolhida pelo tio para herdar uma fortuna de 300 milhões de reais. Mas, antes de colocar a mão nessa grana, ela precisa enfrentar um desafio: gastar 30 milhões de reais em um mês sem acumular nada para ela e sem contar para ninguém.

Para cumprir a missão, Selminha vai precisar da ajuda da melhor amiga Luane (Katiuscia Canoro), do contador Ulysses (Marcus Majella) e da advogada Mariene (Fabiana Karla). Em 30 dias, ela vai se envolver em muitas confusões e perceber que ser rico pode não ser tão simples quanto parece.

to-ryca-22setembro2016

Selminha é uma frentista que tem a chance de deixar pra trás seus dias na pobreza. Um dia, ela recebe a notícia de que um tio que ela nem sabia existir lhe deixou de herança uma grande fortuna. Mas para ganhá-la, ela precisa cumprir um desafio: gastar R$ 30 milhões em 30 dias, sem acumular nada. Se conseguir, ela finalmente será a herdeira de 300 milhões.

O longa conta com grande elenco com nomes como Marcelo Adnet (Falácio Fausto), Marcello Melo Jr. (Rubens), Anderson Di Rizzi (Nico) e Fiorella Mattheis (Patrícia). O longa traz também Mauro Mendonça (Odair) e Marilia Pêra (Madame Claude) em seu último papel no cinema.

O roteiro de Fil Braz (Minha mãe é uma peça – O Filme) é inspirado no livro americano “Brewster’s Million”, do autor George Barr McCutcheon, que serviu como base para outros 11 longas, entre eles “Chuva de Milhões”, do Richard Pryor, e “Tô Ryca”, que é uma versão brasileira da história de 1902. “A premissa que o George Barr McCutcheon criou é boa pra caramba! Ter que gastar muito dinheiro em pouco tempo sem adquirir nada é – além de praticamente impossível – insuportável”, comenta Fil Braz.

to-ryca-1

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 22 setembro, 2016 10:44


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Aprendiz de Espiã

Facebook