Cinemateca Brasileira exibe cópias restauradas da trilogia Imagens do inconsciente

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 12 julho, 2016 10:36

A Cinemateca apresenta uma programação especial celebrando o revolucionário trabalho da dra. Nise da Silveira, exibindo as cópias restauradas da trilogia Imagens do inconsciente, de Leon Hirszman, e a cinebiografia Nise – O coração da loucura, de Roberto Berliner.

Nise - O Coração da Loucura-23Fevereiro2016

Fruto do diálogo constante entre Nise e Leon, Imagens do inconsciente é dividido em três episódios, a partir de três artistas, suas vidas e seus casos clínicos: Fernando Diniz – Em busca do espaço cotidiano “a pintura em luta constante contra o caos para recuperar o espaço cotidiano”; Adelina Gomes – No reino das mães “a pintura em luta para expulsar os fantasmas e recuperar a condição feminina”; Carlos Pertuis – A barca do sol “a dolorosa busca da consciência da humanidade pelas lendas”. Nas palavras de Leon, “Imagens do inconsciente aborda três histórias de vida, três casos clínicos. Procurei uma linguagem cinematográfica que permitisse narrar os filmes a partir dos próprios trabalhos pintados pelos artistas. Em um processo seletivo, as obras – que expressam o mundo interior do artista – vão revelando as idas e voltas da consciência e a sua despotencialização. Quando a pessoa se despotencializa põe para fora, na pintura, os fantasmas que estavam dentro dela. Despotencializadas, permitem que as forças autocurativas se manifestem.”

Nise – O coração da loucura, de Roberto Berliner, traz a atriz Gloria Pires no papel da médica psiquiatra Nise da Silveira no momento no qual, ao sair da prisão, volta aos trabalhos num hospital psiquiátrico no subúrbio do Rio de Janeiro e se recusa a empregar o eletrochoque e a lobotomia no tratamento dos esquizofrênicos. Isolada pelos médicos, resta a ela assumir o abandonado Setor de Terapia Ocupacional, onde dá início à seu trabalho revolucionário.

Toda a programação tem entrada gratuita.

SEXTA 15/07
SALA BNDES
19h00 IMAGENS DO INCONSCIENTE – NO REINO DAS MÃES | EM BUSCA DO ESPAÇO COTIDIANO | A BARCA DO SOL

SÁBADO 16/07
SALA BNDES
17h00 IMAGENS DO INCONSCIENTE – NO REINO DAS MÃES | EM BUSCA DO ESPAÇO COTIDIANO
20h00 NISE

DOMINGO 17/07
SALA BNDES
17h30 IMAGENS DO INCONSCIENTE – A BARCA DO SOL
19h00 NISE

FICHAS TÉCNICAS E SINOPSES

Imagens do inconsciente – No reino nas mães, de Leon Hirszman
Brasil, 1983-1986, 16mm, cor, 55’ | Exibição em HDCam

No reino das mães tem como principal personagem a paciente Adelina Gomes – moça pobre, filha de camponeses, internada num hospício no final dos anos 1930. Aos 18 anos, Adelina apaixonou-se por um rapaz, mas seu casamento foi proibido pela mãe. Em sinal de revolta, ela estrangula a gata de estimação da família e vai para o manicômio, recebendo diagnóstico de esquizofrenia. Ao longo do filme, conhecemos as esculturas e pinturas feitas por Adelina no ateliê da Seção de Terapêutica Ocupacional do Centro Psiquiátrico Nacional, organizada por Nise da Silveira em 1946. Suas obras exibem mulheres metamorfoseadas em flor, mães com o coração fora do peito e gatos. A sucessão de imagens é acompanhada por um texto que interpreta os processos psíquicos revelados na arte de Adelina, sugerindo paralelos entre sua produção plástica e diversas figuras mitológicas.

Não indicado para menores de 14 anos

Imagens do inconsciente – Em busca do espaço cotidiano, de Leon Hirszman
Brasil, 1983-1986, 16mm, cor, 80’ | Exibição em HDCam

Considerações sobre o trabalho de Nise da Silveira à frente do Museu de Imagens do Inconsciente e o papel da atividade artística no tratamento dos pacientes, Em busca do espaço cotidiano também denuncia os limites da psiquiatria tradicional e a decadência dos lugares que acomodam os doentes. A partir daí, volta-se para o caso do Fernando Diniz, cujas pinturas, ora abstracionistas, ora figurativas, muitas vezes povoadas por formas circulares e geometrismos, funcionam como lugar de exposição de seus tormentos subjetivos. Em seus desenhos, Fernando também procura livrar-se do caos para assim organizar seu espaço cotidiano, tal como um homem comum.

Não indicado para menores de 14 anos

Imagens do inconsciente – A barca do sol, de Leon Hirszman
Brasil, 1983-1986, 16mm, cor, 70’ | Exibição em HDCam

A barca do sol mergulha no universo místico de Carlos Pertius, filho de uma família de imigrantes franceses, internado aos 29 anos. Depois de enfrentar problemas pessoais – a morte do pai – Carlos certo dia vislumbrou uma imagem cósmica, a que deu o nome de “o planetário de Deus”. Foi encarcerado no hospital da Praia Vermelha, no Rio de Janeiro, e recebeu o diagnóstico de esquizofrenia. Em 1946, passou a frequentar o ateliê criado por Nise da Silveira, afeiçoando-se por ele como se fosse sua casa. Suas obras são marcadas pela presença de mandalas, sinais de suas tentativas de organizar o caos psíquico. Além disso, receberam especial atenção de Jung, quando expostos em Zurique, em 1957, por ocasião do 2º Congresso Internacional de Psiquiatria.

Não indicado para menores de 14 anos

Nise – O coração da loucura, de Roberto Berliner
Brasil, 2016, digital, cor, 109’ | Exibição em DCP  – Elenco Glória Pires, Fabrício Boliveira, Felipe Rocha

Negando-se a usar métodos como eletrochoque e lobotomia em esquizofrênicos, a dra. Nise da Silveira (1905-1999) assume o abandonado setor de terapia ocupacional do hospital onde trabalha, revolucionando o tratamento de seus pacientes.

Não indicado para menores de 12 anos

SERVIÇO

CINEMATECA BRASILEIRA

Largo Senador Raul Cardoso, 207
próximo ao Metrô Vila Mariana
Outras informações: (11) 3512-6111
www.cinemateca.gov.br
Entrada Gratuita

REALIZAÇÃO

Departamento de Difusão da Cinemateca Brasileira
Coordenação: Leandro Pardi
Programação: Sérgio Silva
Produção: Lívia Fusco

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 12 julho, 2016 10:36


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Angry Birds 2

Facebook

O Clube dos Canibais
Meu Nome é Daniel