Gidon Kremer, um dos maiores violinistas clássicos do mundo, é a atração de junho da Temporada 2016 do Mozarteum Brasileiro

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 17 junho, 2016 17:10

Gidon Kremer, um dos maiores violinistas clássicos do mundo, é a atração de junho da Temporada 2016 do Mozarteum Brasileiro

Reconhecido como o solista de envergadura internacional que mais explorou compositores contemporâneos nos últimos 30 anos, Gidon Kremer é dono de um repertório excepcionalmente amplo e rico. “Não quero músicas que sejam apenas confortáveis. Mas que também proporcionem a expansão do espírito”, declarou o violinista ao jornal britânico The Guardian. Coerente com essa posição, reservou para a apresentação na Temporada 2016 do Mozarteum Brasileiro um programa com obras de compositores de diferentes épocas: do século 20, Mieczyslaw Weinberg, J. Cohen, A. Pushkarev, Alexander Raskatov e, claro, Astor Piazzolla; e os clássicos Tchaikovsky, Beethoven, Schumann e Modest Mussorgsky.

Para a KREMMERata Báltica, orquestra de câmara que acompanha o violinista há 19 anos, é essencial cultivar uma abordagem criativa em seus programas, procurando ir além do mainstream. Desde seu primeiro concerto, conquistou o público com sua exuberância, energia e alegria. Logo se tornou um dos mais prestigiados e requisitados conjuntos camerísticos no cenário mundial. A orquestra já realizou mais de 1.000 concertos em mais de 600 cidades de mais de 50 países.

No ano em que o Mozarteum comemora 35 anos, o público da Sala São Paulo será brindado nessa atração da Temporada 2016 com magnificas interpretações e performances. No dia 21, Gidon Kremer e a KREMERata Báltica sobem ao palco para executar peças e arranjos de Mieczyslaw Weinberg (Concertino para violino e orquestra de cordas, op. 42), Schumann – René Koering (Concerto para violino, orquestra e tímpanos, op.129), Tchaikovsky – Leonid Desyatinikov (Serenata Melancólica para violino solo e orquestra de cordas, op.26),  Modest Mussorgsky – J. Cohen – A. Pushkarev (Quadros de uma exposição) e Valentin Silvestrov (Serenata para violino solo).

Um novo programa igualmente surpreendente marcará a despedida do grupo no dia 22. Nessa noite é a vez de Beethoven (Quarteto de cordas Serioso, op. 95, versão orquestral por Gustav Mahler), Schumann – R. Koering (Concerto para violino, orquestra e tímpanos, op. 129,), Alexander Raskatov (The Seasons’ Digest. Baseado na obra The Seasons, op. 37a de Tchaikovsky) e Astor Piazzolla – L. Desyatnikov (Quatro porteño – Quatro estações em Buenos Aires, para violino e orquestra de cordas).

“O concerto de Gidon Kremer com a KREMERata Báltica traz um programa rico e variado. Temos certeza que essa atração agradará a todos e conquistará novos apreciadores da música clássica”, afirma Sabine Lovatelli, presidente do Mozarteum Brasileiro.

SERVIÇO
Gidon Kremer & KREMERata Báltica
Data: 21 e 22/6 – 21h
Sala São Paulo
Endereço: Praça Júlio Prestes, 16
Ingressos / Setores: R$120,00 (D), R$200,00 (C), R$300,00 (B) e R$400,00 (A)
Mozarteum Brasileiro tel. (11) 3815-6377 www.mozarteum.org.br e Ingresso Rápido www.ingressorapido.com.br (Ambos sem taxa de conveniência), e na Bilheteria da Sala São Paulo.

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.
Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 17 junho, 2016 17:10


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!