Canal Curta! abre a semana nos embalos de Noel Rosa

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 13 junho, 2016 14:02

Na Segunda da Música, dia 13, vai ao ar “Alma Roqueira de Noel”, uma homenagem ao músico Noel Rosa, comandada por Paulo Miklos, do grupo Titãs. O cantor é o diretor geral de um show em comemoração ao centenário de Noel Rosa, apresentando canções do sambista em parceria com o Quinteto em Preto e Branco, com participações de Mallu Magalhães e Carol Bezerra. A atração, que mescla imagens de ensaios com comentários do rapper Rappin Hood, Oswaldinho da Cuíca e Fabiana Cozza, será exibida na Segunda da Música, dia 13.

Canal Curta!-Segunda da Música-Noel Rosa

Dirigido e produzido por Gautier Deblonde, “Still Life: O Trabalho de Ron Mueck” é a atração da Terça das Artes, 14 de junho. O filme revela detalhes do processo de criação do artista em seu estúdio durante a preparação para a exposição na Fundação Cartier, em outubro de 2013.

Na Quarta de Cinema, a série “Diretores” mostra o trabalho de Milos Forman, diretor que aliou características do cinema americano e europeu em seus projetos. O filme traz depoimentos de importantes nomes como Michael Douglas, Michael Hausman e do próprio Forman.

Ainda na quarta, o “A Vida É Curta!” apresenta o tema “Interior do Brasil”. Abrindo a faixa, “O Divino, de Repente”, de Fabio Yamaji, é uma animação experimental que narra a vida do personagem real, Ubiraci Crispim de Freitas, conhecido por Divino, que canta repentes e conta sua história. “Sweet Karolynne”, de Ana Bárbara Ramos, conta a vida de uma menina que mora nos fundos do bar dos pais, no interior da Paraíba, e que considera Jarbas, o galo de estimação da família, seu melhor amigo. “Cheque Mate”, de Ricardo Bravo, é uma verdadeira aula sobre a ecologia do dinheiro, demonstrando o ciclo de vida de um cheque que roda por todas as mãos de uma pequena cidade do interior do Rio e desaparece sem, ao menos, virar dinheiro. No elenco, estão Paulo José e Zezé Polessa. “Malha”, de Paulo Roberto, encerra o programa e retrata a malhação de Judas em uma cidade no interior da Paraíba.

“Paul Virilio – Pensar a Velocidade” é a atração da Quinta do Pensamento, dia 16. O filme aborda a era da internet a partir do ponto de vista do pensador Paul Virilio e conta com depoimentos de Jérémy Rifkin, Walter Bender, Mohammad Yunus, Hubert Védrine, Jacques Attali, Jean Nouvel and Enki Bilal, em prol ou contra suas teorias. No documentário, o francês defende a tese de que a política, a economia e a informação estão submetidas à era da velocidade.

Na Sexta da Sociedade, 17 de junho, vai ao ar o segundo episódio de “O Dia que Durou 21 Anos”, de Camilo Galli Tavares. O documentário elucida informações sobre a participação dos Estados Unidos no golpe militar de 1964 no Brasil, bem como importantes documentos americanos considerados como secretos durante o regime. A série vai desde a renúncia de Jânio Quadros, em 1961, até 1969, quando acontece o sequestro do embaixador dos EUA no Brasil, Charles Burke Elbrik. Em troca de sua libertação, 15 presos políticos são soltos e banidos do país. Um deles, o jornalista Flávio Tavares, é pai de Camilo. A produção apresenta textos de telegramas, áudio de conversas telefônicas, depoimentos e imagens inéditas. A narração fica por conta do jornalista Flávio Tavares, que participou da luta armada, foi preso, torturado e exilado político.

SEGUNDA DA MÚSICA

A Alma Roqueira de Noel (Documentário)
O roqueiro Paulo Miklos mergulha no universo do samba e cria um show em homenagem ao centenário de Noel Rosa. O documentário mostra os bastidores do show, a visita à Velha Guarda da Vila Isabel; a parceria com o Quinteto em Branco e Preto e com importantes sambistas como Osvaldinho da Cuíca e Fabiana Cozza, além de participações do rapper e apresentador Rappin’Hood e da compositora Malu Magalhães.

Diretor: Alex Miranda
Duração: 70 min.
Exibição: 13 de junho, segunda-feira, às 22h40.
Classificação: Livre
Horários alternativos: Dia 14 de junho, terça-feira, às 2h40 e às 16h40/ Dia 15 de junho, quarta-feira, às 10h40/ Dia 11 de junho, sábado, às 22h30.

TERÇA DAS ARTES

Still Life: O Trabalho de Ron Mueck (Documentário)
O documentário, produzido por Gautier Deblonde para a exposição na Fundação Cartier em outubro de 2013, em Paris, revela o reservado e sensível processo criativo de Ron Mueck em seu estúdio.

Diretor: Gautier Deblonde
Duração: 49 min.
Exibição: 14 de junho, terça-feira, às 23h05.
Classificação: Livre
Horários alternativos: Dia 15 de junho, quarta-feira, às 3h05 e às 17h05/ Dia 16 de junho, quinta-feira, às 11h05/ Dia 18 de junho, sábado, às 11h10.

QUARTA DE CINEMA

O “A Vida é Curta” da semana exibe três curtas que se passam no interior do Brasil
Abrindo a faixa, o filme de Fabio Yamaji, “O Divino, de Repente”, apresenta a história de Ubiraci Crispim de Freitas, personagem real conhecido por Divino, que canta repentes e conta sua vida neste documentário animado com ficção experimental. Já “Sweet Karolynne” é um filme sobre Karolynne, menina que mora nos fundos do bar dos pais na Paraíba e que tem o hábito e a paixão de criar galinhas e galos como se fossem seus melhores amigos. Para finalizar, a ficção “Cheque Mate” dá uma verdadeira aula sobre a ecologia do dinheiro, demonstrando o ciclo de vida de um cheque que roda por todas as mãos de uma pequena cidade do interior. “Malha”, de Paulo Roberto, encerra o programa e retrata a malhação de Judas em uma cidade no interior da Paraíba.

Exibição: 15 de junho, quarta-feira, às 20h
Classificação: Livre
Horários alternativos: Dia 16 de junho, quinta-feira, às 0h e às 14h/ Dia 17 de junho, sexta-feira, às 8h/ Dia 18 de junho, sábado, às 14h.

Os Diretores: Milos Forman (Documentário)
Durante sua carreira, Forman assimilou e combinou o melhor do cinema europeu e americano. Em uma carreira de filmes diferentes e produções espetaculares, Forman é, talvez, o único diretor considerado internacional. Com depoimento de Michael Douglas, Michael Hausman e Milos Forman.

Diretor: Robert Emery
Duração: 60 min
Exibição: 15 de junho, quarta-feira, às 21h
Classificação: Livre
Horários alternativos: Dia 16 de junho, quinta-feira, às 1h e às 15h/ Dia 17 de junho, sexta-feira, às 9h/ Dia 20 de junho, segunda-feira, às 00h.

QUINTA DO PENSAMENTO

Paul Virilio – Pensar a Velocidade (Documentário)
Reflexões sobre velocidade, com um dos principais teóricos nos assuntos: Paul Virilio. A onipresença já foi um sonho, agora a Internet tornou isso possível. A velocidade com a qual nosso planeta entrou online colocou em questão todos os aspectos da nossa vida cotidiana, sejam eles econômicos, culturais ou políticos. Em 90 minutos, este filme examina nossa era sob a luz dos pensamentos de Paul Virilio. Mostra, tendo exemplos como base, que a política, a economia e a informação estão agora submetidas à ditadura da velocidade. Grandes especialistas contemporâneos e observadores informados como Jérémy Rifkin, Walter Bender, Mohammad Yunus, Hubert Védrine, Jacques Attali, Jean Nouvel e Enki Bilal, apoiam ou contestam a linha de raciocínio de Paul Virilio.

Diretor:  Stéphane Paoli
Duração: 52 min
Exibição: 16 de junho, quinta-feira, às 21h30.
Classificação: 10 anos
Horários alternativos: Dia 17 de junho, sexta-feira, às 1h30 e às 15h30/ Dia 19 de junho, domingo, às 0h/ 20 de junho, segunda-feira, às 9h30.

Sexta da Sociedade

O Dia Que Durou 21 Anos- Segundo Episódio  (Documentário)
Em clima de suspense e ação, o documentário apresenta, em três episódios, os bastidores da participação do governo dos Estados Unidos no golpe militar de 1964 que durou até 1985 e instaurou a ditadura no Brasil. Pela primeira vez na televisão, documentos do arquivo norte-americano, classificados durante 46 anos como “Top Secret”, serão expostos ao público. Textos de telegramas, áudio de conversas telefônicas, depoimentos contundentes e imagens inéditas fazem parte dessa série iconográfica, narrada pelo jornalista Flávio Tavares, que participou da luta armada, foi preso, torturado e exilado político.

Diretor: Camilo Galli Tavares
Duração: 26 min
Exibição: 17 de junho, sexta-feira, às 23h30.
Classificação: Livre
Horários alternativos: Dia 18 de junho, sábado, às 3h30 e às 12h/ Dia 19 de junho, domingo, às 23h30/ 20 de junho, segunda-feira, às 17h30.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 13 junho, 2016 14:02


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!