Filme produzido por brasileiros será exibido hoje (7) no TCL Chinese Theater em Los Angeles

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 7 junho, 2016 12:48

“Singapore Sling” será exibido dia 7 de junho no tradicional TLC Chinese Theater, em Los Angeles, dentro do Festival Dances With Films 2016. Essa é a estreia do longa nos Estados Unidos, que apesar de ter sido feito por uma equipe totalmente brasileira, ainda é inédito no Brasil.

Dirigido por Marcos Sigrist, com roteiro e produção de Neto DePaula Pimenta e direção de fotografia de Ivan Rodrigues, “Singapore Sling” foi feito com baixíssimo orçamento. Todo filmado na cidade de Americana, no interior de São Paulo, com apenas uma locação e em apenas 7 dias o longa tem sido elogiado pela imprensa internacional por sua proposta ousada e sua qualidade técnica.

Singapore Sling” mostra dois casais que passam uma tarde em uma casa. Todo feito em 12 planos contínuos, cada plano mostra uma perspectiva diferente da história. O conceito surgiu do roteirista Neto DePaula, que desenvolveu a ideia, escreveu o roteiro e iniciou a pré-produção em 3 meses. A fotografia, de Ivan Rodrigues, também segue a proposta de simplicidade e inventividade que permeia todo o conceito de “Singapore Sling”. Para as filmagens, Ivan construiu um equipamento em madeira para executar o plano de abertura do filme se movendo ao redor de um carro em movimento enquanto o casal protagonista tem uma discussão. O vídeo de making off que mostra o equipamento que tem feito o sucesso e já obteve mais de 14 mil visualizações.

Alexandra finalmente aceitou, depois de todos estes anos, a fazer uma viagem ao interior de São Paulo para conhecer a família de seu noivo, Bruno. Mas com uma condição: que eles façam um pequeno desvio de roteiro, incluindo uma visita ao seu amigo de longa data (e ex-namorado) Caio, que está prestes a se casar com Diana. Com o passar do dia regado a coquetéis “Singapore Sling”, a atmosfera inicial de animosidade se transforma, e os ex-amantes e seus futuros conjugues passam a interagir com tamanha intimidade que ações passadas, segredos obscuros e ansiedades atuais são todas postas à mesa. Restando apenas uma pergunta a ser respondida: conseguirão eles sobreviver a essa viagem ao passado com seu futuro intacto?
Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 7 junho, 2016 12:48


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!