‘24 Horas de Sonho’ estreia no Curta! na quarta, dia 1º

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 25 maio, 2016 16:49

A estreia na semana no Canal Curta! fica por conta de “24 Horas de Sonho”, primeiro filme de Dulcina de Moraes, que será exibido em 1º de junho, na Quarta de Cinema. A trama acompanha a história de uma jovem menina que decide dar fim a sua vida. Para isso, ela se hospeda em um hotel de luxo e vive uma vida de ilusões. Em paralelo, o filme mostra também a realidade da aristocracia europeia que está no Brasil fugindo da Segunda Guerra Mundial.

Canal Curta!-24 Horas de Sonho

O “A Vida É Curta!” da semana traz filmes políticos dirigidos por mulheres. O “Uma Família Ilustre”, de Beth Formaggini, terá sua primeira exibição na TV brasileira no Curta! e mostra um debate entre Cláudio Guerra, ex-delegado da Polícia Civil que assassinou e incinerou militantes contrários à ditadura, e o professor Eduardo Passos, psicólogo clínico que trabalha com direitos humanos. Na sequência, vai ao ar “Uma Visita a Elizabeth Teixeira”, de Susanna Lira, sobre a personagem principal do longa “Cabra Marcado Pra Morrer”, de Eduardo Coutinho, 30 anos após sua realização. Ao fim do programa, o Curta! exibe “Ameaçados”, de Julia Mariano, que retrata a luta de agricultores do sul e sudeste do Pará por um pedaço de terra para sobreviver.

“Continuação”, documentário de Rodrigo Pinto que acompanha a turnê de Lenine para o álbum “Labiata”, é a atração desta Segunda da Música, dia 30. O filme mostra o processo do cantor na criação do disco lançado em 2008. Entre viagens, shows e gravações de estúdio, o longa retrata detalhes do processo de criação do compositor e discute importantes questões, como a era dos downloads, e a reunião de três gerações em torno de música de Lenine.

Na Terça das Artes, dia 31 de maio, o Curta! exibe “Moscou”, filme do cineasta Eduardo Coutinho, que acompanha o Grupo Galpão durante ensaios da peça “As Três Irmãs”, de Tchekhov.  Por três semanas, Coutinho registrou os atores que só tiveram acesso ao seu texto no primeiro dia de filmagem. O longa-metragem é composto por fragmentos dos workshops, improvisações e ensaios da peça dirigida por Enrique Diaz, que nunca foi para os palcos.

No dia 2 de junho, a Quinta do Pensamento apresenta o documentário “Chomsky & Cia”. A visão crítica do filósofo sobre as contradições das democracias neoliberais é o foco do filme, que traz depoimentos do próprio Chomsky e de adeptos de uma filosofia política e social mais libertária em todo o mundo. Com um toque de humor, a produção mescla essas entrevistas com imagens de arquivo, fugindo de vícios acadêmicos.

Um confronto entre estudantes da Faculdade de Filosofia da USP e alunos da Faculdade Mackenzie em 68 é o mote do documentário “A Batalha da Maria Antônia”, atração da Sexta da Sociedade, dia 3 de junho. Além de narrar o conflito que resultou na morte de um secundarista e no incêndio e destruição do prédio da USP, o filme mostra que o confronto não foi uma simples briga de estudantes, mas a reprodução dos problemas da Guerra Fria, que então se travava entre esquerda e direita na época.

SEGUNDA DA MÚSICA

Continuação: Lenine (Documentário)

A intimidade da criação do compositor brasileiro Lenine. As incertezas que a era dos downloads e do vinil trouxe para seu trabalho. A reunião de três gerações em torno de sua música. Um documentário sobre olhares, encontros, criação e tecnologia a serviço da paixão pela arte.

Diretor: Rodrigo Pinto

Duração: 71 min

Exibição: 30 de maio, segunda-feira, às 22h35

Classificação: Livre

Horários alternativos: Dia 31 de maio, terça-feira, às 2h35 e às 16h35/ Dia 1 de junho, quarta-feira, às 10h35/ Dia 4 de junho, sábado, às 11h30.

TERÇA DAS ARTES

Moscou (Documentário)

Em Moscou, Eduardo Coutinho acompanha o Grupo Galpão, dirigido por Enrique Diaz, durante os ensaios da peça “As Três Irmãs”, de Tchekhov, por um período de três semanas. Ao propor a ideia ao Galpão – os atores só saberiam qual o texto no primeiro dia de filmagem -, Coutinho deixou claro que o interesse maior era a experiência do processo e, não, o resultado final. O filme é composto de fragmentos dos workshops, improvisos e ensaios de uma peça que não teve e nem teria estreia.

Diretor: Eduardo Coutinho

Duração: 77 min

Exibição: 31 de maio, terça-feira, às 22h20

Classificação: Livre

Horários alternativos: Dia 25 de maio, quarta-feira, às 2h20 e às 16h20/ Dia 1º de junho, quinta-feira, às 10h20/ Dia 4 de junho, sábado, às 10h.

QUARTA DE CINEMA

O “A Vida É Curta!” da semana exibe filmes políticos dirigidos por mulheres

O “A Vida É Curta!” da semana traz filmes políticos dirigidos por mulheres e marca a estreia de “Uma Família Ilustre”, de Beth Formaggini, que mostra um debate entre Cláudio Guerra, ex-delegado da Polícia Civil que assassinou e incinerou militantes contrários à ditadura, e o professor Eduardo Passos, psicólogo clínico que trabalha com direitos humanos. Na sequência, vai ao ar “Uma Visita a Elizabeth Teixeira”, de Suzanna Lira, sobre a personagem principal do longa “Cabra Marcado Pra Morrer”, de Eduardo Coutinho, 30 anos após sua realização. “Ameaçados”, de Julia Mariano, encerra a faixa ao  retratar a luta de agricultores do sul e sudeste do Pará por um pedaço de terra para sobreviver.

Estreia: 1º de junho, quarta-feira, às 20h

Classificação: Livre

Horários alternativos: Dia 2 de junho, quinta-feira, à 0h e às 14h/ Dia 3 de junho, sexta-feira, às 8h/ Dia 4 de junho, sábado, às 14h

24 Horas de Sonho (ficção)

O filme nos conta as peripécias de uma jovem decidida a por fim à vida mas, antes,  aproveitar até a última gota seus momentos de existência. Ela se instala num luxuoso hotel sob o nome suposto de uma baronesa. Compra a crédito roupas, arranja uma paquera e deixa a vida correr. Como pano de fundo, uma aristocracia europeia de verdade, hospedada no hotel, vítima da Segunda Guerra.

Diretora: Chianca de Garcia

Duração: 86 min

Estreia: 1º de junho, quarta-feira, às 22h

Classificação: Livre

Horários alternativos: Dia 2 de junho, quinta-feira, às 2h05 e às 16h05/ Dia 3 de junho, sexta-feira, às 10h05/ Dia 4 de junho, sábado, às 22h

QUINTA DO PENSAMENTO

Chomsky & Cia – Parte 1 (série)

Linguista, filósofo e ativista político, Noam Chomsky possivelmente se tornou um dos pensadores mais influentes desde a segunda metade do século XX. Neste documentário, Daniel Mermet e Olivier Azam decidiram focar nos seus ideais políticos, muitas vezes controversos em sua maneira de compreender os truques e paradoxos no funcionamento das democracias neoliberais. E, além de conseguirem entrevistar o Chomsky, os diretores embarcam em uma viagem através de muitas cidades americanas e europeias, a fim de encontrar seguidores diferentes de uma forma libertária de pensamento que rejeitam as ideias triviais para terem uma melhor compreensão da realidade política e social. O documentário constrói um percurso complexo que revitaliza o uso de imagens de arquivo com montagens eloquentes e um pouco de humor, bem como entrevistas com intelectuais expositivas, longe de qualquer vício acadêmico. Além disso, esta jornada doutrinária mostra que Chomsky, com 85 anos, ainda é um dos pensadores mais lúcidos em nossos dias.

Diretores: Daniel Mermet e Olivier Azam

Duração: 54 min

Exibição: 2 de junho, quinta-feira, às 22h

Classificação: 12 anos

Horários alternativos: Dia 3 de junho, sexta-feira, às 2h e às 16h/ Dia 4 de junho, sábado, às 7h/ 5 de junho, domingo, às 18h.

SEXTA DA SOCIEDADE

A Batalha da Maria Antônia (Documentário)

Em 1968, naquele ano em que quase tudo parecia acontecer, houve um confronto, na rua Maria Antônia, em São Paulo, entre estudantes da Faculdade de Filosofia da USP e estudantes da Faculdade Mackenzie. Além do incêndio e destruição do prédio da USP, um secundarista foi morto. Não foi uma simples briga de estudantes, mas quase que uma reprodução em miniatura da Guerra Fria que então se travava entre esquerda e direita. Lembrar aquele momento não é um exercício de nostalgia, mas a tentativa de entender algo das forças que moldaram nosso presente.

Diretor: Renato Carvalho Tapajós

Duração: 76 min  Ano: 2014

Exibição: 3 de junho, sexta-feira, às 21h30.

Classificação: Livre

Horários alternativos: Dia 4 de junho, sábado, às 1h30 e às 8h30/ Dia 5 de junho, domingo, às 19h30/ 6 de junho, segunda-feira, às 15h30.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 25 maio, 2016 16:49


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!