Mostra coletiva dá inicio ao BOSSA PROJECTS em Miami

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 12 maio, 2016 11:04

Liliana Beltran, fiel ao compromisso da BOSSA Gallery de atuar como uma plataforma de promoção e divulgação da produção de arte contemporânea, ampliando seu alcance mundial, abre a primeira exposição da BOSSA PROJECTS. O projeto abriga criações inovadoras de artistas em uma ampla diversidade de suportes e técnicas. Com base em Miami, BOSSA PROJECTS visa refletir uma intersecção de preferencias e estilos entre as diferentes culturas, procurando selecionar mostras relevantes para um público internacional mais amplo.

A coletiva Unconditionally Beautiful exibe 20 trabalhos de Andrés Ferrandis, Bianca Pratorius, Maritza Caneca em suportes como pintura, escultura, colagem e fotografia. A curadoria é de Liliana Beltran. A criação do belo é a transformação tanto do eu como do outro. O grupo de artistas com representantes da Espanha, Alemanha e Brasil, que elegeram Miami como sua casa, possuem um tema comum: suas obras são registros criativos de “beleza incondicional.” As obras ampliam o conceito do belo explorando, de forma única e original, cores, formas, padrões e movimentos. “Em Unconditionally Beautiful ,definir a arte é descobrir o potencial da beleza em lugares desconhecidos e em diversas formas; as qualidades que os artistas evocam, muitas vezes aparecem como sobre-humanas, transcendentes em relação às contingências da vida, quase como uma indiferença para com as pequenas imperfeições que constituem nosso dia a dia”, declara a curadora.

Andrés Ferrandis, em sua construção pictórica lógica, coloca cada uma de suas linhas e gotejamentos na tela, a fim de acrescentar uma expansão na ideia de hibridação através da cor. “Para mim, o uso da cor é uma maneira de desafiar os conceitos fundamentais da etnia, assim como das identidades nacionais e locais. Não é apenas sobre o mistério de uma pincelada. A hibridação é inclusiva em relação às misturas inter-étnicas chamado de “mestiçagem”. Essa ideia me ajuda a conceituar combinações do tradicional e do moderno, bem como o conceito de combinação. ” define o artista. As pinturas são estudos das inúmeras possibilidades de um gesto simples que se repete, se sobrepõe, atingindo seu potencial pleno, destruído e transformado em outro gesto. Cria composições detalhistas com foco na complexidade das relações entre cores e seu efeito sobre o espaço e a forma. Ao olhar para essas combinações pictóricas, o espectador é convidado a observar uma composição mista que acrescenta diversidade e complexidade a um sistema como uma obra híbrida que é absolutamente “ Unconditionally Beautiful .”

Nas esculturas de Bianca Pratorius, a beleza se expande em muitas direções e projetando-se da parede para ocupar o espaço. Suas esculturas, que podem ser tocadas pelo publico, buscam refletir mais do que apenas objetos acabados. A artista exercita sua arte como uma extensão de formas de infinitas – formas determinadas pelo ato criativo que instigam um caminho através do contraste e da flexibilidade de seus elementos que estimulem a reflexão sobre as ausências que compõe a vida. Com cada movimento a artista parece perguntar: “qual o limite de uma linha ou um” gesto “? Até que ponto ele pode ser esticado?” Pratorius amplifica as dimensões das esculturas com suas colagens deslocando-as de seu contexto original. Deliberadamente a artista confunde e distorce escalas, intensifica paletas de cores, e dá às colagens um carácter único. A partir daí, podemos ver a beleza nas obras criadas por essas esculturas orgânicas e pela produção intelectual de suas colagens.

Maritza Caneca expande a paisagem e gêneros arquitetônicos onde se pode encontrar padrões compartilhados. Uma repetição de piscinas vazias, fachadas de prédios e horizontes sugere que cada espaço é transformado pelas sobras de nossa presença. Enquanto revela novas imagens deslocando o objeto de seu contexto original, a artista nos lembra que a imaginação humana não só cria, mas também compartilha os padrões do universo natural. O desconhecido ou espaços vazios que registra, faz com que nos tornemos cientes do potencial de beleza existente em todos os locais

“A beleza de estilo, harmonia, graça e ritmo baseia-se na simplicidade” define Platão.

SERVIÇO
Exposição – Unconditionally Beautiful – BOSSA Projects
Artista: Andrés Ferrandis, Bianca Pratorius, Maritza Caneca
Curador: Liliana Beltran
Abertura: 12 de maio – quinta-feira – das 18h às 21h
Período: de 13 de maio a 01 de julho de 2016
Horários: Segunda à sexta das 10 às 19h// Sábado das 12:00 às 17:00
Local: BOSSA Gallery
Endereço: 4141 NE 2nd Ave, Suite 107, Design District, Miami, FL, 33137 – USA
Tel.: (+1) (305) 603.8233

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.
Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 12 maio, 2016 11:04


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!