SINFONIA DA NECRÓPOLE terá pré-estreia aberta ao público na Cinemateca Brasileira em SP

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 11 abril, 2016 16:44

SINFONIA DA NECRÓPOLE, escrito e dirigido por Juliana Rojas e distribuído pela Vitrine Filmes estreia dia 14 de abril, porém antes da estreia haverá uma sessão especial na Cinemateca Brasileira dia 12 de abril, a partir das 20 horas. A entrada é livre e além da sessão haverá um pocket show com as musicas do filme, atores fantasiados de zumbis, foodtrucks e algumas surpresas para o publico.

SINFONIA DA NECRÓPOLE-Official Poster Banner PROMO-09JULHO2014-03

SINFONIA DA NECRÓPOLE-Official Poster Banner PROMO-09JULHO2014-01

SINFONIA DA NECRÓPOLE se passa na cidade de São Paulo, onde a rotina do aprendiz de coveiro Deodato muda quando uma nova funcionária chega ao cemitério. Juntos, eles devem fazer o recadastramento dos túmulos abandonados, mas estranhos eventos fazem o aprendiz questionar as implicações em se mexer com os mortos.

Toda essa trama se desenvolve a partir de números musicais. As letras das canções foram escritas pela própria Juliana Rojas, algumas em parceria com Ramiro Murillo, que também assina a produção musical, coreografia e arranjos das canções e Marco Dutra, co-diretor de vários filmes realizados por Juliana e também responsável pelas composições SINFONIA DA NECRÓPOLE.

Primeiro longa solo da diretora de TRABALHAR CANSA (co-dirigido por Marco Dutra), recebeu o prêmio de melhor trilha sonora no VI Festival de Paulínia. Em sua recente, porém robusta, filmografia, Juliana Rojas sempre trabalhou o terror, o suspense e o fantástico. Nesse novo filme ela não abre mão desses elementos, mas prioriza o gênero musical com toques de humor.

O filme tem fotografia de Flora Dias, a direção de arte de Fernando Zuccolotto e o desenho de som de Daniel Turini e Fernando Henna (premiados no Festival de Paulínia 2011 por seu trabalho no longa-metragem TRABALHAR CANSA). O elenco é composto por atores do teatro paulistano. Eduardo Gomes (Deodato), ator formado pela EAD – ECA/USP, atuou em montagens da Cia Livre de Teatro e Pessoal do Faroeste, e Luciana Paes (Jaqueline), faz parte da Cia. Hiato e foi indicada para o prêmio Shell 2013, pelo monólogo “Ficção #3. Dentre os coadjuvantes, estão atores que trabalharam com a Cia do Latão, Cia São Jorge de Variedades e o CPT de Antunes Filho.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 11 abril, 2016 16:44


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Aprendiz de Espiã

Facebook