Novos projetos para cinema e TV recebem investimentos do Programa Brasil de Todas as Telas

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 24 março, 2016 12:39

A ANCINE e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) anunciaram novos projetos para cinema e TV contemplados em três chamadas públicas do programa Brasil de Todas as Telas que funcionam em fluxo contínuo. Os investimentos, em um total de R$ 9,4 milhões, em recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), contemplam dois longas-metragens de ficção para as salas de cinema e três obras seriadas (uma de animação, uma documental e uma de ficção) para veiculação na televisão.

Ancine-Logo 2015-2016

Cuiabá-Edital Programa Brasil de Todas as Telas

Nesta operação o maior volume de recursos foi destinado à produção para a TV. Pela Chamada Pública PRODAV 01/2013, a série de animação “Meu amigãozão”, sucesso de público da LD Laboratório de Desenhos, garantiu R$ 3,5 milhões para financiar os 52 episódios de sua segunda temporada. Pelo mesmo edital também foram selecionadas as séries “É de carro pelo Brasil”, documental da Medialand, e “Tempero secreto”, ficção da Primo Filmes.

Pela Chamada Pública PRODECINE 03/2013, o drama “Estive em Lisboa e lembrei de você”, com direção e roteiro de José Barahona, conseguiu investimentos de R$ 200 mil para utilização na fase de comercialização do longa nos cinemas. E por fim, o longa “Amores urbanos”, dirigido e roteirizado por Vera Egito, foi contemplado pelo PRODECINE 04/2013 com R$ 305 mil. A Chamada Pública oferece complementação de recursos para a finalização de longas-metragens.

Confira abaixo a ficha técnica dos projetos contemplados:

PRODAV 01/2013

“Meu amigãozão – 2ª temporada” – Série de animação
Produtora: LD Laboratório de Desenhos (RJ)
Programadora: EBC
Direção: Andres Lieban
Roteiro: Claudia Koogan Breitman e Clive Endersby
Valor investido pelo FSA: R$ 3,5 milhões
Sinopse: O que acontece quando uma criança transforma seu maior sonho em seu maior amigo? A segunda temporada desta premiada serie acompanha Yuri, Lili e Matt e seus três AmigãoZões- Golias, um elefante azul, Nessa, uma girafa rosa, e Bongo, um canguru verde em 52 novas aventuras.

“É de carro pelo Brasil” – Série documental
Produtora: Medialand Produção e Comunicação (SP)
Programadora: BBC World Wide
Direção: Carla Albuquerque
Roteiro: Beto Ribeiro
Valor investido pelo FSA: R$ 1,12 milhão
Sinopse: Três brasileiras que viveram a vida inteira na cidade grande vão conhecer o Brasil e suas diferenças culturais. A riqueza do país descoberta por três jovens urbanas, que cruzarão o Brasil numa antiga kombi, parando em diversas cidades do mapa, começando no Chuí e, dois meses depois, chegando ao Oiapoque. “É de Carro Pelo Brasil!” é uma série documental de 10 episódios, de 30 minutos cada, em que cruzar o Brasil de Chuí ao Oiapoque em uma Kombi é só uma parte do desafio para as protagonistas

“Tempero secreto” – Série de ficção
Produtora: Primo Filmes (SP)
Programadora: Globosat
Direção: Pedro Amorim
Roteiro: Jasmin Tenucci, Gustavo Suzuki e André Ryoki
Valor investido pelo FSA: R$ 4,3 milhões
Sinopse: A série conta a história de Cecília, uma ex-publicitária que resolve usar de seus talentos marqueteiros para abrir um restaurante direcionado ao public foodie, cujo prato único é um frango ao molho de um tempero secreto, feito por sua avó, Maroca. Um acidente deixa sua avó em coma e, no desespero, Cecília acaba inventando um molho à base de sachê de macarrão instantâneo. Surpreendentemente, o molho é um sucesso. Agora, Cecília e sua equipe terão que sustentar a farsa do suposto “frango caseiro”, enquanto tentam descobrir a receita verdadeira.

PRODECINE 03/2013

“Estive em Lisboa e lembrei de você” – Longa-metragem de ficção
Proponente: Refinaria Produções (RJ)
Distribuidora: Tucumán Distribuidora de Filmes
Direção e Roteiro: José Barahona
Valor investido pelo FSA: R$ 200 mil
Sinopse: Cataguases, Minas Gerais, 2005. Depois de um casamento frustrado, que o faz perder o emprego e o contato com o filho, Sérgio de Souza Sampaio decide emigrar para Lisboa, Portugal. Lá, corre a lenda, é possível recompor a vida e fazer um bom pé de meia para depois retornar à terra natal, viver de rendimentos e “subir na vida”. Cheio de sonhos, Sérgio parte para Lisboa, onde é confrontado com a dura realidade da imigração: o dia-a-dia, o submundo e as diferenças culturais vão revelar um lugar diferente daquele com que sonhara.

PRODECINE 04/2013

“Amores urbanos” – Longa-metragem de ficção
Proponente: Paranoid Filmes (SP)
Distribuidora: Europa Filmes
Direção e Roteiro: Vera Egito
Valor investido pelo FSA: R$ 305 mil
Sinopse: O filme conta a história de três amigos que vivem no mesmo prédio, em São Paulo. Júlia, Diego e Micaela são jovens anti-heróis, que superam desventuras amorosas e profissionais com humor e muita personalidade, tendo como pano de fundo a cidade de São Paulo.

Saiba mais sobre o Programa Brasil de Todas as Telas

O Programa Brasil de Todas as Telas, lançado em julho de 2014, pela presidenta Dilma Rousseff, foi moldado para atuar na expansão do mercado e na universalização do acesso às obras audiovisuais brasileiras. O Programa, uma ampla ação governamental que visa transformar o País em um centro relevante de produção e programação de conteúdos audiovisuais, foi formulado pela ANCINE em parceria com o MinC, e com a colaboração do setor audiovisual por meio de seus representantes no Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual – FSA.

O Programa Brasil de Todas as Telas – Ano 2 foi lançado no dia 1º de outubro, no Rio de Janeiro, em cerimônia com a presença do Ministro da Cultura, Juca Ferreira, garantindo a continuidade de uma política pública vigorosa para o audiovisual brasileiro.

O Fundo Setorial do Audiovisual – FSA é um marco na política pública de fomento à indústria cinematográfica e audiovisual no país, ao inovar quanto às formas de estímulo estatal e à abrangência de sua atuação. Isto porque o FSA contempla atividades associadas aos diversos segmentos da cadeia produtiva do setor – produção, distribuição/comercialização, exibição, e infraestrutura de serviços – mediante a utilização de diferentes instrumentos financeiros, tais como investimentos, financiamentos, operações de apoio e de equalização de encargos financeiros.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 24 março, 2016 12:39


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook