Inspirado em fatos, Mateus Solano é juiz federal obstinado em justiça no filme EM NOME DA LEI

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 17 março, 2016 12:47

Inspirado em fatos, Mateus Solano é juiz federal obstinado em justiça no filme EM NOME DA LEI

Estrelado por Mateus Solano e livremente inspirado em histórias reais, o thriller EM NOME DA LEI chega aos cinemas no dia 21 de abril. Vitor torna-se um símbolo na luta pela justiça quando arrisca a vida ao mandar prender criminosos e confiscar bilhões de reais da máfia que impera há décadas na fronteira do Brasil com o Paraguai. Para o ator, “a coisa mais importante no Vitor é a sede de justiça”.

“Em Nome da Lei”, de Sergio Rezende (Salve Geral), joga luz na discussão sobre ética e moral em todas as esferas da sociedade brasileira e a corrupção que mina as instituições do país.

“Eu me interesso mais pelo outro, pela sociedade, do que por mim, ou minha história. Para mim, um filme pessoal não é falar do meu pai ou da minha família, mas sobre o meu mundo”, ressalta o diretor.

Inspirado em fatos reais, o filme revela a história de um jovem juiz federal obstinado em fazer justiça na fronteira do Brasil com o Paraguai. Coragem e determinação permeiam a jornada do idealista Vitor (Mateus Solano) na missão heroica e sem precedentes de desmantelar o sólido esquema de contrabando e tráfico de drogas chefiado por Gomez (Chico Diaz). O filme acende a discussão sobre ética e moral em todas as esferas da sociedade e sobre o papel da imprensa, que ajuda a desvendar os grandes esquemas de corrupção que imperam no Brasil.

Emilio Dantas e Silvio Guindane também estão no elenco, no papel dos bandidos Hermano e Cebolinha. Filmado em março e abril de 2015, em Dourados (MS), o longa-metragem – produzido por Mariza Leão e Erica Iootty – chega aos cinemas no dia 21 de abril, com coprodução da Globo Filmes e distribuição da Fox Filmes.

EM NOME DA LEI-05Fevereiro2016 (1)

Em Nome da Lei - Alice Costa

EM NOME DA LEI-05Fevereiro2016

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 17 março, 2016 12:47


Escreva um comentário

1 Comentário

  1. Nilza maio 27, 10:30

    Curiosidade, ainda não vi.

    Responder a esse comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

A Espiã Vermelha

Facebook

Kardec