Canal Futura lança campanha e programação especial em homenagem ao Dia Internacional da Mulher

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 4 março, 2016 21:02

Para celebrar o Dia Internacional da Mulher, festejado no próximo dia 8, o Canal Futura lança essa semana a campanha “Toda mulher faz o seu futura”. As dez peças, com cerca de um minuto de duração, mostram meninas de 4 a 14 anos contando o que esperam para o futuro e compartilhando seus projetos de vida. De forma lúdica e poética, elas apresentam seu olhar sobre o amanhã e colocam em discussão temas como a igualdade entre os gêneros, o preconceito, a justiça no país, a preocupação com o meio ambiente, a formação profissional, além de seus anseios por um mundo melhor.

Canal-Futura-Elza Soares-Toda mulher faz o seu futura Canal-Futura-Gal Costa-Toda mulher faz o seu futura

Idealizada pela equipe do Canal e produzida internamente, a campanha foi filmada em pontos turísticos do Rio de Janeiro: Parque dos Patins, na Lagoa, na Quinta da Boa Vista e no Parque Guinle, em Laranjeiras. Não houve seleção de elenco, as protagonistas foram escolhidas na hora das gravações – são frequentadoras desses espaços.

“Num país ainda marcado pela violência contra a mulher, o assédio moral e sexual, os preconceitos e as limitações salariais e de hierarquia funcional impostos às mulheres, o Futura não pode se calar. A campanha ‘toda mulher faz seu futura’ – um tempo que virá assim mesmo, no feminino – o canal assume seu posicionamento ao lado das mulheres de agora, reforçando suas lutas cotidianas, e também abre suas telas para as novas gerações de mulheres expressarem seu desejo de mudança e demonstrarem sua capacidade de transformação. Em tudo uma certeza: o ‘futura’ pode ser muito melhor com o protagonismo feminino”, conta o diretor adjunto do Canal Futura, João Alegria.

Para completar a homenagem, o canal exibe uma programação especial dedicada às mulheres. De 7 a 10 de março, o Futura apresenta a mostra “Cantoras da América Latina” com grandes mulheres da cena musical como Elsa Soares (7/3), Gal Costa (8/3), Mercedes Sosa (9/3), Omara Portuondo (10/3). A faixa Bio.Futura também exibirá a biografia da mulher mais famosa do século XX na China, Madame Mao (9/3).

O Mundo.Doc de quinta-feira (10/3), conta a história de Marie Curie e sua relevância na ciência da radioatividade. Já o Programe Sua Sexta convida os telespectadores a votar em dois filmes sobre o universo feminino: “As Três Irmãs” e “Chocó”. No jornalismo, o Conexão Futura e o Sala Debate vão abordar o tema em matérias e entrevistas especiais durante a semana.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO 

Mostra Cantoras da América Latina

Elsa Soares
Segunda-feira , 07/3, 22h 

Gal Costa
Terça-feira, 08/3, 22h 

Mercedes Sosa
Quarta-feira, 9/3, 22h 

Omara Portuondo
Quinta-feira, 10/3, 22h

Bio.Futura – Madame Mao

Quarta-feira, 9/10, às 21h

Jiang Qing, também conhecida como Senhora Mao, foi a mulher mais famosa do século 20 na China. Ela era ambiciosa, sensual, inteligente, desonesta e vingativa. A Revolução Cultural foi o auge de sua influência, mas caiu em desgraça e, após a prisão, acabou se suicidando. O documentário nos ajuda a desvendar as complexidades da vida de Jiang Qing, como a esposa de um dos mais poderosos ditadores do século 20, através de entrevistas com pessoas próximas a ela e imagens inéditas.

Mundo.doc
Quinta-feira, 10/3, às 21h

Marie Curie, além do mito

Desde o seu nascimento, em Varsóvia, até o dia em que ela entrou no Panteão, as obras e a vida de Marie Curie são como uma lenda. Ao mesmo tempo em que é homenageada no mundo todo e que representa um modelo de excelência, sua história e sua vida permanecem desconhecidas. Para honrar esta mulher incrível da ciência e por ocasião do centenário de seu Prêmio Nobel, em dezembro de 2011, o filme propõe um retrato de Marie Curie que, no alvorecer do século 20, participou da revolução da Física e subverteu a nossa concepção sobre o mundo e a matéria a partir de seus trabalhos sobre a radioatividade. Para desenhar um retrato desta notável cientista, o Museu Curie revela seus arquivos, incluindo alguns materiais inéditos. Através de seus diários e correspondências, e graças aos numerosos testemunhos que Marie Curie deixou, queremos conhecer a mulher discreta e batalhadora que ela costumava ser. Vamos refazer sua incrível jornada através do prisma de suas emoções e pensamentos.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 4 março, 2016 21:02


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook