Com falhas e acertos Comic-Con Experience chega a sua 2º edição! Confira o que melhor aconteceu na convenção

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 7 dezembro, 2015 19:13

Atores internacionais (de séries e filmes), convidados especiais, fãs e cosplayers invadiram o centro de exposições São Paulo Expo durante os dias 04, 05, 06 e 07 de Dezembro. Focado exclusivamente no seguimento do entretenimento voltado a cultura pop (geek e nerd), a CCXP – Comic-Con Experience 2015, maior convenção sobre cultura pop da América Latina, chega ao seu segundo ano buscando se consolidar no segmento, visando dessa forma o reconhecimento do público e convidados em geral.

Como não poderia ser diferente, a equipe do Recanto Adormecido marcou novamente presença, dessa vez nos quatros dias, e traz neste artigo detalhes e coisas interessantes que conseguimos registrar do evento. Trazendo conteúdos exclusivos, como as pré-estreias de “Um Bom Dinossauro” e ainda o mais novo capitulo da franquia “Rocky – o longa Creed: Nascido Para Lutar”, a convenção buscou ainda agradar diversos gêneros – como os entusiastas  de colecionáveis (action figures) e fãs em geral do cinema e série – que foram presenteados com alguns nomes conhecidos do grande público.

Assim como na primeira edição os grandes nomes do cinema e televisão estavam presentes no evento, trazendo estande próprios, era o caso da Netflix – sucesso absoluto no Brasil – a Warner Bros. (que focou nos futuros lançamentos de 2016 Batman vs Superman: A Origem da Justiça e Esquadrão Suicida), Sony Pictures (divulgando os filmes A 5ª Onda e Orgulho, Preconceito e Zumbis além da animação Angry Birds), Fox Filmes (que trouxe novidades para o mais novo capitulo da aventura A Era do Gelo, e também detalhes sobre animação Snoopy & Charlie Brown: Peanuts, o Filme), ainda a Universal Pictures (com o longa Warcraft – O Primeiro Encontro de Dois Mundos e a promissora animação Pets: A Vida Secreta dos Bichos).

A grande surpresa foi a ausência da Paramount no evento, que havia marcado uma ótima presença na primeira edição. Seguindo essa linha muitos canais de TV que são importantes para a cultura Pop continuaram de fora dessa edição, tornando o evento mais focado para a área de vendas de produtos e painéis, em sua maioria de estúdios de cinema, para um numero extremamente limitado de visitantes.

Percorrendo os, largos, corredores do evento pudemos notar que alguns expositores criaram diversos “mini eventos” dentro de seus espaços, acontecimento esse que deixou cada local muito mais interativo e chamativo perante o público, algo que no ano passado não havia ocorrido na maioria dos estandes, aonde eram apenas vitrines e lojas. Nesse ano a Disney apresentou uma piscina enorme de bolinhas para promover o filme: “Procurando Dory”. Já a Warner Bros apresentou um estande gigantesco que trouxe, além de uma customização bastante chamativa (com tema do filme Batman vs Superman: A Origem da Justiça e Esquadrão Suicida) um auditório próprio. Nele foram apresentados atrações em todos os dias, com destaque a participação do apresentador e humorista Danilo Gentili, que falou do seu novo projeto previsto para 2016.

Por um lado enquanto as 2300 pessoas que ocupavam o Auditório Cinemark desde o inicio do dia, vibravam por ter conseguido entrar, o público de aproximadamente 25 mil pessoas que ficou do lado de fora, ficaram extremamente decepcionadas por não conseguir entrar e acabavam indo embora muito antes do evento terminar, por não ter outras opções de painéis para tentar entrar.

Infelizmente o descontentamento de muitos visitantes era visível e conversando com eles, era unanime em dizer que boa parte desse descontentamento ficou por conta da falta de organização, de filas quilométricas para tudo inclusive para ir ao banheiro, e por não terem de forma alguma chance de entrar em nenhum painel.

crédito das fotos.: equipe Recanto Adormecido

A desorganização do evento foi alvo de várias criticas do público brasileiro que acha mais justo esvaziar o auditório ao final de cada painel dando a rotatividade atingindo um numero maior de visitantes que conseguissem ver ao menos um painel no dia, como conta a professora de artes Jéssica Diniz – São Paulo.

“Não está sendo nada épico, está insuportável as filas, vim para ver o painel da Jessica Jones, porém já está lotado desde as 10h45 e praticamente ninguém fala nada para a fila que está cada vez maior, existe muita falta de informação. Até onde falaram provavelmente ninguém mais vai conseguir entrar até o final do dia, ou seja, não tem rotatividade nesse auditório?” – questionou Jéssica.

“Esses painéis não são justos é 30 mil pessoas do lado de fora que não consegue entrar e 2 mil do lado de dentro que nunca sai, deveriam cobrar valores por painéis e ter mais painéis importantes ao mesmo tempo, dessa forma as pessoas que estão dentro seriam obrigadas a sair para ir para outro painel e teria uma rotatividade.” – disse o estudante Gabriel Mesquita – São Paulo.

Muitos fãs da série Jessica Jones e do ator David Tennant, ficaram indignados com a forma que Érico Borgo encerrou o painel, aonde cortou mais de 30 min do painel, alegando descontentamento com a atitude dos fãs que se levantaram após ele falar que seria aberto para perguntas dos fãs. Algo que causou estranheza de todos os presentes inclusive da dupla de atores, pois os fãs se levantaram e foram em direção aonde era de costume formar fila para as perguntas. E ele repreendeu falando que seriam feita as perguntas no lugar de cada um e no meio da segunda pergunta quando a atriz estava terminando de falar, o apresentador interrompeu e pediu para eles se retirarem do palco, pois seria obrigado a encerrar o painel devido a atitude dos fãs. O que causou muito desconforto até com os atores que não entenderam nada.

É sabido que organizar e gerenciar um evento desse porte é extremamente difícil e desgastante,  fica complicado até descrever tantas áreas e pessoas envolvidas, mas nada justifica a falta de visão para tais problemas e claro a falta de paciência em certas situações. Após uma primeira edição que mesmo com certos erros, conseguiu ter um saldo bastante positivo no final – boa parte disso devido a ciência de todos que era sim um evento ainda em experiencia em território nacional. Agora a edição 2015 da CCXP foi aguardada, por muitos, com certa apreensão devidos os diversos nomes envolvidos, mas que tropeçou gravemente na organização, causando descontentamento de diversas pessoas.

Esperamos que os erros ocorridos sirvam de aprendizado para organização pois o publico brasileiro se mostrou nas duas edições bastante fiel e empolgado com tal evento – dessa forma mostrando força para chamar atenção de estúdios de cinemas, empresas do entretenimento, televisão e tantos outros segmentos envolvidos.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 7 dezembro, 2015 19:13


Escreva um comentário

9 Comentários

  1. Renato Cardoso dezembro 8, 10:52

    Fui no primeiro dia e curti demais!!!!!

    Responder a esse comentário
  2. Fernando Dutra dezembro 9, 12:25

    ótimas fotos e vídeos. Parabéns pela cobertura desse evento que foi maravilhoso.

    Responder a esse comentário
  3. Regina Freire dezembro 9, 16:57

    Não consegui ver nenhum painel no sábado tudo lotado, uma pena não caber mais pessoas ou ter uma rotatividade de pessoas, pois o evento tinha tudo para ser épico! Tirando isso foi muito bom!

    Responder a esse comentário
  4. Hugo dezembro 9, 17:36

    O melhor da Comic Con são os paineis, porém ficar naquela fila sem informação e depois de horas saber que não poderá entrar é um tanto frustrante.
    Perdi umas 5h na fila para depois avisarem que não seria possivel entrar. Só depois disso pude dar uma volta pela feira, tinha algumas coisas interessantes, mas nada comparado aos paineis que era algo que queria muito ter visto =/

    Responder a esse comentário
  5. Jessica dezembro 10, 23:11

    Nossa o painel com o mito e maravilhoso Frank Miller foi épico… amei, chorei e emocionei.

    Responder a esse comentário
  6. Fabio dezembro 11, 10:52

    2016 que me aguarde! Dessa vez estarei por lá!

    Responder a esse comentário
  7. Gaby dezembro 12, 13:00

    Falta muito para a próxima?

    Responder a esse comentário
  8. Victor dezembro 12, 17:16

    Como vocês falaram evento grande normalmente tem algumas coisas desorganizadas. Ainda mais um evento que está na segunda edição. Pessoal tem que entender e eles irem corrigindo isso!

    Responder a esse comentário
  9. Felipe dezembro 13, 11:43

    Esse evento é muito muitooooo caro, tendo em vista a pequena margem de possibilidade de desfrutar de algo nele. Pois a única coisa que presta são os paineis, e a chance de entrar é minima. O resto parece uma feira qualquer ou um shop. Ou seja, pagar tão caro para entrar em um lugar que se resume a venda de produtos (shop) e ter uma minima chance de entrar na unica coisa legal é ridiculo.

    Responder a esse comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Angry Birds 2

Facebook

O Clube dos Canibais
Meu Nome é Daniel