Resenha dos painéis da CCXP – Comic Con Experience 2015 – quinta-feira [03]

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 4 dezembro, 2015 17:13

Para aqueles que infelizmente não conseguiram comparecer ao maior evento da cultura pop (geek e nerd) do Brasil, a CCXP – Comic-Con Experience 2015 – no iremos publicar uma série de resenhas do que melhor ocorreu no eventoPara dar uma panorama geral do que ocorreu nos dias que estivemos na CCXP, fizemos uma pequena resenha dos eventos e painéis do auditório Cinemark.

Dia 03 [quinta] – Painel Reza a Lenda

Programado para estrear nos cinemas brasileiros em 21 de Janeiro de 2016, o longa nacional Reza a Lenda dirigido por Homero Olivetto – apresentou um interessante e diversificada apresentação. Devido problemas no embarque na ponte aérea RJ-SP, o painel começou com um certo atraso. Junto com o cineasta Homero Olivetto o ator Cauã Reymond – que protagoniza o longa – foram apresentados a sala cheia e foram recebidos com muitos aplausos, o que causou certo espanto de ambos. Logo de inicio o cineasta tratou de explicar sobre algumas piadas e rumores surgidos na internet, de que seu longa seria uma versão “abrasileirada” do sucesso de 2015 Mad Max: Estrada da Fúria, o que ele aceitou com um elogio e disse que seu filme nada parece com o blockbuster hollywoodiano.

Alguns detalhes sobre a ideia inicial do roteiro foram revelados durante a bate papo bastante descontraído da dupla (cineasta e ator), explicando quais as maiores dificuldade de levar uma produção desse tipo para um cenário tão árido. Homero fez questão de mencionar que seu filme é muito mais do que um simples longa ação, o que por si só já seria muito interesse para um mercado carente em filmes de gênero, mas também carrega uma linda e inspiradora mensagem de fé em meio a um cenário de guerra. Cauã Reymond também comentou detalhes sobre as filmagens, estava bastante confortado no palco, aonde mencionou que as cenas de ação (algumas delas) não utilizou dublês causando  alguns momentos engraçados – como sua queda de moto.

Tal acidente ocorreu devido a falta de experiencia do ator no veiculo, pois tinha tirado carteira exatamente para esse projeto. Mesmo tendo uma curta participação no painel, devido o atraso, ele ainda comentou sobre a beleza natural das locações e prazer em trabalhar com todo elenco.

Reza a Lenda - Clipe Musical

Depois da participação do galã, subiu ao palco o  supervisor de efeitos especiais do longa Chiquinho Neto – como é conhecido no meio – para trazer um rico conteúdo sobre o segmento. Ele elogiou todos os envolvidos no filme, em especial a direção de arte, que conseguiu trabalhar com um orçamento bastante limitado. Chiquinho tratou logo de início explicar as diferenças básicas entre o longa brasileiro e o filme hollywoodiano Mad Max, mostrando as referencias utilizadas para criar a atmosfera do filme, referencias essas que vão do anime Afro Samurai até outros títulos da cultura pop e um universo fantasioso, chegando dessa forma a uma estética bastante real. Logo em seguida foi apresentando a  todos presentes no auditório Cinemark abertura do filme, com cerca com 7 minutos de duração – deixando claro após a exibição – que o processo de pós produção contou com profissionais bastante qualificados.

Outro vídeo bastante interesse que foi apresentado durante o painel trouxe detalhes do trabalho, de um equipe formada por incríveis 40 pessoas (ao se trabalhar de Brasil é algo muito raro), mostrou detalhes dos efeitos visuais do longa. Como foi pensando todo o processo de filmagens em cenas de ação bem antes do longa ser rodada, neste período Chiquinho explica que praticamente tudo é decidido ali em frente ao computador – desde do uso da lente especifica para tal cena até toda física envolvida em cenas feitas em modelagem 3D. Sem muito confiante nas palavras, ele mencionou ainda que basicamente o longa tem 3 cenas que foram feitas utilizando elementos em CGIs, mas claro, não quis revelar quais (excluindo a apresentada no painel).

“A montagem do filme Reza a Lenda foi feita em sete meses, de duro trabalho, e a finalização (já com os efeitos em CGIs) em 3 meses.” – comentou Chiquinho Neto. 

 Saindo da parte de pós produção o cineasta Homero Olivetto explicou em mais detalhes, como foi transformar o sertão em um visual bastante pop, e que o projeto demorou em torno de 6 anos para sair do papel, devido a dificuldade em conseguir patrocínio (um dos grandes problemas do mercado brasileiro). Mas ele acha que essa demora acabou sendo bastante positiva para o projeto, pois dessa forma o roteiro ganho novos tratamento (alterações) e acabou ficando muito mais maduro.

Dia 03 [quinta] – Painel Sony Pictures<

Pela primeira vez na Comic Con Experience (CCXP), não esteve no primeiro ano, estúdio da Sony trouxe novidades para seus próximos projetos, que prometem atender diversos gostos com lançamentos que prometem ganhar o topo das bilheterias mundiais. Para abrir o painel foi escolhido o sci-fi  A 5ª Onda – mais novo projeto estrelado pela jovem atriz Chloe Grace Moretz, que a cada novo trabalho vem se mostrando com um enorme talento. Foram apresentados cinco clipes exclusivos, apresentados apenas para o público da CCXP 2015.

The 5th Wave-11Dezembro2015

Logo após a exibição das cenas foi revelado um outro vídeo especial, aonde traz Chloë respondendo às perguntas feitas pelos fãs brasileiros da página da CCXP.

Eu adoro vídeo games! Gosto bastante de jogos de 1ª e 3ª pessoa…”

Ela ainda fez questão de agradecer todo o carinho dos fãs brasileiros, e comentou que já conhecia os livros antes de ser contratada, que se identifica bastante com a personagem central da trama – Cassie. Ela ainda mencionou, durante a as respostas dos fãs que que acha importante a presença de personagens femininas fortes no cinema atual.

Outro grande projeto anunciado pelo estúdio é a adaptação do livro de Jane Austen e Seth Grahame-Smith, o filme Orgulho e Preconceito e Zumbis. Com um elenco recheado de estrelas do grande público, : Lily James, Lena Headey, Matt Smith e mais, o filme teve revelado durante o painel o seu trailer oficial e ainda foi apresentando um vídeo exclusivo para CCXP trazendo cenas inéditas. Para fechar o painel da Sony, foi apresentando materiais de divulgação da aguardada animação Angry Birds, que traz as telonas os carismáticos e queridos personagens dos jogos de celular. Foram exibidos clipes da animação aonde mostram um pouco mais o temperamento explosivo de RED, que contará com voz do ator Marcelo Adnet.

Angry Birds-Dani Calabresa-CCXP

Ao término da exibição dos clipes, para surpresa de muitos, foi convidada a participar da apresentação a atriz e comediante Dani Calabresa. Sempre muito carismática, ela falou um pouco mais sobre a personagem Matilda, que ela empresta a voz na animação.

Eu adoro o jogo. Minha personagem se parece comigo, super alegre (…) foi um desafio (participar da dublagem) bastante gratificante.

Dani foi convidada novamente a assistir ao trailer oficial da animação, que já havia sido lançado anteriormente.

Dia 03 [quinta] – Painel Os Molambolengos chegaram!

Um dos grandes nomes anunciados para CCXP 2015 foi o da atriz e escritora canadense Evangeline Lily, que veio ao Brasil especialmente para divulgar o seu primeiro trabalho literário – o livro infantil Os Molambolengos. Ao entrar no palco do auditório Cinemark o público presente, que lotou o local, foi muito receptivo com a atriz fazendo com ela logo de inicio elogia-se tal alegria e entusiasmos.

Evangeline, antes de comentar sobre seu livro, fez um resumo de sua carreira como atriz e agora escritora – afirmando que se tornou atriz realmente por acidente, que não tinha esse sonho muito menos imaginava isso para sua carreira, pois desde mais nova foi apresentada aos livros – paixão essa que se tornou agora trabalho. Lilly afirmou que o objetivo era fazer um livro que gostaria de ter lido quando criança, o que de certa forma causou alguns problemas, principalmente para encontrar alguma editora interessada em publicar um livro que carrega uma atmosfera bastante “estranha e sombria as vezes…” – afirma Lily.

CCXP-Os Molambolengos

“Nunca deixe pessoas dizer que seu texto é ruim, elas não tem esse direito.” – comenta Evangeline Lily

Os Molambolengos conta com ilustração de Johnny Fraser-Allen, da Weta Workshop, empresa de design físico situada na Nova Zelândia, que trabalhou em filmes, incluindo a trilogia O Hobbit e a trilogia O Senhor dos Anéis. Em vídeo mostrado durante o painel, o Johnny comentou como foi o processo de criação do livro, uma vez que Lily não tinha ideia de como recriar esses personagem em desenho. No final ele mesmo comenta que as ilustrações contidas no livro final, tentaram representar o que Lily tinha em mente.

“Crianças amam todas as emoções. (…]) Sentir significa que você está vivo.” – comenta Evangeline Lily

Durante o painel Lily revelou ainda que Os Molambolengos – na verdade é o início de uma grande série de 18 publicações, e que no momento ela trabalha no segundo livro. O painel foi marcado por bastante descontração entre a atriz e o publico, parecendo bastante um bate papo informal mas muito interessante. Dois momentos marcaram o painel, o primeiro foi quando um jovem fã presentou Lily com um lindo buque de flores, deixando a canadense bastante emocionada. Já o outro foi próximo do final, quando Evangeline recebeu uma criança no palco, que, além de receber um exemplar autografado, leu o livro em português para a autora.

Estes foram os painéis que a equipe do Recanto Adormecido participou no primeiro dia do evento.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 4 dezembro, 2015 17:13


Escreva um comentário

2 Comentários

  1. Fabiano dezembro 4, 23:33

    Meu faltou a lindissima e maravilhosa e minha tudo: Chloe Grace Moretz em algum painel qualquer. Pelo amor de Deus poderiam trazer ela!! É o sonho de qualquer um atualmente ver essa menina que está se tornando uma grande atriz no Brasil.

    Responder a esse comentário
  2. Renato dezembro 5, 20:02

    É impressão ou a Evangeline Lily estava mais linda do que o normal?

    Responder a esse comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Angry Birds 2

Facebook

O Clube dos Canibais