Cine Humberto Mauro exibe Mostra ED MARTE e documentário FILHA DA ÍNDIA

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 30 novembro, 2015 10:37

Cine Humberto Mauro exibe Mostra ED MARTE e documentário FILHA DA ÍNDIA

No dia 30 de novembro, o Cine Humberto Mauro exibe 5 curtas-metragens do performer, artista plástico, ativista e ator Ed Marte, uma das personagens mais icônicas da atual vida cultural de Belo Horizonte. Na ocasião, haverá a estreia do curta Chocolate meio amargo, de Caio Rodrigues. Além desse filme, serão exibidas a videoperformance Prazer, Ed – O Casamento, Salão e Barbeira, Retratinho com você, de Daniel Carneiro; Colostro, de Bruno Hilário e José Paulo Osório; A vida mata, de Gabriel Assis; e Me tire desse lugar, de Chiquinho.  Após a sessão, Ed Marte e os diretores participam de bate-papo com o público.

A programação tem sequência com a exibição do documentário Filha da Índia. A cineasta Leslee Udwin retrata os reflexos de um caso de estupro que comoveu o mundo. Em Nova Deli, na índia, em 2012, uma jovem de 23 anos foi violentada por seis homes, dentro de um ônibus. A morte da jovem, decorrente de graves ferimentos internos, deflagrou uma série de protestos pelas ruas do país. Leslee retrata essas manifestações ao mesmo tempo em que traça um perfil sobre alguns dos estupradores, os quais a cineasta teve acesso.

A sessão será comentada por Zaíra Pires, jornalista e militante afrofeminista.

Cine Humberto Mauro-Mostra ED MARTE (1)

Sinopses 

Mostra Ed Marte 

Prazer, Ed – O Casamento, Salão e Barbearia, Retratinho com você, video performance de Ed Marte filmada por Daniel Carneiro (BRA) | Exibição digital

Intervenções performáticas de Ed Marte em diversos locais de Belo Horizonte. 

Colostro, de Bruno Hilário e José Paulo Osório (BRA-MG, 2012) | Exibição digital |

Um homem, uma mulher, a fome: a miséria do corpo humano. 

A vida mata, de Gabriel Assis (BRA-MG) | Exibição digital

Em fim o vazio. 

Me tire desse lugar, de Chiquinho Matias (BRA-MG) | Exibição digital

Esse curta é um experimento em que a realidade e a ficção se fundem. Tendo como pano de fundo as cores de Almodóvar, um grupo de cineastas faz um documentário sobre o cotidiano de um taxista, que tem como ídolo o cantor Odair José.

O mundo todo para ele, de Chiquinho Matias (BRA-MG, 2008) | Exibição digital

Em um mundo onde a invisibilidade humana e o silêncio da natureza se fazem presentes, O mundo todo para ele promove este encontro provocando um olhar estrangeiro em uma cena cotidiana.

Chocolate meio amargo, de Caio Rodrigues (BRA-MG) | Exibição digital

Baseado em fatos reais, o filme mostra, com sarcasmo, os pequenos e rotineiros delitos praticados sutilmente no cotidiano de práticas profissionais e institucionais. Um furto praticado por dois jovens vai revelar a delinquência generalizada da sociedade, configurada no ambiente da delegacia, onde todos, das autoridades aos encarcerados, cometem atos imperceptivelmente fora da regra. 

FILHA DA ÍNDIA

Filha da Índia, de Leslee Udwin (India’s Daughter, Índia – RU, 2015) | 57’ | 12 anos | Exibição digital
Um grupo de seis homens estupra uma mulher de 23 anos anos em um ônibus, em dezembro de 2012, em Nova Déli. Dias depois, ela morre em um hospital em função dos graves ferimentos internos. Indignadas pela violência, mulheres do país inteiro vão às ruas protestar, mobilizando uma onda mundial de aversão a tal ato. Entrelaçada com a história, as vidas, valores e mentalidades dos estupradores com quem a cineasta teve acesso. Uma reflexão sobre a sociedade e seus valores que geram tais atos violentos e um apelo otimista para uma possível mudança.

SERVIÇO

Sessões únicas da Mostra Ed Marte e do Documentário Filha da Índia

MOSTRA ED MARTE
Data: 30 de novembro
Horário: 16h
Local: Teatro João Ceschiatti – Avenida Afonso Pena, 1537 – Centro.
Entrada gratuita
Classificação: 16 anos

FILHA DA ÍNDIA
Data: 30 de novembro
Horário: 18h
Local: Cine Humberto Mauro – Avenida Afonso Pena, 1537 – Centro.
Entrada gratuita
Classificação: 12 anos

Informações para o público: 3236-7400

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 30 novembro, 2015 10:37


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

MIB: Homens de Preto

Facebook

Kardec