Lázaro Ramos conta como foi fazer parte da Osesp por um dia

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 20 novembro, 2015 11:41

Vídeo promocional de Tudo que Aprendemos Juntos, de Sérgio Machado, mostra Laerte, o músico interpretado por Lázaro Ramos, em meio aos instrumentistas da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo em uma apresentação de verdade, na sede da orquestra – a Sala São Paulo. A filmagem está entre as boas lembranças que o ator tem com relação ao filme:

“A plateia olhava e dizia: ‘Meu Deus, é alguém muito parecido com o Lázaro Ramos ou é ele que está ali”. “E ainda teve uma surpresa que foi a Marin Alsop, a maestrina, que se mostrou uma atriz surpreendente. Cada take que ela fazia era melhor que o anterior”, conta Machado.

Laerte é um músico promissor que sofre uma crise em plena audição para uma vaga na Osesp. Ele perde a chance de trabalhar na maior orquestra sinfônica da América Latina e, frustrado, vai dar aulas na favela de Heliópolis. Na escola, cercado por pobreza e violência, redescobre a música de forma tão apaixonada que acaba por contagiar os jovens estudantes. “Tudo que aprendemos juntos” é inspirado na história real da formação da Orquestra Sinfônica de Heliópolis e conta a emocionante saga de um músico e seus alunos, que tiveram suas vidas transformadas pela arte.

“Tudo que Aprendemos Juntos”, baseado na peça “Acorda Brasil”, de Antonio Ermírio de Moraes, conta a história de um talentoso violinista que se vê obrigado a dar aulas de música na comunidade de Heliópolis depois da tentativa fracassada de integrar a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo – Osesp. Além de Lázaro Ramos, o elenco traz ainda Kaique Jesus, Elzio Vieira, Sandra Corveloni, Thogun Teixeira, Fernanda de Freitas, Hermes Baroli e Criolo. Produzido pela Gullane em coprodução com a Fox Internacional Productions, o longa tem distribuição da Fox Film do Brasil e entra em cartaz em 3 de dezembro nos cinemas brasileiros.

Tudo que aprendemos juntos-19Outubro2015 (1)

Tudo que aprendemos juntos-19Outubro2015 (3)

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 20 novembro, 2015 11:41


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

MIB: Homens de Preto

Facebook

Kardec