Começa neste fim de semana as filmagens de AO LADO, sob a direção de Felipe Sholl

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 23 outubro, 2015 17:39

Começa neste fim de semana as filmagens de AO LADO, sob a direção de Felipe Sholl

Com o elenco principal formado por Denise Fraga, Emílio de Mello, Karine Teles e Diogo Karabachian, AO LADO começa a ser rodado em 24 de outubro, no Rio de Janeiro. Com direção de Felipe Sholl (dos premiados curtas Tá, Oinc e Gisela), o longa será distribuído pela Vitrine Filmes.

“O que você faz quando ninguém está olhando?”. Essa é a premissa do drama familiar AO LADO, apresentando a ideia de que vivemos em uma época na qual as relações humanas estão mudando rapidamente. Torna-se cada vez mais fácil entrar em contato com alguém, mas cada vez mais difícil tornar esse contato profundo e significativo. Os personagens do filme têm em comum o fato de estarem sempre em busca de contato humano, ainda que o façam de maneira incomum.

Diogo (17) gosta de ligar para as pacientes da sua mãe psicanalista e se masturbar enquanto as ouve. Uma dessas pacientes é Ângela (40), que acabou de ser abandonada pelo marido. Quando Diogo liga para Ângela e não fala nada, ela acha que é o marido ligando. Ela descobre que é Diogo, e sente raiva, repulsa… Mas principalmente, se sente atraída por essa pessoa que ligava para ela todo dia. Apaixonados, eles precisam encontrar uma maneira de permanecerem juntos. Mas os obstáculos são inúmeros: a diferença de idade, a mãe de Diogo, e, acima de tudo, seu próprio caminho em direção à idade adulta.

Biografias:

Felipe Sholl – Diretor e Roteirista: Felipe Sholl é formado em roteiro pela Escola de Cinema Darcy Ribeiro e em jornalismo pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. AO LADO, que será filmado agora, foi seu primeiro roteiro de longa-metragem, ainda na fase de roteiro foi selecionado para a Residência da Cinéfondation, do Festival de Cannes, o Laboratório Sesc Rio de Roteiros para Cinema, para o Talent Project Market do Festival de Berlim e para o Laboratório de Projetos do Festival Internacional de Cinema de Buenos Aires. Seu primeiro curta-metragem como diretor, TÁ (2007), produzido por Jonathan Nossiter e Karim Aïnouz, foi selecionado para o Festival de Berlim, onde recebeu o Teddy Award de melhor curta. Seu segundo curta-metragem, GISELA (2011), foi exibido no Festival do Rio e no Festival Internacional de Curtas de São Paulo, entre outros. Participou como roteirista dos filmes: Hoje (2013), de Tata Amaral, grande vencedor do Festival de Brasília de 2011 (melhor filme e melhor roteiro); Histórias Que Só Existem Quando Lembradas (2011), de Julia Murat, selecionado para os festivais de Veneza, San Sebastián, Toronto, Rotterdam e Rio, entre outros; Além da Estrada (2010), de Charly Braun, prêmio de Melhor Diretor no Festival do Rio; Os fins e os meios (2014), de Murilo Salles, prêmio de melhor roteiro no Festival do Rio 2014; Trinta (2014), de Paulo Machline, baseado na vida de Joãosinho Trinta; Campo Grande (2015), de Sandra Kogut, (previsto para 2015); Jonas e a baleia, de Lô Politi (previsto para 2015) e Sol, de Lô Politi (em fase de desenvolvimento).

Daniel van Hoogstraten – Produtor: Formado em Direito, Daniel van Hoogstraten atuou como advogado até 2003. Depois, atuou, por 5 anos, como coordenador geral do RioMarket, segmento de mercado e negócios do Festival do Rio. Foi gestor da plataforma online de negócios audiovisuais MediaFundMarket.Com e atuou como consultor internacional do RioContentMarket, evento internacional sobre produção de conteúdo multiplataforma, aberto à indústria de televisão e mídias digitais, onde, por 2 anos, também coordenou o Lab Transmídia e as Rodadas de Negócios. Foi selecionado e participou do Laboratório de Produtores Criativos para Cinema e TV do Binger Filmlab, em Amsterdã. Produziu os documentários Rainhas (2008), vencedor do grande prêmio do Festival Brasileiro de Nova Iorque 2010, e Satélites (2013), de Léo Bittencourt, e o curta Gisela (2011), de Felipe Sholl. Participou das equipes de produção dos longas “Rio Eu Te Amo” (2014) e “O Outro Lado do Vento”, de Walter Lima Jr. (em finalização) e da 3a temporada da série norueguesa “Lilyhammer” (2014).

SYNDROME FILMS: A SYNDROME FILMS foi fundada em 2008 e, desde então, vem desenvolvendo projetos e prestando serviços ao setor audiovisual. A produtora tem como sócios o produtor Daniel van Hoogstraten e os cineastas Felipe Sholl e Fernanda Tornaghi, todos com reconhecido talento em suas áreas de atuação: produção, direção, elaboração de roteiros e pós-produção. Até o momento, a SYNDROME FILMS produziu, integral ou majoritariamente, de forma independente ou através de seus sócios, além de filmes institucionais, o documentário em curta-metragem RAINHAS MINI, de Fernanda Tornaghi e Ricardo Bruno (2006), que participou do Miami International Film Festival; o curta-metragem Tá, de Felipe Sholl (2007), ganhador do Teddy Award no Festival Internacional de Cinema de Berlim; o documentário longa-metragem RAINHAS, de Fernanda Tornaghi e Ricardo Bruno (2009), com participação em festivais no Brasil e no exterior, vencedor do grande prêmio do Festival Brasileiro de Nova Iorque; o curta-metragem GISELA, de Felipe Sholl (2011), com participação na seleção oficial de festivais como o Festival do Rio e o Festival Internacional de Curtas de São Paulo; o curta OINC (2012); e coproduziu o documentário SATÉLITES (2013), de Léo Bittencourt, selecionado para a Semana de Realizadores do Rio de Janeiro. Atualmente, a SYNDROME FILMS, possui os seguintes projetos: (i) AO LADO, longa-metragem de ficção de Felipe Sholl (em produção); (ii) PENDULAR, longa-metragem de ficção de Julia Murat – em coprodução com a produtora ESQUINA (em produção); (iii) TRISTES MONROES, longa-metragem de ficção, de Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt, coprodução internacional com a produtora portuguesa FILMES DO TEJO II (em pré-produção); (iv) PÃES & CIA, curta-metragem de ficção de Sabrina Garcia – em coprodução com a produtora FUMAÇA FILMES (em pré-produção); e (v) MISS PRESIDIÁRIA, longa-metragem documentário de Fernanda Tornaghi (em desenvolvimento).

Ficha Técnica:

AO LADO | Brasil | 2016 | Drama Familiar | Full-H | 90 min.
Direção e roteiro: Felipe Sholl
Produção: Daniel van Hoogstraten
Elenco principal: Denise Fraga (Clarice), Karine Teles (Ângela), Tom Karabachian (Diogo), Emílio de Mello (Marcos) e, apresentando, Anita Ferraz (Mariana)
Status: em produção

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 23 outubro, 2015 17:39


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!