TUDO QUE APRENDEMOS JUNTOS, de Sérgio Machado, compete na Première Brasil do Festival do Rio 2015

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 19 outubro, 2015 11:44

Depois de emocionar o público no Festival de Cinema de Locarno, na Suíça, quando foi assistido por mais de oito mil pessoas na noite de encerramento na Piazza Grande, TUDO QUE APRENDEMOS JUNTOS, de Sérgio Machado, participa da Mostra Competitiva do Festival do Rio 2015, com sessão de gala para convidados dia 11 de outubro, às 22h30m, no Cinepolis Lagoon. Haverá também, dentro do festival, sessões abertas ao público com venda de ingressos: no dia 12, às 16h, seguida de debate, no Cine Odeon; e em 13 de outubro, às 16h30m e às 21h30m, no Kinoplex São Luiz 1. O filme estreia nos cinemas em 3 de dezembro. A produção é da Gullane com coprodução da Fox International Productions e distribuição da Fox Film do Brasil.

Tudo que aprendemos juntos-19Outubro2015 (2)

Na história, Laerte (Lázaro Ramos) é um talentoso violinista que se vê obrigado a dar aulas de música na comunidade de Heliópolis em São Paulo depois de várias tentativas fracassadas de integrar a Osesp (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo). O longa é inspirado na peça ‘Acorda Brasil’, escrita por Antonio Ermírio de Moraes a partir da experiência do Instituto Baccarelli, projeto que oferece formação musical e artística para jovens da comunidade de Heliópolis, o longa também foi elogiado pela crítica.

O filme chega ao Brasil após arrancar elogios da crítica internacional.  A revista americana especializada em cultura “Variety” publicou que “a profundidade da atuação e o carisma de Lázaro Ramos, aliados à trilha sonora que mistura música clássica com batidas da favela,  contribuem para que o filme tenha potencial para agradar distribuidores mundo afora”. Já a revista internacional especializada no mercado cinematográfico “Screen Daily” afirmou que o longa “tem potencial para agradar ao público, trazendo uma perspectiva diferente sobre os problemas do Brasil atual. ‘Tudo que aprendemos juntos’ deve deixar sua marca no mercado e criar outra história de sucesso para a Gullane, produtora também responsável pelo filme premiado em Sundance e Berlim 2015, ‘Que Horas Ela Volta?’

Tudo que aprendemos juntos-19Outubro2015 (1)

Tudo que aprendemos juntos-19Outubro2015 (3)

“É um prazer começar a mostrar o filme no Brasil. Voltei de Locarno feliz com os aplausos e com a recepção calorosa que o filme recebeu. Queria que a equipe, o elenco, os meninos da Sinfônica de Heliópolis estivessem lá com a gente. Saímos todos com a sensação de que ‘Tudo que Aprendemos Juntos’ é um filme que trata de questões universais e fala com plateias de diferentes culturas. Estou ansioso pelo lançamento no Brasil porque é um filme sobre quebrar muros e construir pontes, sobre conviver com a diferença e aprender a escutar o outro. São questões que precisam ser pensadas num momento complicado como o que estamos vivendo no Brasil” – ressalta o diretor Sérgio Machado.

“Nos  sentimos especialmente honrados em ter “Tudo Que Aprendemos Juntos” na noite de encerramento do Festival de Locarno, onde tradicionalmente é escolhido um filme que emociona e deixa uma atmosfera de celebração do cinema que permanece viva até a próxima edição do festival. A exibição e a recepção do público foram maravilhosas. Faremos de tudo para construir também no Brasil uma excelente recepção ao filme e é com alegria que recebemos o convite para participar da Premiere Brasil do Festival do Rio” , comemora o produtor Fabiano Gullane.
Laerte é um músico promissor que sofre uma crise em plena audição para uma vaga na Osesp. Ele perde a chance de trabalhar na maior orquestra sinfônica da América Latina e, frustrado, vai dar aulas na favela de Heliópolis. Na escola, cercado por pobreza e violência, redescobre a música de forma tão apaixonada que acaba por contagiar os jovens estudantes. “Tudo que aprendemos juntos” é inspirado na história real da formação da Orquestra Sinfônica de Heliópolis e conta a emocionante saga de um músico e seus alunos, que tiveram suas vidas transformadas pela arte.
SERVIÇO

Sessões para o público com venda de ingresso:
Segunda, 12/10, às 16h – Cine Odeon (sessão seguida de debate)
Lotação: 550 lugares
Endereço: Praça Floriano, 7 – Cinelândia – Centro
Telefone: (21) 2461-0201
*Valor do Ingresso – 2D: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)
Sessão Popular: 2D inteira R$ 10,00 | meia R$5,00
Terça, 13/10, às 16h30m e às 21h30m – Kinoplex São Luiz
Lotação: Sala 1 – 140 lugares + 1 cadeirante | Sala 2 – 258 lugares + 2 cadeirantes
Endereço: Rua do Catete, 311 – Catete
Telefone: (21) 2557-4394
*Valor do Ingresso – 2D: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 19 outubro, 2015 11:44


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Angry Birds 2

Facebook

O Clube dos Canibais
Meu Nome é Daniel