Espetáculo inédito O CANAL estreia no TEATRO CEMITÉRIO DE AUTOMÓVEIS

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 5 outubro, 2015 13:06

Espetáculo inédito O CANAL estreia no TEATRO CEMITÉRIO DE AUTOMÓVEIS

Texto inédito do dramaturgo americano Gary Richards, espetáculo O CANAL estreia dia 7 de outubro, quarta-feira, às 21h30, no TEATRO CEMITÉRIO DE AUTOMÓVEIS. Peça fala sobre quatro sujeitos envolvidos em umdesmanche de carros. Com direção de Mário Bortolotto, que também está no elenco ao lado dos atores Carcarah, Jiddu Pinheiro e Dudu de Oliveira, montagem é o mais novo trabalho da Cia após o sucesso de Killer Joe.

Na peça, quatro sujeitos estão envolvidos num esquema de desmanche de carros embaixo de uma ponte no Brooklin, em Nova York. “É sobre um loser, o que também aproxima a dramaturgia dele da minha. Um texto veloz, com um ritmo de diálogos muito bom. Ele trabalha com repetição, o que ajuda ainda mais em tornar a fala coloquial. Frases curtas e que permitem um ritmo intenso na interpretação. É quase um thriller policial”, afirma Mário Bortolotto.

Em O CANAL, escrito em 1993, Vinny (Carcarah) é um cara que trabalha numa oficina mecânica que é uma fachada para um desmanche de carros. Quem está por trás de tudo é um policial corrupto, Jerry (Mário Bortolotto), que dá as dicas dos carros. Vinny está querendo voltar a levar uma vida honesta e faz um acordo com a polícia para grampear e entregar o policial. A história então toma um rumo inesperado.

Os dois ainda contam com o ladrão de carros viciado em drogas Willie (Dudu de Oliveira). Fora isso, Vinny ainda está sendo ameaçado de despejo pelo proprietário do imóvel, Chick, (Jiddu Pinheiro), um playboy produtor de filmes pornôs. “Achei o texto vasculhando algo que tivesse a temática do grupo. Quando vi que eram quatro caras durões numa garagem de desmanche já me interessei de cara”, afirma o ator e produtor Carcarah.

“É o tipo de encenação com que gosto de trabalhar, calcado em texto e atores. Assim como em Killer Joe, há também um cuidado maior com o cenário e ambientação, já que fazemos o possível para corresponder às indicações do texto”, finaliza o diretor, que também assina a sonoplastia. O cenário, de Mariko e Seijj Ogawa, procura reproduzir fielmente o ambiente da oficina mecânica. A iluminação é de Marcos Loureiro. Os figurinos são de Letícia Madeira.

SERVIÇO
O CANAL
Estreia
dia 7 de outubro de 2015, quarta-feira, às 21h30
Temporada: Até 17 de dezembro
Horário: Quartas e Quintas, às 21h30
TEATRO CEMITÉRIO DE AUTOMÓVEIS
Endereço:
Rua Frei Caneca, 384 – Consolação.
Duração: 1h20 minutos
Classificação: 16 anos
Ingresso: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)
Telefone: 2371-5743
Capacidade 35 lugares
Bilheteria funciona de sexta a domingo, uma hora antes do início do espetáculo. Acesso para deficientes. Ar condicionado. BAR. Aceita cartão. Informações sobre o espaço e atividades: site www.cemiteriodeautomoveis.com.br

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.
Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 5 outubro, 2015 13:06


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!