Baia lança EP “Ladrão Que Rouba Ladrão”

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 2 outubro, 2015 19:02

Baia fará dois lançamentos até o final deste ano. No dia 25 de setembro, dia em que se apresentou no Rock in Rio, o cantor e compositor lançou pela Som Livre o EP “Ladrão Que Rouba Ladrão” nas plataformas digitais. As três músicas que compõem o EP também estarão no álbum “A Fúria Do Mar”, que será lançado no Circo Voador no dia 26 de dezembro, com 12 faixas, entre inéditas e releituras de músicas da sua geração, de autores amigos e parceiros, como Gabriel Moura e Pedro Luis.

Baia - ladrão que rouba ladrão - foto divulgação

A faixa título do EP traz um antigo jargão, para buscar cem anos de perdão aos consumidores dos serviços bancários. A música traz uma divertida crítica aos recordes de lucro e de juros exorbitantes cobrados pelas instituições financeiras: “Dizem que eu roubei um banco / Saí do caixa com o dinheiro na mão / Segui com a cabeça erguida / Fui um ladrão que rouba ladrão”.

A segunda faixa é uma regravação da música “Toda”, do amigo Marcos Bassini, que a lançou originalmente com sua banda Mané Sagaz. Um rock apaixonado como uma carta de amor declamada às alturas: “Quero você com teus erros, defeitos, segredos / Tua forma de gostar / Quero você do Teu jeito / Porque se eu te quero / Eu tenho que te aceitar / Toda”. Já a terceira faixa é uma balada doce em homenagem à sua primeira filha, “Dora”, que dá significado a esse conjunto de músicas que foram retiradas das musicas variadas, tocadas em casa para ela ouvir. Seus versos são feitos de amor paternal: “Dora / Que o tempo te aconselhe a ver / O mundo com o olhar / De quem namora”.

O álbum completo está em processo de finalização, capitaneado por Shilon Zygiel, guitarrista e compadre, que assina a produção musical. A banda traz ainda Caesar Barbosa na guitarra, Carlos Sales na bateria, Wlad no baixo, Igor Eça no violão, Pedro Augusto e Fabrízio Iorio nos teclados. A mixagem é assinada por Marcelo Saboia e a masterização por André Dias (Post Modern Mastering). Capa por Duda Guima (Agência Tangerina) e fotos por Wlad. “Esse disco é o produto da minha Licença Paternidade. Traz músicas que nasceram junto com a Dora, em seu primeiro ano de vida. Gravamos na ‘Montanha’, estúdio do Shilon, em Vargem Grande. Tudo em família, prezando pelo espírito. Um disco que foi gravado para ser tocado ao vivo!”, avalia Baia.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 2 outubro, 2015 19:02


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!