HISTORY estreia sua primeira série dramática. ‘X-Company’ traz história real e pouco conhecida da Segunda Guerra

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 8 setembro, 2015 19:22

HISTORY estreia sua primeira série dramática. ‘X-Company’ traz história real e pouco conhecida da Segunda Guerra

Em mundo de espiões, sabotagem, ação e drama invade a tela do HISTORY a partir de 19 de setembro, com a estreia exclusiva para a América Latina de X-Company. Dos mesmos produtores de Orphan Black e dos criadores de Flashpoint, a nova série expõe uma história real nunca antes contada na televisão, e que poucos conhecem: o papel do Canadá na Segunda Guerra Mundial.

A emocionante produção se divide em oito episódios e se concentra em cinco jovens, altamente qualificados, que deixam suas vidas de lado para formarem-se agentes em um centro de treinamento ultrassecreto nas imediações do lago Ontario: Camp X. O local abrigou na vida real, como espiões de guerra, os escritores Ian Fleming, criador do lendário James Bond, e Ronald Dhal, escritor britânico de livros infantis. Administrada pelo chefe da inteligência britânica, Sir William Stephenson, a instalação para espiões secretos ensinava aos internos a arte da espionagem, para realizar missões silenciosas na luta contra os nazistas.

Ambientada no intrigante mundo na maior disputa bélica da história, a série de espionagem e operações secretas foi gravada em Budapeste (Hungria), com um elenco internacional de primeira classe. Cada episódio é uma corrida contra o tempo, em que os valentes soldados participam de operações arriscadas, uma atrás da outra, vendo-se obrigados a tomar decisões morais complexas, como ter de assassinar pessoas durante o conflito militar mais mortífero da humanidade.

X Company (3)_low

X-Company_101_732_low

Sobre os personagens de X-Company:

AURORA LUFT (interpretada por Evelyne Brochu)

Filha de um judeu-alemão com uma franco-canadense, Aurora foi criada como trilíngue fluente – e muito consciente do fato de ser estrangeira. Tendo sofrido bullying frequente na escola, ela aprendeu a revidar. Seu objetivo maior era simples: ser melhor que todos os outros. Em tudo. Uma pessoa impulsiva, ambiciosa, inflexível e competitiva. Ela trabalhava em Paris como jornalista quando a França foi rendida pelos alemães, e soube imediatamente o que suas habilidades a destinavam a fazer: bater nos bullies sem piedade, por meio da palavra, da espada e do que fosse necessário. Suas habilidades linguísticas e sua experiência em primeira mão no campo de batalha – sem mencionar suas capacidades camaleônicas de se misturar onde quer que fosse – fizeram-na uma candidata perfeita para o recrutamento no Camp X.

Aurora é atormentada pela crença de que a morte de um agente de sua equipe foi culpa sua. Promovida à líder da equipe para substituí-lo, a agente é assombrada pela perda e luta incansavelmente para que ela e sua equipe se tornem cada vez mais fortes, inteligentes e à prova de balas. Em um mundo pré-feminista, ela é muitas vezes subestimada por causa de seu gênero. E ela não se importa em explorar isso para conseguir uma ajudinha em qualquer situação e completar sua missão.

ALFRED GRAVES (interpretado por Jack Laskey)

Um jovem com uma alma generosa, e pronto para ser herói, Alfred carrega uma condição incomum – a sinestesia – que traz confusões ao seu cérebro. Alfred pode ouvir cores e sentir o gosto dos sons. Todos os cinco sentidos estão misturados, fazendo com que qualquer experiência comum – por exemplo, sair de seu pequeno apartamento para fazer compras – vire uma agressão avassaladora à sua mente. Para ele, é difícil viver, ter um emprego, fazer amigos.

É a sinestesia que dá a Alfred uma memória perfeita. Todos os dias, noites e momentos estão com eles para sempre; todas as dores, arrependimentos e humilhações são gravados para sempre. É por isso que ele prefere se preservar e evitar riscos. Mas quando todos os jovens fisicamente capazes do Canadá se juntam para lutar, ele não consegue ficar de braços cruzados. Alfred fracassa no treinamento básico, mas chama a atenção de Duncan Sinclair, o chefe dos espiões do Camp X. E se vê lançado ao campo de batalha muito antes de estar preparado para isso.

Sua memória perfeita se mostra uma habilidade inestimável para se tornar espião: ele será capaz de guardar eternamente códigos complexos, conversas e todos os tipos de inteligência secreta. Mas, na guerra, às vezes a maior dificuldade é esquecer o que você viu. Alfred não pode nunca. Sua memória perfeita pode acabar se tornando sua vulnerabilidade mais perigosa caso ele caia nas mãos do inimigo.

NEIL MACKAY (interpretado por Warren Brown)

Neil é uma parede de músculos com reflexos rápidos e um cérebro de raciocínio veloz. Ele lutou contra o preconceito de ser da classe trabalhadora ao se tornar um policial, buscando justiça nas ruas violentas de Londres. Depois, aceitou uma vaga em Shanghai, trabalhando em um esquadrão para conter tumultos, desarticulando gangues de rua e se tornando um dos primeiros ocidentais a ganhar uma faixa preta. Agora, traz seu conhecimento de combate corpo a corpo ao Camp X: ele ensina sua equipe como matar com as próprias mãos e como sobreviver quando tudo parece perdido. O ódio de Neil pelos alemães é movido pela perda de sua família, que foi dizimada na Blitz. Ele põe de lado as dificuldades éticas de sua equipe dizendo: “Esqueçam o fair play. Mate ou seja morto”. E vai para as batalhas com uma certeza moral absoluta. Neil enfrenta desafios que ele nunca poderia prever e descobre uma visão mais sutil e flexível do que podem ser os seres humanos… Incluindo o inimigo.

TOM CUMMINGS (interpretado por Dustin Milligan)

As bombas caem em Pearl Harbour e os EUA declaram guerra. Eles estão entrando em uma guerra sem a CIA, sem agentes especiais, unidades de treinamento, inteligência ou qualquer outro tipo de sistema. Por isso, Roosevelt une alguns dos melhores homens em um curso intensivo para se tornarem espiões – e Tom Cummings é o primeiro da fila para entrar no Camp X.

Os heróis de infância de Tom eram cowboys, guerreiros e piratas. Então, quando ele ouve o chamado para a aventura – uma chance para ser todos os três? – ele não pensa duas vezes. Atlético, intuitivo, carismático e confiante, ele é jovem o suficiente para acreditar que é invencível… E impulsivo o suficiente para colocar sua equipe no limite do perigo. Mas além da impaciência de Tom para sair em batalha e acabar com os nazistas, ele é um vendedor inato. Um ex-garoto prodígio da Madison Avenue, Tom está bastante familiarizado com os mecanismos da persuasão. Ele sabe como atingir as pessoas, estimulá-las e inspirá-las a atos de coragem.

Mas Tom tem dificuldade em viver com seus próprios ideais. Quando enfrenta a realidade de matar um ser humano, ele percebe que não é tão simples quanto imaginava. Ele é melhor com palavras do que ações… E isto traz consequências perigosas para sua equipe.

HARRY JAMES (interpretado por Connor Price)

Um jovem de óculos como Harry nunca teria se imaginado usando um paraquedas em uma zona de guerra. Ele se adequaria muito mais a conversas em voz baixa na biblioteca de sua universidade com seus colegas de classe, a um experimento secreto na garagem da casa de seu pai com produtos químicos voláteis, ou a trocar mensagens em códigos Morse de alta velocidade por rádio com seus amigos pelo país. Mas sua mente enciclopédica em assuntos relacionados a armas, explosivos ou engenharia o torna um recurso muito valioso para as Operações Especiais.

Harry sabe qual é a quantidade suficiente de explosivos para derrubar uma ponte, uma torre ou um edifício. Ele constrói bombas, inventa dispositivos, pilota por campos minados e mantém sua equipe conectada ao Acampamento X através de seu dom pela comunicação em rádio. Não é qualquer um que consegue manter sua mão (ou batimentos cardíacos) estável quando o sinal de detecção do inimigo mostra que ele está cada vez mais perto…

Harry é o caçula da equipe, animado com a oportunidade de desempenhar o que ele considera um papel modesto em uma tarefa tão importante. Ele nunca manteve sua cabeça tão erguida ou sentiu tanto orgulho e propósito. Mas seus sentimentos patrióticos entram em conflito quando ele se vê diante dos sacrifícios da guerra. Existem alguns danos que estão muito além de sua habilidade de consertar, e a dura realidade das batalhas acerta em cheio um jovem idealista como Harry.

DUNCAN SINCLAIR (interpretado por Hugh Dillon)

Sinclair é um canadense de carreira militar, um veterano da Primeira Guerra Mundial e pai de dois filhos no exército – um foi morto em batalha e o outro está desaparecido. Quando Churchill lhe revela que a Inglaterra precisa desesperadamente de um exército e guerreiros secretos atrás das linhas inimigas, Sinclair sabe que a resposta reside em sua própria terra natal. Ele dirige o ultrassecreto Camp X, às margens do Lago Ontário, a salvo de bombas e perto dos americanos que precisam desesperadamente de um lugar para treinar seus agentes.

Sinclair recruta pessoalmente os jovens que treinarão com sua elite de espiões e instrutores de combate. Ele não consegue evitar e cria uma forte ligação pessoal como cada um de seus recrutas, pois eles colocam suas vidas em suas mãos e Sinclair sabe que suas chances de sobrevivência no campo de batalha são de 50%. A mente incrível de Sinclar trabalha sem descanso no Camp X. Ele comanda Aurora e sua equipe em suas missões, apoiando-os com inteligência no abastecimento de mercadorias. E mantendo-os juntos quando começam a surtar.

KRYSTINA BREELAND (interpretada por Lara Jean Chorostecki)

Krystina é uma jovem brilhante, que supervisiona a equipe feminina de HYDRA, a unidade de comunicação do Camp X. HYDRA é o centro nervoso do tráfego de sinais dos aliados – suas antenas poderosas conectam Londres e Washington com agentes no exterior, 24 horas por dia. Além dessas funções, Krystina e sua equipe de mulheres também monitoram, interceptam e suam para decifrar as comunicações inimigas – muitas vezes lutando contra o tempo para salvar a vida de um agente.

Krystina ensina à equipe de Aurora a arte do rádio clandestino e da codificação e decodificação em alta velocidade. O menor dos erros feito no campo de batalha – até mesmo passar segundos preciosos em excesso no ar – pode custar a vida de um agente; e pior, pode derrubar toda uma rede. São os instintos afiados de Krystina para as sutilezas de seu “pulso” – o ritmo de seu código Morse – que garantem a segurança de sua rede de comunicações.

Krystina é o braço direito de Sinclair e uma importante caixa de ressonância para suas ideias. Ela é a única que tem dimensão da pressão pela qual ele está passando. Mas a forte ligação de confiança entre os dois é testada quando ela se vê pressionada pelos britânicos a informar as atividades que ele preferiria manter para si mesmo.

BIOGRAFIAS DO ELENCO 

EVELYNE BROCHU (Aurora Luft)

Desde que se formou pela prestigiosa Montreal Conservatory of Dramatic Arts, em 2005, Evelyne Brochu tem trabalhado sem parar no teatro, cinema e TV. Alguns de seus créditos mais importantes na TV lhe valeram três indicações ao Gémeau Awards de Melhor Atriz Coadjuvante e um prêmio de Melhor Atriz em uma série de TV. Em 2013, Evelyne começou a trabalhar na série de sucesso “Orphan Black”, interpretando Delphine, ao lado de Tatiana Maslany.

Créditos recentes no cinema incluem um papel coadjuvante em filmes aclamados pela crítica como “Polytechnique”, de Dennis Villeneuve, e “Café de Flore”, dirigido por Jean-Marc Vallé, que foi exibido no Festival de Veneza e Toronto em 2011. Em 2012, Evelyne estrelou o filme canadense “Inch’Allah”, que também foi exibido no Festival de Toronto e no Festival de Berlim, ganhando o prêmio de Menção Especial pelo Júri Ecumênico e também o prêmio da Federação Internacional de Críticos. Sua performance elogiada pela crítica lhe valeu uma indicação ao Canadian Screen Award de Melhor Atriz. No ano seguinte, Evelyne recebeu outra indicação ao Canadian Screen Award, desta vez de Melhor Atriz Coadjuvante por seu papel em “Tom à la ferme”, de Xavier Dolan.

Projetos seguintes incluíram papéis principais no esperado “Pawn Sacrifice”, de Edward Zwick, com Tobey Maguire e Liev Schrieber, e “Les loups”, de Sophie Deraspe, que está em fase de pós-produção. Brochu também fez “The Nest”, um curta-metragem dirigido por David Cronenberg, no qual ela é a única atriz ao lado do próprio diretor. 

JACK LASKEY (Alfred Graves)

Jack Laskey estudou na Royal Academy of Dramatic Arts. Desde sua graduação, em 2003, ele tem trabalhado extensivamente no teatro, cinema e TV.

Créditos na TV incluem o caçador de esquilos Sam McCoy na épica “Hatfields & McCoys”, vencedora do Emmy e dirigida por Kevin Reynolds e Kevin Costner. Em “Endeavour”, Jack interpreta o sargento detetive Peter Jakes e filmará sua terceira temporada no ano que vem.

Jack interpretou o papel de um fotógrafo na animação de Joseph Pierce e vencedora de vários prêmios, “A Family Portrait”. Em 2007, ele coescreveu e apareceu no programa piloto de “Split Milk”, que ganhou um Royal Television Society Award”.

Créditos no cinema incluem o personagem Carruthers, em “Sherlock Holmes: O Jogo de Sombras”, de Guy Ritchie, e o protagonista Konrad em “Secret Sharer”, do produtor vencedor do Oscar, Peter Fudakowski. Neste ano, ele fez o longa “Royal Night Out”, de Julian Jarrold, ao lado de Rupert Everett e Emily Watson.

Em 2007, Jack interpretou Roderick Usher em “A Máscara da Morte Vermelha”, da companhia Punchdrunk, no Battersea Arts Centre, em Londres. Com a Royal Shakespeare Company, no ano seguinte, ele fez Bassanio, em “O Mercador de Veneza”, de Tim Carroll; Biondello, em “A Megera Domada”; e Robert Hooke, pela Riot Group, do cofundador Adriano Shaplin, em “A Tragédia de Thomas Hobbes”, dirigido por Elizabeth Freestone.

Jack participou de várias temporadas no Shakespeare’s Globre Theatre: ele trabalhou com o diretor artístico Dominic Dromgoole em duas produções, fazendo quatro personagens em “A New World: A Life of Thomas Paine”, de Trevor Griffith, e Augusto em “Antônio e Cleópatra”; por duas temporadas, ele interpretou Bernardo de Claraval, na produção aclamada pela crítica, “In Extremis”, de Howard Benton; e na produção de Thea Sharrock de 2009, “As You Like It”, ele recebeu críticas excelentes e um Ian Charleson Award Commendation por sua performance como Orlando.

Ele realizou turnês internacionais com a Young Vic Theatre em duas grandes produções: “Sweet Nothings”, de Luc Bondy, em 2010, no qual ele fez o papel de Theodore; e, em 2011 interpretou The Other em “I am the Wind´”, a única produção em inglês de Patrice Chéreau até hoje.

Em 2013, no teatro Arcola, Jack interpretou Platonov na produção de Helena Kaut-Hausen, “Sons Without Fathers”. Outros créditos no teatro incluem: Romeu, em “Romeu e Julieta”; Carney, em “Biloxi Blues”; Julieta, em “Romeu e Julieta” e o papel principal de “Hamlet”.

WARREN BROWN (Neil MacKay)

O ator Warren Brown é um adepto da TV, melhor conhecido por seu papel em “Luther” como o sargento detetive Justin Ripley, na qual contracena ao lado de Idris Elba. A terceira e última temporada foi lançada neste ano para elogio da crítica e sucesso de audiência. O amor por essa série no Reino Unido e nos EUA é enorme e “Luther” ganhou vários prêmios ao longo de sua exibição, incluindo indicações recentes ao Critics Choice Television Award por Melhor Minissérie e Melhor Ator Coadjuvante para Warren.

Recentemente, Warren terminou as filmagens de “Captain Webb”, a história real de Captain Matthew Webb e sua viagem inaugural pelo Canal da Mancha em 1875, no qual ele interpreta o personagem principal. Webb foi a primeira pessoa a nadar com sucesso pelo Canal, com apenas um traje de banho de lã e algumas doses de conhaque. Outros membros do elenco incluem Steve Oram e Hannah Tointon.

Em 2013, Warren atuou em “By Any Means”, da BBC.  Ele fez o protagonista da série, que contava a história de uma unidade clandestina que vivia no limite e representava a elite criminal por conta própria, ficando entre a lei e a justiça. A série foi criada por Tony Jordan e produzida pela Red Planet Pictures (a mesma da série “O Golpe”).

O ano de 2012 foi fantástico para Warren, que estrelou em vários dramas televisivos de boa recepção da crítica, como “Good Cop”, na qual ele faz o papel principal de John Paul Rocksavage, um policial de Liverpool cuja vida é virada de cabeça para baixo quando seu melhor amigo é morto por uma gangue liderada por Stephen Graham. A série, que ganhou o prêmio de Best Drama no Royal Television Society Awards, foi escrita por Stephen Butchard, o mesmo de “Five Daughters”.

Além disso, Warren foi o personagem principal de “Homefront”, da ITV, pelo qual ele recebeu críticas excelentes. Ele também atuou ao lado de Stephen Mackintosh no drama da BBC, “Inside Men”. Warren teve, ainda, papéis importantes em outros sucessos televisivos como “Single Father”, “Criminal Justice”, “Occupation” (vencedor do BAFTA TV por Melhor Série Dramática), “Accused”, “Moving On” e “Dead Set”. 

DUSTIN MILLIGAN (Tom Cummings)

Dustin Milligan é um dos atores mais requisitados de Hollywood. Seu talento natural e sua energia lhe asseguraram rapidamente um lugar entre a nova geração de destaque de Hollywood.

Neste ano, Dustin foi visto em “A Casa dos Mortos”, da Dimension Films. Ele estrela ao lado de Maria Bello e Cody Horn sob direção de Will Cannon.  Dustin também estrela o filme independente “Sequoia”, ao lado de Aly Michalka. O longa recebeu aclamação crítica na sua estreia no festival South by Southwest.

Outro lançamento deste é ano é “Me Him Her”, produzido pela Big Beach, escrito e dirigido por Max Landis, no qual Dustin faz o papel principal ao lado de Emily Meade e Luke Bracey. “Me Him Her”.

Dustin também fez a animação “The Legend of Sarila”, com Christopher Plummer, e o filme canadense “No Clue”, com Brent Butt e Amy Smart. Dustin também foi protagonista do thriller “Shark Night 3D”, dirigido por David Ellis. Ele estrelou “Irmãs & Irmãos” e “Labirinto do Tempo”, exibidos no Festival de Toronto de 2011 e 2010, respectivamente, e dirigidos por Carl Bessai. Interpretou personagens memoráveis na comédia faroeste “Django Gunless”, estrelando ao lado de Paul Gross e Seinna Guillory, e na comédia “Maré de Azar”, do diretor Mike Judge, contracenando com Jason Bateman, Ben Affleck e Kristen Wiig.

Recentemente, Dustin e seu parceiro Aaron Brooks escreveram, produziram e estrelaram seu longa-metragem “Bad City”. Dustin Milligan nasceu e passou boa parte de sua infância na cidade de Yellowknife, nos Territórios do Noroeste, no extremo norte do Canadá.

CONNOR PRICE (Harry James)

A grande oportunidade de Connor Price veio com sua interpretação de Jay Braddock, o filho mais velho de Russell Crowe e Renee Zellweger no filme “A Luta pela Esperança” (2005), de Ron Howard. Mais recentemente, ele apareceu com frequência na série “Being Human”, após inúmeros papéis recorrentes, e como ator convidado em “Alphas”, “Saving Hope”, “Flashpoint”, “A Hora do Arrepio”, “Haven” e, anteriormente, em “O Vidente”, pelo qual ele venceu um Young Artists Award.

Outros créditos incluem os longas-metragens “Carrie, a Estranha”, “Maldita Sorte”, como o jovem Dane Cook, “Marcas da Violência”, dirigido por David Cronenberg e estrelado por Viggo Mortensen, e a adaptação para as telas de “O Anjo de Pedra”, com Ellen Burnstyn. 

X-Company_101_679_low

X-Company_101_395_low

HUGH DILLON (Duncan Sinclair)

A habilidade de Hugh Dillon em fazer interpretações honestas de personagens complicados tem sido seu cartão de visitas. Em 2007, o ator indicado a vários prêmios e vencedor do Gemini/CSA fez o papel principal da série sombria e cheia de reviravoltas “Durham County”, que o levou à sua grande chance como Ed Lane, em “Flashpoint”, da CBS/CTV. No início de 2013, Dillon se uniu ao elenco de “The Killing”, da AMC, como Francis Becker, ao lado de Peter Sarsgaard. Na mesma época, ele interpretou um misterioso CEO no drama policial de ficção científica da Showcase, “Continuum”. Em 2014, Hugh fez parte do elenco da série da DirecTV “Things You Shouldn’t Say Past Midnight”, baseada na peça de Peter Ackerman.

Hugh ganhou notoriedade através da banda de punk rock de sucesso no Canadá, The Headstones. Ele chamou a atenção do cineasta Bruce McDonald, que o escalou em “Dance Me Outside”. Depois, ele fez uma atuação elogiada pela crítica em “Hard Core Logo”, que foi distribuído pela empresa de Tarantino, Rolling Thunder. Em 2004, Debra Granik escolheu Hugh para contracenar com Vera Farmiga no filme vencedor do Festival de Sundance “Down do the Bone”.

Hugh voltou a estúdio com o The Headstones em grande estilo, para gravar o álbum “Love + Fury”. O single “longwaytoneverland”, lançado pela Universal Music em 2013, chegou ao primeiro lugar nas paradas de rock canadenses. O álbum estreou em sétimo lugar e se tornou o primeiro lançamento da banda a entrar no Top 10 do seu país. Ano passado saiu o sétimo disco da banda, “One in the Chamber Music”. 

LARA JEAN CHOROSTECKI (Krystina Breeland)

Nascida em Brampton, Ontário, no Canadá, Lara Jean Chorostecki descobriu seu amor pelo teatro aos oito anos após assistir a uma produção de “Os Miseráveis”. Iniciando sua carreira profissional na adolescência, no The Stratford Shakespeare Festival, ela foi a pessoa mais nova a ser aceita no Birmingham’s Conservatory for Classical Theatre em Stratford. Lara Jean se viu, então, em Londres, na Inglaterra, onde completou seu mestrado em Classical Acting na The Royal Central School of Speech and Drama.

Nomeada uma das treze Shining Stars do Canadá em 2014 pela Real Style Magazine, Lara Jean é conhecida por seus papéis em filmes e na TV, em séries muito aclamadas como “Hannibal”, da NBC, como a blogueira cruel e sensacionalista Freddie Lounds; a minissérie “Camelot”, da Starz/CBC; o longa-metragem de Brandon Cronenberg (filho de David Cronenberg) “Antiviral”; por seu papel principal em “Please Kill Mr. Know It All” (que foi indicada ao Canadian Comedy Award); pelo papel de Charlie em “Dan for Mayor”, da CTV (também indicada ao Canadian Comedian Award), e pelo drama policial irlandês passado em 1860, da BBC America, “Copper”, como Sybil O’Brien. Lara Jean também apareceu como convidada na série de sucesso da CW, “A Bela e a Fera”, em “Haven”, da SyFy”, em “Lost Girl”, da Showcase, “Republic of Doyle”, da CBC, “The Listener” e muito mais.

Sinopses de Episódios

Episódio 101 – “Piloto” 

SINOPSE: Duncan Sinclair, chefe do Camp X, utiliza todos os meios possíveis para convencer seu correspondente britânico que Alfred Graves, um jovem frágil com uma memória perfeita, daria um bom agente aliado. Enquanto isso, a primeira equipe de Sinclair já está atrás das linhas inimigas e descobriu um plano alemão para massacrar toda uma aldeia.

ATORES CONVIDADOS: François Arnaud, Torben Liebrecht, Elen Rhys, Honor Kneafsey

Episódio 102 – “Trial by Fire” 

SINOPSE: Ainda cru e longe de estar preparado, Alfred se junta à equipe em modo de avaliação. A missão é penetrar o quartel-general alemão e fazer com que Alfred memorize códigos que poderão dar aos britânicos pré-avisos de bombardeios e salvar milhares de vidas. Mas o aniversário de Hitler torna impossível o desdobramento planejado. E as habilidades persuasivas de Tom são testadas quando ele é encarregado de matar uma família francesa que descobriu a identidade da equipe.

ATORES CONVIDADOS: Sean O’Callaghan, Susannah Wise, Alex C. Nachi

Episódio 103 – “Kiss of Death” 

SINOPSE: Aurora e Tom entram disfarçados em um bordel francês frequentado pelos oficiais de alto escalão da SS. Enquanto isso, Alfred, Neil e Harry se unem à máfia local para tirar um físico atômico das mãos dos alemães. Quando Aurora fracassa em reencontrar o resto da equipe, eles descobrem que ela ficou para trás para enfrentar um lendário torturador nazista. 

ATORES CONVIDADOS: Maryam D’Abo, Torben Liebrecht, Francis Magee, Andreas Pietschmann

Episódio 104 – “Sixes and Sevens” 

SINOPSE:  A equipe é chamada de volta durante uma missão em curso para arquitetar a extradição de alto risco de um soldado aristocrático britânico. Quando eles procuram a ajuda de Hallie Duvernay, uma infame cantora de jazz, Alfred e Aurora são presos durante uma invasão e colocados atrás das grandes ao lado de Marcus, o trompetista de Duvernay. Marcus está sofrendo de uma abstinência de heroína, e a equipe precisa encontrar um jeito de tirá-lo da prisão antes que ele traia Hallie e o resto da equipe. Enquanto isso, Harry tem de lidar com as consequências perturbadoras de um bombardeiro aliado que foi desviado…

ATORES CONVIDADOS: Adrian Lukis, Ashley Charles, Karen Leblanc, Dwain Murphy, Clarence Smith

Episódio 105 – “Walk With the Devil” 

SINOPSE:  A impetuosa prefeita francesa Marie Bellaire é conhecida por colaborar com os nazistas. Por isso, quando ela decide, repentinamente, oferecer seus serviços aos aliados, Aurora começa, naturalmente, a suspeitar. Mas acontece que a prefeita está abalada, pois ela havia concordado em enviar as jovens mais promissoras da cidade para uma escola especial dirigida pelos alemães… E, agora, uma das meninas foi encontrada morta a tiros. Bellaire irá ajudar Neil, Harry e Tom a sabotar o trem carregado de torpedos submarinos se Aurora e Alfred descobrirem o que está realmente acontecendo dentro da fortemente protegida “escola” alemã. Os segredos internos são tão chocantes quanto a mensagem descoberta por Harry em uma bomba falsa…

ATORES CONVIDADOS: Juliet Stevenson, Bob Goody, Torben Liebrecht

Episódio 106 – “In Enemy Hands” 

SINOPSE: Harry está ferido, perdendo sangue e quase inconsciente após uma missão de sabotagem fracassada. A equipe o leva para uma casa de segurança, junto com Rolf, o operador de rádio alemão que tentou matá-lo. A cidade está repleta de oficiais da SS, e esse jovem soldado pode ser o único meio que eles têm para fugir. Uma enfermeira irlandesa coloca sua própria vida em risco para dar a Harry o atendimento de emergência de que ele precisa, e surge um vínculo entre os dois. Enquanto isso, Neil mantém o prisioneiro alemão sob vigia e a equipe se vê diante da dúvida cruel se pode ou não confiar nele o suficiente para deixar que os ajude a fugir. Uma reviravolta chocante relega a Neil uma decisão terrível, que irá mudar o modo como ele enxerga a guerra…

ATORES CONVIDADOS: Emily Taaffe, Rick Okon, Torben Liebrecht

Episódio 107 – “Quislings” 

SINOPSE:  Aurora e a equipe chegam a Paris e enfrentam difíceis ordens: eles terão de participar de uma Blitz que terá como alvo cidadãos culpados de colaborarem com os nazistas. Enquanto todos passam maus bocados com essa tarefa perturbadora, o alvo de Tom o leva para uma das primeiras testemunhas vivas de um lugar chamado “campo de concentração”. Ao mesmo tempo, Sinclair descobre que ele não tem mais a confiança de Londres e se indaga se seus dias no Camp X estão contados.

ATORES CONVIDADOS: Craig Parkinson, Jenny Seagrove, Torben Liebrecht

Episódio 108 – “Into the Fire”

SINOPSE:  A equipe luta para libertar uma vítima do Holocausto da Europa nazista, para que ele possa contar o que viu aos líderes ocidentais e ajudar os judeus. Enquanto isso, Tom e Neil tomam medidas extremas para salvar alguns cidadãos de um destino terrível. E Aurora enfrenta a decisão mais difícil de sua vida…

ATORES CONVIDADOS: Torben Liebrecht, Craig Parkinson, Emily Taaffe, Jenny Seagrove

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 8 setembro, 2015 19:22


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!