Canal Curta! lança “Bicicleta, Sim”, série sobre ciclismo e mobilidade urbana! Confira os destaques da programação

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 24 agosto, 2015 16:14

Canal Curta! lança “Bicicleta, Sim”, série sobre ciclismo e mobilidade urbana! Confira os destaques da programação

Dia 28, dentro da programação da Sexta da Sociedade, o Curta! estreia, às 20h, um programa de produção própria, o “Bicicleta, sim”. Criado e apresentado por Andréa Cals, curadora e jornalista do canal, em parceria com Pedro Duarte, a atração tem como objetivo incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte favorecendo a mobilidade urbana. A cada episódio um tema será abordado, entre eles: uso ou não do capacete; o Bike Anjo – programa que auxilia pessoas que não sabem pedalar; Bike Registrada – serviço de registro do chassi da bicicleta que facilita a localização em casos de roubo; o engajamento dos ciclistas nas redes sociais; dicas de compra de equipamentos e roupas adequadas; segurança e mecânica, entre outros. A proposta é oferecer dicas e serviços para quem já é ciclista ou para quem quer se tornar um deles.

Já a Segunda da Música, dia 24 de agosto, apresenta o documentário intitulado com uma célebre frase de Bezerra da Silva: “Onde a coruja dorme”, dirigido por Marcia Derraik e Simplicio Neto. O filme narra a vida do músico, que foi um dos grandes nomes do samba brasileiro na década de 80, durante a chamada “explosão do pagode”. Entre outras histórias, a produção mostra que o cantor entoou canções compostas por jovens de favelas cariocas e da Baixada Fluminense. Bezerra da Silva fez um verdadeiro trabalho de garimpagem, encontrando pedreiros, trocadores de ônibus, carteiros, técnicos de refrigeração e biscateiros em geral com talento nato para a música e capazes de fazer verdadeiras crônicas de um Rio de Janeiro pouco conhecido.

“Diego Velázquez – Realismo Selvagem”, de Karim Ainouz, é a atração da Terça das Artes, dia 25 de agosto. O filme retrata a trajetória do artista que ficou conhecido como retratista, adepto do realismo e um dos grandes nomes do movimento barroco, mas também traz à tona um outro ponto de vista sobre seu trabalho. O documentário evidencia o aspecto emocional que liga o legado de Velázquez e o público.

Adaptação dos livros “Máquina de Pinball” e “Vida de Gato”, de Clara Averbuck, o filme “Nome Próprio” vai ao ar no Curta!, na Quarta de Cinema, dia 26 de agosto, estrelado por Leandra Leal, Juliano Cazarré e Gustavo Machado. O drama conta a história de Camila (Leandra Leal), uma escritora de blog compulsiva que busca fazer da sua vida uma narrativa. Intensa, ela usa a literatura como seu meio de libertação, mas acaba se isolando cada vez mais em seu universo. Ainda dia 26, o “A Vida É Curta!” estreia “Walter Franco Muito Tudo”, documentário vencedor do Prêmio da TV Cultura na categoria Melhor Documentário Nacional do Festival É Tudo Verdade de 2000. O filme fala de maneira poética sobre o músico Walter Franco que, apesar de não ter se envolvido em movimentos culturais, sempre fez parte da vanguarda. O curta tem participações de Arnaldo Antunes, Augusto de Campos, Jards Macalé, Jorge Mautner, Leila Pinheiro, Marcelo Nova.

A Quinta do Pensamento, dia 27 de agosto, exibe “Sobre Sete Ondas Verdes Espumantes”, de Bruno Polidoro e Cacá Nazario. Uma homenagem ao poeta e dramaturgo Caio Fernando Abreu, o road movie visita cidades que têm ligação direta com a vida do escritor, como São Paulo, Amsterdã, Santiago, Berlim, Colônia, Paris, Londres e Porto Alegre. Enriquecem o material  trechos de suas obras e depoimentos de amigos como Maria Adelaide Amaral, Grace Gianoukas e Adriana Calcanhoto. No mesmo dia, a faixa Curta! Relâmpago traz “Haruo Ohara”, de Rodrigo Grota, que relata a vida e a obra do imigrante, agricultor e fotógrafo japonês Haruo Ohara (1909-1999).

A Sexta da Sociedade, 17, traz mais uma novidade para a programação do Curta!: “Marighella”. Com direção de Isa Grispum Ferraz, sua sobrinha, o longa busca traçar o perfil histórico e afetivo do autor de “Manuel do Guerrilheiro Urbano” e principal inimigo da ditadura brasileira. Entre outros fatos marcantes da vida do líder comunista, o documentário aborda as prisões e torturas sofridas por Carlos Marighella; também pintado como mulato, baiano, poeta, amante de samba, praia e futebol.

SEGUNDA DA MÚSICA

“Onde a Coruja Dorme” (documentário)

O cantor Bezerra da Silva tornou-se uma estrela nacional nos anos de 1980 durante a chamada “explosão do pagode”. Classificado inicialmente pela crítica como sambandido, sua música encantou o público brasileiro com crônicas cáusticas e extremamente bem humoradas sobre o cotidiano das favelas cariocas e da Baixada Fluminense. Poucos sabem o segredo do sucesso de Bezerra da Silva: sua equipe de compositores – pedreiros, trocadores de ônibus, carteiros, técnicos de refrigeração e biscateiros em geral. Sambistas genuínos escolhidos a dedo por Bezerra. Trabalhadores anônimos que cantam como ninguém o universo da malandragem carioca. Diretor: Simplício Neto e Márcia Derraik

Duração: 72 min. Ano: 2008
Exibição: 24 de agosto, segunda-feira, às 22h30min
Horários alternativos: Dia 25 de agosto, terça-feira, às 2h30m e às 16h30m / Dia 26 de agosto, quarta-feira, às 10h30m / Dia 29 de agosto, sábado, às 16h30m
Classificação: Livre

TERÇA DAS ARTES

“Diego Velázquez – Realismo Selvagem” (documentário)

O documentário traz um olhar pouco explorado sobre a obra de Diego Velázquez, artista que buscou incessantemente o realismo humano através do tratamento da luz e do espaço ao redor dos personagens de suas obras. O filme escapa de qualquer recurso didático e tenta recriar a ligação emocional entre o trabalho de Velázquez e o olhar do público.

Diretor: Karim Ainouz
Duração: 100 min. Ano: 2010
Exibição: 25 de agosto, terça-feira, às 23h
Horários alternativos: Dia 26 de agosto, quarta-feira, às 3h e às 17h / Dia 27 de agosto, quinta-feira, às 11h / Dia 30 de agosto, domingo, às 23h
Classificação: Livre

QUARTA DE CINEMA

A VIDA È CURTA! apresenta a estreia “Walter Franco Muito Tudo”, de Bel Bechara e Sandro Serpa, seguido de  “What are you looking for?” e “O Mundo é uma cabeça”.

O A Vida é Curta desta semana traz uma série de três curtas com temáticas musicais. A estreia fica por conta do documentário “Walter Franco Muito Tudo”, de Bel Bechara e Sandro Serpa, que retrata a vida do músico paulistano que dá nome ao filme. Em seguida, “What are you looking for?”, de Camila Gonzatto, mostra a reflexão de Philip Glass sobre a origem da música e das ideias que se transformam em cada nota de piano. Para encerrar, “O Mundo é Uma Cabeça”, de Claudio Barroso e Bidu Queiroz, conta a trajetória do movimento musical pernambucano Mangue Beat com entrevistas e músicas de Chico Science e Nação Zumbi, Fred 04 e Mundo Livre, Gilberto Gil, Otto, Ortinho, Siba e Mestre Ombrózio.

Estreia: 26 de agosto, quarta-feira, às 20h
Horários alternativos: Dia 27 de agosto, quinta-feira, à 0h e às 14h/ Dia 28 de agosto, sexta-feira, às 8h/ Dia 29 de agosto, sábado, às 6h

“Nome Próprio” (documentário)

Camila (Leandra Leal) tem a escrita como sua grande paixão. Intensa e corajosa, ela busca criar para si uma existência complexa o suficiente para que possa escrever sobre ela. Ela escreve compulsivamente em um blog, só que isto faz com que também fique isolada.

Diretor: Murilo Salles
Duração: 120 min. Ano: 2007
Exibição: 26 de agosto, quarta-feira, às 22h
Horários alternativos: Dia 27 de agosto, quinta-feira, às 2h e às 16h / Dia 28 de agosto, sexta-feira, às 10h / Dia 29 de agosto, sábado, às 22h

Classificação: 14 anos

QUINTA DO PENSAMENTO

“Sobre Sete Ondas Verdes Espumantes(documentário)
Um road movie poético construído através da vida e obra do escritor Caio Fernando Abreu. Santiago, Amsterdã, Berlim, Colônia, Paris, Londres, Porto Alegre, São Paulo. As cidades que testemunharam a vida breve do poeta, dramaturgo e escritor Caio Fernando Abreu (1948-1996) são revisitadas e recobertas agora de fragmentos de suas obras e lembranças de seus amigos, como Maria Adelaide Amaral, Grace Gianoukas e Adriana Calcanhoto.

Diretor: Bruno Polidoro e Cacá Nazario
Duração: 74 min Ano: 2013
Exibição: 27 de agosto, quinta-feira, às 22h30min
Horários alternativos: Dia 28 de agosto, sexta-feira, às 2h30m e às 16h30m / Dia 29 de agosto, sábado, às 10h30m / Dia 30 de agosto, domingo, às 21h30m
Classificação: Livre

SEXTA DA SOCIEDADE

“Bicicleta, sim”

Série do canal Curta! sobre ciclismo e mobilidade urbana. Idealizada e produzida por Andrea Cals, em parceria com Pedro Duarte, a faixa tem por objetivo apresentar dicas para quem já pedala e tirar dúvidas daqueles que desejam se aventurar pela primeira vez no mundo das bicis. Ao longo dos episódios, são abordados temas como o uso obrigatório ou não do capacete, programas que auxiliam pessoas que nunca subiram numa magrela, o engajamento dos ciclistas nas redes sociais e o serviço de registro do chassi da bicicleta que facilita a localização em casos de roubo, o Bike Registrada.

Produção e concepção: Andrea Cals
Edição e animação: Pedro Duarte
Duração: 3min15 Ano: 2015
Exibição: 28 de agosto, quinta-feira, às 20h
Classificação: Livre

Curta! Relâmpago “Haruo Ohara” (documentário)

A vida e a obra do imigrante, agricultor e fotógrafo japonês Haruo Ohara (1909-1999).

Diretor: Rodrigo Grota
Duração: 16 min. Ano: 2010
Exibição: 28 de agosto, sexta-feira, às 21h10min
Horários alternativos: Dia 29 de agosto, sábado, às 18h30m / Dia 31 de agosto, segunda-feira, às 14h40m / Dia 1 de setembro, segunda-feira, às 8h40m
Classificação: Livre

“Marighella” (documentário)

Líder comunista, vítima de prisões e tortura, parlamentar, autor do mundialmente traduzido “Manual do Guerrilheiro Urbano”, Carlos Marighella atuou nos principais acontecimentos políticos do Brasil entre os anos 1930 e 1969, e foi considerado o inimigo número 1 da ditadura militar brasileira. Mas quem foi esse homem, mulato baiano, poeta, sedutor, amante de samba, praia e futebol, cujo nome foi por décadas impublicável? O filme, dirigido por sua sobrinha, é uma construção histórica e afetiva desse homem que dedicou sua vida a pensar o Brasil e a transformá-lo através de sua ação.

Diretor: Isa Grinspum Ferraz
Duração: 100 min. Ano: 2011
Exibição: 28 de agosto, sexta-feira, às 21h30min
Horários alternativos: Dia 29 de agosto, sábado, às 1h30m / Dia 30 de agosto, domingo, às 10h / Dia 31 de agosto, segunda-feira, às 15h / Dia 01 de setembro, terça-feira, às 9h
Classificação: 10 anos

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 24 agosto, 2015 16:14


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!