Fundação Clóvis Salgado anuncia filmes selecionados para a 17ª edição do FESTCURTASBH

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 6 agosto, 2015 13:41

Fundação Clóvis Salgado anuncia filmes selecionados para a 17ª edição do FESTCURTASBH

Em setembro, o público poderá conferir os 114 trabalhos nacionais e internacionais selecionados para a 17ª edição do Festival Internacional de Curtas Metragens de Belo Horizonte, o FESTCURTASBH.  A tradicional mostra de filmes de curtas-metragens já se firmou como um dos eventos mais importantes de difusão e promoção da produção cinematográfica mundial em Minas Gerais. O 17º FESTCURTASBH, que acontecerá no Cine Humberto Mauro e em vários espaços do Palácio das Artes, recebeu um total de 2.057 inscrições, de 94 países. A programação será composta pelas Mostras Competitivas InternacionalBrasil e Minas, além de Mostras Paralelas e Especiais. O Festival prevê a concessão de prêmios pelo Júri oficial e pelo Júri popular.

Mostra Competitiva Internacional conta com 15 participantes selecionados de países como Itália, Bélgica, França, Alemanha, Holanda e Estados Unidos, entre outros. Já a c Mostra Competitiva Brasil reúne 20 projetos de cineastas de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul, Distrito Federal e Minas Gerais, além de uma forte representatividade do nordeste, com filmes de Pernambuco, Ceará, Maranhão e Paraíba. A produção audiovisual de Minas Gerais tem categoria própria. Na Mostra Competitiva Minas, há 8 projetos concorrendo aos prêmios. Ao todo, 43 filmes concorrem nas três Competitivas do Festival.

Durante o FESTCURTASBH também serão realizadas cinco mostras paralelas, com filmes selecionados pela própria curadoria do Festival. Ao todo, serão 53 filmes nas mostras: Animação, Infantil, Juventude, Maldita, Movimentos de Mundo e Visualidades. O Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte visa difundir a produção de filmes em curtas-metragens, além de contribuir para reflexões sobre questões da contemporaneidade, presentes nos trabalhos apresentados.

Confira a lista completa dos projetos selecionados:

  • COMPETITIVA INTERNACIONAL

1 Part 7, de Reynold Reynolds, 6’, Itália
Aissa, de Clément Tréhin-lalanne, 8’, França
Animal on est mal, de Sophie Bruneau, 12’, Bélgica
Beep, de Kyungman Kim, 10’, Coréia do Sul
Jay parmi les hommes, de Zeno Graton, 28’, Bélgica
Kiyumi no Momoko  Sayuru no Ryoka, de Satoru Sugita, 27’, Japão
La bambina, de Ali Asgari, 16’, Itália/Irã
La Douzaine, de Marine Riou, 11’, França
Lucretia, de Benjamin Hassmann, 7’, Alemanha
Scheinkraft, de Philip Widmann, 15’, Alemanha
Shipwreck, de Morgan Knibbe, 15’, Holanda
The Tin Hat, de Giuseppe Boccassini, 15’, Italia
Tim, de Camille Rosset, 19’, França
Unterwegs mit Maxim Gorkiy, de Bernd Lützeler & Kolja Kunt, 11’, Alemanha
Wayward Fronds, de Fern Silva ,13’, EUA 

  • COMPETITIVA BRASIL

23 de Agosto, de Johnnas Oliva, 5’, SP
A boneca e o silêncio, de Carol Rodrigues, 19’, SP
A festa e os cães, de Leonardo Mouramateus, 25’, CE
À festa. À guerra, de Humberto Carrão Sinoti, 18’, RJ
A última das minas, de Rafael Urban e Larissa Figueiredo, 25’, PR
Aqueles que ficam, de Arthur Lins, 24’, PB
Atotô, de Bruno Laet, 16’, RJ
Bruno, de Felipe Chimicatti e Pedro Carvalho, 25’, MG
Como era gostoso meu cafuçu, de Rodrigo Almeida, 15’, PE
Estátua!, de Gabriela Amaral Almeida, 25’, SP
História de Abraim, de Otavio Cury, 12’, RR
História Natural, de Julio Cavani, 13’, PE
Intervenção, de Pedro Maia de Brito, 4’, PE
Macapá, de Marcos Ponts, 8’, MA
Meio fio, de Denise Vieira,  20’, DF
O Corpo, de Lucas Cassales, 16’, RS
O Rei, de Larissa Figueiredo, 25’, PR
Outubro Acabou, de Karen Akerman e Miguel Seabra Lopes, 24’, RJ
Tarântula, de Alysson Muritiba e Marja Calafange, 20’, PR
Um dia, de Angelo Defanti, 20’, RJ

  • COMPETITIVA MINAS

2132 km, de Haendel Mello & Stephanie Romualdo, 20’, BH
Como são cruéis os pássaros da alvorada, de João Toledo, 21’, BH
Digitaria ex Machina, de Gabriel Sanna Castello Branco, 23’, BH
Nossa casa – Guarani-Kaiowá, de Mariana Fagundes, 25’, BH
O Grande Vencedor, de Thiago Taves Sobreiro, 23’, BH
Oxalá e a Criação do Mundo, de Denis Leroy, 7’, BH
Resguardo, de Francisco Franco, 22’, JF
Subsolos, de Simone Cortezão, 33’, BH

  • ANIMAÇÃO

Automatic Fitness, de Alejandra Tomei & Alberto Couceiro, 20’, Alemanha
Balcony at the End of the World, de Leo Liesvirta, Marika Laine, Markus Lepistö, Tommi Mustaniemi, 8’, Finlândia
Cairo 52, de Dominique Birrer, 5’, Suiça
Chase Me, de Gilles-alexandre Deschaud, 3’, França
Derniere porte au Sud, de Sacha Feiner, 14’, Bélgica
Druciane oprawki, de Bartosz Kedzierski, 13’, Polônia
Elu Herman, de H. Rott’iga, Chintis Lundgren, 11’, Estônia
Funeral, de Alejandro Bonilla, 6’, Costa Rica
Kreatury, de Tessa Moult-Milewska, 10’, Polônia
Lato 2014, de Wojciech Sobczyk, 12’, Polônia
Oh Wal, de Joana Locher, 6’, Suiça
Oma, de Karolien Raeymaekers, 8’, Bélgica
The Voice Over, de Dadomani Studio, 3’, Itália
Viaje a pies, de Khris Cembe, 15’, Espanha
Viaje a pies, de Khris Cembe, 15’, Espanha

  • INFANTIL

A Single Life, de Job Roggeveen, Joris Oprins & Marieke Blaauw, 2’, Holanda
Buoyant (L’envol), de Hajime Kimura, 4’, França
Corpus, de Marc Hericher, 4’, França
Lune et le Loup, de Leroux Toma & Patrick Delage, 6’, França
Minoule, de Nicolas Bianco-Levrin, 4’, França
My Hidden Watcher, de Ka Yin Lee, 5’, China
Nebula, de Camille Andre, Marion Bulot, Clément Doranlo& Myriam Fourati, 3’, França
O Melhor som do Mundo, de Pedro Paulo de Andrade, 13’, SP/ Brasil
Panapanã, de Iezu Kaeru, 5’, PE/ Brasil
Perfect Houseguest, de Ru Kuwahata & Max Porter, 2’,   EUA
Sansão, de David de Azevedo Miranda, 15’, MG/ Brasil
Um Dia Sem Gravidade, de Julio Secchin, 9’, RJ/ Brasil
Wand’s Wander, de Nadya Mira, 4’, França

  • JUVENTUDE

Ararat, de Camila Freitas, Lucas Parente e Juruna Mallon, 14’, RJ/ Brasil
De terça pra quarta, de Victor Costa Lopes, 14’, CE/ Brasil
El viaje Glauber, de Fermín Sales, 22’, Espanha
Gleichgewicht, de Bernhard Wenger, 5’, Áustria
If Mama Ain’t Happy, Nobody’s Happy, de Mea de Jong  , 25’, Holanda
Meat Is Murder, de Stéphane Elmadjian & Elodie Desprès, 10’, França
Mine de Rien, de Grzegorz Jaroszuk, 17’, França
On n’est pas ici pour être mortvivant, de Régine Boichat, 15’, Suiça
Printemps, de Jérôme von Zilw, 27’, França
Proba de Axilidade, de Jaione Camborda, 4’, Espanha
Ricsi, de Gábor Hörcher, 16’, Hungria
Tosie, de Juan Augusto Hendel, 28’, Argentina

  • MALDITA

Luzcia, a dona do boteco, de Paulo Delfini, 14’, SP/Brasil
Repolho, de Alexander Buck, 8’, ES/Brasil

  • MOVIMENTOS DE MUNDO

A outra margem, de Nathália Tereza, 26’, MS/ Brasil
Den Pobedy, de Sergey Vinokurov, 30’, Rússia
El Damassa, de Simon Serna, 13’, França
Flying phosphorus and shooting stars, de Akiko Okumera, 15’, França
Hide and Seek, de David Muñoz, 23’, Espanha
Pan Zhog, de Hsin-wei Chen, 33’, Taiwan
The Bicknell, de Genevieve Bicknell, 17’, Escócia

  • VISUALIDADES

Fugue, de Kerstin Schroedinger, 8’, Canadá
Peau, de Marine Koenig, 12’, Bélgica
Planet ∑, de Momoko Seto, 12’, França
Quimtai, de Camilo Colmenares , 6’, Alemanha
The Kiss, de Luis Macías  , 9’, Espanha
Woman without Mandolin, de Fabiano Mixo, 5’, Alemanha

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 6 agosto, 2015 13:41


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!