Live Cinema começa dia 6 de agosto com performance audiovisual na fachada do Oi Futuro

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 5 agosto, 2015 11:36

Live Cinema começa dia 6 de agosto com performance audiovisual na fachada do Oi Futuro

Com patrocínio da Oi e da Riofilme, apoio cultural do Oi Futuro, a 9º edição do Live Cinema exibe as tendências do audiovisual em tempo real e apresenta “Lumière II” – performance  com lasers e som do artista alemão Robert Henke pela primeira vez no Rio de Janeiro. 

Em sua nona edição, o Live Cinema volta a ocupar o Cinema Odeon – onde estreou em 2007 – e realiza projeções no prédio e performances no teatro do Oi Futuro em Ipanema, além de promover uma palestra com o artista Robert Henke no Parque Lage, onde interessados em arte e tecnologia conhecerão o processo criativo de um dos mais renomados artistas do audiovisual da atualidade.Com curadoria de Marcia Derraik e Luiz Duva, o evento, que acontece de 6 a 9 de agosto, se mantém fiel ao propósito de expandir as fronteiras das tecnologias, dos meios e das artes, e expandir as experiências audiovisuais em tempo real.

Nona Edição do Live Cinema-2015-RobertHenke_by_AndreasGockel

Em primeira apresentação no Brasil, Henke combina lasers de alta potência com efeitos sonoros

Esta é a primeira visita do engenheiro, compositor e produtor musical Robert Henke ao Rio de Janeiro. A Live Cinema 2015 exibe a mais recente obra de Henke: “Lumière II”, uma performance criada em 2013, inédita na América do Sul, que utiliza lasers de alta potência para desenhar rápidas sequências de formas e pontos interligados no espaço. Na sala de cinema do Odeon, estas sequências serão sincronizadas com efeitos sonoros.

Henke iniciou a turnê de “Lumière” no Festival Unsound, na Cracóvia. Depois dessa apresentação, fez uma série de alterações na obra, que incluiu a decisão de sair do palco e deixar apenas os lasers atuarem. Em 2014, “Lumière” esteve na programação de festivais na Europa, EUA, Canadá e Japão, e em instituições culturais como o Barbican Centre em Londres, o Centro de Arte Contemporânea em Vilnius, na Lituânia, e o Teatro Dei Rinnovati, em Siena, na Itália.

“Henke talvez seja o artista contemporâneo que melhor transita entre o passado, o presente e o futuro do audiovisual ao vivo, prestando reverência à tradição histórica do Visual Music, da arte generativa e da música eletrônica, da qual ele é referência com o seu grupo o Monolake e o software Ableton Live, do qual ele é um dos criadores”, explica Luiz Duva. “É a potência do audiovisual ao vivo sob a maestria de um grande artista”.

O Live Cinema também vai destacar o trabalho dos documentaristas Simplicio Neto e Emilio Domingos, que vão remixar seus filmes – respectivamente, “Carioca era um Rio” e “Deixa na Régua”.  “Ambos transitam entre o cinema e projeções em tempo real e ao convidá-los”, lembra Marcia Derraik. “Estamos dando oportunidade para eles juntarem as duas técnicas e com isso expandirem o espaço fora da tela, literalmente, ocupando todo o ambiente de exibição com personagens dos filmes, com DJ e a banda que compôs a trilha sonora”.

A abertura,no dia 6, terá a já tradicional projeção na fachada do Oi Futuro em Ipanema, comandada pelos cariocas Daniel Limaverde e Antonio Hofmeister. Os dois são amigos de longa data, e chegaram a dirigir e escrever um filme interativo durante a residência artística que fizeram no Museu de Imagem do Som em 2013, em São Paulo. Antonio é responsável pelos visuais e Daniel, pela sonoridade.

“Tecnologia nunca foi tanto uma questão de escolha: fazemos parte da geração que cresceu com computadores em casa, foi natural acabarmos sendo artistas do meio digital. Uma das coisas interessantes no Live CInema é entrar no campo de criar algo realmente novo, como uma obra de tempo real. Acho que no futuro isso vai ser uma prática comum, vamos estar caminhando na rua ou em museus compostos só com obras de arte interativas em tempo real, mas no momento estamos só no começo” relata Daniel Limaverde.

Na apresentação, os dois dão os primeiros passos nessa direção e vão utilizar sensores de profundidade que captam a imagem dos corpos do público presente, sendo processados e projetados na empena em sincronia com a música. “A apresentação vai ter uma narrativa e um conceito mais amarrado, que a cada dia está indo mais fundo. Ainda queremos deixar abstrato o suficiente para que as pessoas dêem sua própria interpretação. Acho que essa é a graça de trabalhar com audiovisual dessa forma, as sensações dominam mais que a mensagem, se você souber fazer direito”, adianta Antonio.

PROGRAMAÇÃO

DIA 6 / Fachada do Oi Futuro em Ipanema / de 20h às 21h 

DANIEL LIMAVERDE E ANTONIO HOFMEISTER EM “ 01+ 01 = 01” 

Produtor musical, compositor e artista sonoro, Daniel Limaverde se une ao programador digital e cineasta Antonio Hofmeister para a montagem do inédito projeto para a mLC. No ano passado, Daniel foi escolhido entre 6 mil candidatos de 110 países para participar do Red Bull Music Academy, em Tóquio, no Japão, e a partir de então vem realizando diversas trilhas para comerciais, incluindo marcas como Google, Lancôme e Coca-Cola. Antonio trabalha atualmente na empresa SuperUber, no Rio de Janeiro, e realizou trabalhos para a ONU, TED e Intel. A sua performance é uma representação abstrata da “reconstrução” de dados, que são gerados ao vivo, utilizando-se sensores de movimento e sets de imagem e som que conversam entre si, mas são também independentes.

DIA 7 / Teatro Oi Futuro em Ipanema / de 20h às 21h

EMILIO DOMINGOS EM “DEIXA NA RÉGUA – REMIX” 

Dois barbeiros cortarão cabelos enquanto projeções são exibidas ao fundo. A trilha será do DJ Vinimax, um dos mais renomados no mundo funk e que fez a trilha sonora do filme anterior de Emílio Domingos, “A Batalha do Passinho”. 

VJ SIMPLA + NEFELIBATAS E O FILME “ CARIOCA ERA UM RIO” LIVE REMIX 

Uma performance multimeios em que o diretor e roteirista Simplicio Neto encarna seus alteregos, o DJ SIMPLA, da Dínamo, e o VJ Simpla, da PHUNK!, para fazer um remix audiovisual em tempo real de seu premiado documentário “Carioca era Um Rio”.  Reeditando, redublando, ressonorizando e refazendo a trilha, Simplicio é acompanhado por músicos da Banda FILME, criadora da trilha sonora original, e Os Nefelibatas, seu grupo atual, em que atua como cantor e compositor.

DIA 8 / Cinema Odeon / de 20h30 às 22h

ROBERT HENKE EM LUMIÉRE II 

Formas geométricas perfeitas contrastam com estruturas orgânicas flutuantes – os sinais arcaicos de linguagem de uma cultura alienígena que se comunica através de feixes de luz. “Lumière II” explora os limites do que pode ser feito com lasers, expandindo suas possibilidades ao extremo, e com isso cria imagens jamais vistas, de intensa luminosidade ou quase completa escuridão, puro branco ou cores impossíveis de alcançar no vídeo, formas e movimentos que oscilam entre a extravagância e a elegância. Nascido em Munique em 1969, Henke trabalha nas áreas de audiovisual, instalação, música e performance e vive atualmente em Berlim. Os sons e imagens são gerados por computador a partir de gravações de campo, fotografia e luz, que são rearranjadas e moduladas por regras matemáticas em tempo real. Henke é um dos principais criadores do software de música Ableton Live, que desde a sua invenção, em 1999, tornou-se a ferramenta padrão para a produção de música eletrônica e redefiniu completamente a prática e seu desempenho. Suas instalações, performances e concertos foram apresentadas na Tate Modern, em Londres, no Centro Pompidou, em Paris, na Ps-1, em Nova York, e em Viena.

SERVIÇO

LIVE CINEMA 2015
Dia 6 de agosto, no Oi Futuro em Ipanema
Horário: 20h às 21h
Endereço: Rua Visconde de Pirajá, 54
Entrada: Grátis

Dia 7 de agosto, no Oi Futuro em Ipanema
Horário: 20h às 21h
Endereço: Rua Visconde de Pirajá 54
Entrada: R$20 (inteira) e R$10 (meia-entrada)
Capacidade: 100 lugares

Dia 8 de agosto, no Cinema Odeon
Horário: 21h às 22h
Endereço: Praça Floriano 7 – Cinelândia
Entrada: R$20 (inteira) e R$10 (meia-entrada)
Capacidade: 548 lugares

Dia 9 de agosto, no EAV Parque Lage  (Palestra com Robert Henke)
Tema: O processo criativo de Lumière II
Horário: 10h às 12h
Entrada: Grátis
Capacidade: 160 lugares (incluindo uma sala com tradução simultânea)

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 5 agosto, 2015 11:36


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!