Primeiro longa de Aly Muritiba, PARA MINHA AMADA MORTA selecionado para o 48º FESTIVAL DE BRASILIA DO CINEMA BRASILEIRO

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 28 julho, 2015 12:53

“PARA MINHA AMADA MORTA” de Aly Muritiba, é um dos 6 longas-metragens que integram a competição oficial do 48º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.  O tradicional Festival ocorre entre 15 e 22 de setembro de 2015 e tem em sua programação filmes de curtas, longas e média metragens. A programação de curtas traz outro filme de Aly, “TARANTULA”, que ele dirigiu em parceria com Marja Calafange.

PARA MINHA AMADA MORTA-28Julho2015

PARA MINHA AMADA MORTA-28Julho2015-00

“PARA MINHA AMADA MORTA” também foi selecionado para o Festival du Film de Montreal , que acontece de 27 de agosto a 7 de setembro de 2015.

O longa tem previsão de estreia no circuito comercial em março de 2016 e será distribuído pela Vitrine Filmes.

Fernando é um bom homem que cuida do seu filho único, Daniel, um menino tímido e sensível. Depois da morte de Ana, sua esposa, todas as noites Fernando recorda o seu amor, arrumando as coisas de sua amada morta. Um dia ele encontra uma fita VHS, que mudará tudo.

Sobre o diretor:

Aly Muritiba

Roteirista, produtor e diretor cinematográfico, Muritiba já dirigiu 8 curtas metragens, um tele filme e um longa metragem coletivo, com os quais já conquistou mais de 100 prêmios em festivais de cinema. Suas principais realizações são os curtas A Fábrica (vencedor de mais 60 prêmios em festivais nacionais e internacionais, nominado ao OSCAR 2013), Pátio (vencedor do É Tudo Verdade, e selecionado para a Semana da Crítica do Festival de Cannes), A Gente (vencedor do DOK Leipzig 2013) e Tarântula (selecionado para mostra competitiva do festival de Veneza em 2015).

Seu roteiro de longa metragem Para minha amada morta ganhou o Global Filmaking Award do Sundance Institut em 2013.

Além de realizador, Aly Muritiba é um dos idealizadores e diretores artísticos do OLHAR DE CINEMA, Festival Internacional de Curitiba. Confira abaixo a filmografia do diretor:

2015    PARA MINHA AMADA MORTA (longa metragem)
2015    PARQUE PESADELO (curta metragem)
2015    TARÂNTULA (curta metragem)
2014    BRASIL (curta metragem)
2013    A GENTE (documentário)
2013    PÁTIO (curta metragem)
2011    CIRCULAR (longa metragem coletivo)
2011   A FÁBRICA (curta metragem)
2010   REMINISCÊNCIA (curta metragem)
2008   COM AS PRÓPRIAS MÃOS (curta metragem)

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 28 julho, 2015 12:53


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Brincando com Fogo

Facebook

Reino Gelado e a terra dos espelhos