Polysom relança primeiro álbum de Sérgio Sampaio

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 28 julho, 2015 12:05

Incluído entre os chamados ‘malditos’ da MPB, pela ousadia musical e poética, Sérgio Sampaio ganhou rápida notoriedade com a música “Eu Quero É Botar Meu Bloco na Rua”, lançada em plena ditadura, que virou um dos maiores sucessos da época. Um ano depois, em 1973, a faixa foi escolhida para nomear seu álbum de estreia. Esse registro raríssimo volta às prateleiras no começo de agosto, em vinil de 180 gramas, pela coleção “Clássicos em Vinil”, da Polysom.

O álbum foi produzido por seu ‘descobridor’, Raul Seixas, que Sérgio homenageia na última faixa, “Raulzito Seixas”. Além de ter esse grande nome na produção, ele foi acompanhado por músicos notórios, como José Roberto Bertrami, Alexandre Malheiros, Ivan Conti, Renato Piau e Wilson das Neves. O disco é composto por 12 faixas, todas de sua autoria, com exceção de “Cala a Boca, Zé Bedeu”, escrita por seu pai, o maestro Raul G. Sampaio. Além da faixa título, ainda estão no LP “Odete”, “Viagem de Trem”, “Filme de Terror” e “Eu Sou Aquele que Disse”, entre outras.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 28 julho, 2015 12:05


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!