Oi Futuro apresenta “2.500 por hora”, que conta a história do teatro em 60 minutos

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 6 julho, 2015 10:03

O espetáculo “2.500 por hora”, dirigido por Moacir Chaves, estreia no dia 2 de julho, no Oi Futuro no Flamengo.  A peça homenageia as artes cênicas com texto adaptado de Jacques Livchine, diretor do Théâtre de l’Unité, grupo fundado em 1968 e sediado em Audincourt, na França. Com texto que reúne cenas de Pirandello, Tchecov, Molière, Feydeau, Eurípides, Shakespeare, Brecht, Beckett e Goethe, entre outros, a peça também faz alusões a diretores, movimentos teatrais, atores, grupos de teatro, pesquisadores e críticos. A encenação também inclui cenas de autores brasileiros, como Nelson Rodrigues e Martins Pena, assim como algumas referências da história do teatro, como Antonin Artaud e João Caetano.

O espetáculo propõe contar, em pouco mais de 1 hora, parte da história de 2.500 anos de teatro, de forma bem-humorada. “Desta forma, pretendemos refrescar a memória de uns, aprofundar o conhecimento de outros e apresentar o universo do teatro a muitos”, comenta a atriz Monica Biel, que também assina a tradução e a adaptação do texto.

Também fazem parte do elenco Claudio Gabriel, Henrique Juliano, Júlia Marini e Joelson Medeiros. A peça conta ainda com Miguel Mendes e Tomás Correia, que, além de executarem a música ao vivo, assinam a direção musical. O figurino é de Inês Salgado, o cenário, de Sérgio Marimba, e a iluminação, de Aurélio de Simoni.

A direção de “2.500 por hora” é de Moacir Chaves, ganhador de vários prêmios, dentre os quais o Prêmio Shell pelo projeto de ocupação do Teatro Maria Clara Machado. Moacir também dirigiu espetáculos premiados e com dramaturgia e encenação não convencionais, como “Bugiaria”; “A Lua Vem da Ásia”, “A Negra Felicidade”, “Sermão da Quarta-feira de Cinzas”, baseado na obra do padre Antônio Vieira; “Inutilezas”, com poemas de Manoel de Barros, e “Utopia”, de Thomas More, entre outros.

Com patrocínio da Oi e da Secretaria Municipal de Cultura/Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, apoio cultural do Oi Futuro e realização da BB Produções Artísticas Ltda, “2.500 por hora” fica em cartaz no Oi Futuro no Flamengo até o dia 30 de agosto, de  quinta a domingo às 20h.

SERVIÇO
“2.500 por hora”
Temporada: 2 de Julho a 30 de Agosto. Quinta a Domingo às 20 h.
Local: Teatro Oi Futuro Flamengo
Endereço: Rua Dois de Dezembro 63, Flamengo
tel. 21 3131-3060
Lotação do teatro: 63 pessoas
Ingressos: R$ 20,00 (inteira)
Classificação indicativa: 12 anos
Duração: 80 minutos

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.
Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 6 julho, 2015 10:03


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*