Programa Brasil de Todas as Telas anuncia novos projetos de longas-metragens e de série de TV que receberão apoio

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 19 junho, 2015 10:31

Programa Brasil de Todas as Telas anuncia novos projetos de longas-metragens e de série de TV que receberão apoio

 

A ANCINE e o Banco Regional de Desenvolvimento Econômico do Extremo Sul (BRDE) anunciaram nesta quinta-feira, 18 de junho, uma nova lista de projetos contemplados em duas chamadas públicas de fluxo contínuo do Programa Brasil de Todas as Telas. O investimento total nesta operação é de R$ 4.404.693, em recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), para quatro longas-metragens e uma série de TV.

Pela Chamada Pública PRODECINE 02/2013, na qual empresas distribuidoras demandam apoio à produção de longas-metragens, foram selecionados dois projetos apresentados pela Elo Company (“Rio Santos”, drama de Klaus Miteldorf; e “Damas do Samba”, documentário de Suzanna Lira), um projeto apresentado pela Paris Filmes (“Depois dos 40”, comédia de Luiz Fernando Villaça), e um projeto da Tucuman (o documentário “Codinome Clemente”, de Isa Albuquerque.

Já por meio da linha que apoia a produção de obras destinadas à veiculação nas TVs aberta e por assinatura, a PRODAV 01/2013, o projeto “Homo Brasilis”, da produtora Giros Interativa, com direção de Belisário Franca, foi selecionado para receber um aporte de pouco mais de R$ 605 mil. A série documental tem exibição inicial prevista para o canal Arte 1.

Confira abaixo as fichas técnicas dos novos projetos contemplados pelo Programa Brasil de Todas as Telas:

PRODECINE 02/2013

Projeto: “Rio Santos”
Proponente/Distribuidora: Elo Company (SP)
Produtora: Coração da Selva Transmídia (SP)
Direção: Klaus Miteldorf
Roteiro: Nina Crintz
Valor investido pelo FSA: R$ 1 milhão
Sinopse: Ao longo da estrada Rio-Santos, três pessoas tem seus destinos cruzados de maneira definitiva. Ofélia, uma jovem fotógrafa de 20 anos, acredita ter descoberto quem é seu pai, e decide ir em busca dele. Tedesco, um artista plástico internacionalmente famoso, recebe uma carta de Ofélia, a filha que ele não sabia que existia. Surpreso e encantado com a possibilidade da paternidade tardia, mas ao mesmo tempo desconfiado do surgimento inesperado daquela garota, ele pede que Smutter a siga, enquanto tenta decidir o que fazer em relação à ela.

Projeto: “Damas do Samba”
Proponente/Distribuidora: Elo Company (SP)
Produtora: Modo Operante Produções Culturais (RJ)
Direção e Roteiro: Suzanna Lira
Valor investido pelo FSA: R$ 300 mil
Sinopse: O documentário apresenta uma visão ampla da participação da mulher dentro dessa cultura predominantemente masculina, sob os aspectos culturais, sociais, artísticos e midiáticos. Para isso reverencia muitas mulheres anônimas e também as grandes damas que marcaram seus nomes neste panteão: Tia Ciata, Clementina de Jesus, Clara Nunes, Beth Carvalho, Leci Brandão, Dona Ivone Lara, entre tantas outras que ainda hoje fazem do samba a maior manifestação cultural brasileira.

Projeto: “Depois dos 40”
Proponente/Distribuidora: Paris Filmes (SP)
Produtora: Bossa Nova (SP)
Direção e Roteiro: Luiz Fernando Villaça
Valor investido pelo FSA: R$ 2 milhões
Sinopse: Comédia dramática sobre os dilemas e comportamentos do homem moderno. Os quatro protagonistas – Marcola, Alexandre, Pedro e Ivan – são amigos de infância que, por estarem próximos da meia-idade, possuem diversos dilemas e inseguranças. O reencontro deles, há muito distantes, se dá a partir do convite de um jornal. A pauta proposta é a reencenação de uma foto histórica da abertura do metrô de São Paulo nos anos 70, que teve os quatro amigos como personagens.

Projeto: “Codinome Clemente”
Proponente/Distribuidora: Tucuman (RJ)
Produtora: Iris Cinematográfica (RJ)
Direção e Roteiro: Isa Albuquerque
Valor investido pelo FSA: R$ 499.487,00
Sinopse: O documentário vem contar a trajetória de Carlos Eugênio Paz, um dos principais chefes militares da organização revolucionária ALN (Ação Libertadora Nacional), dirigida por Carlos Marighella, que tinha como objetivo derrubar a ditadura militar através da estratégia de guerrilhas e caminhar para a construção do socialismo. Sobrevivente da época, Carlos Eugenio Paz revela os bastidores da guerrilha, com todas as suas contradições.

PRODAV 01/2013

Projeto: “Homo Brasilis”
Proponente/Produtora: Giros Interativa (RJ)
Programadora/Emissora: Arte 1
Direção: Belisário Franca
Roteiro: Bianca Lenti
Valor investido pelo FSA: R$ 605.206,20
Sinopse: A série mergulha no imaginário de ícones do nosso tempo, mapeando a composição de suas mentes criativas. Guiado pela narração irreverente de uma personalidade próxima ao homenageado, cada episódio de 26 minutos é uma biografia intimista de um personagem que se destacou em sua respectiva área. Partindo do conceito de antropofagia enquanto manifestação cultural, a série valoriza personagens cuja estratégia criativa assimilou tradição e miscigenação brasileiras e resultou em inovação.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 19 junho, 2015 10:31


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Aprendiz de Espiã

Facebook