Divulgados os filmes selecionados para o Programa Encontros com o Cinema Brasileiro com os festivais de Locarno e San Sebastián

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 1 junho, 2015 12:46

Divulgados os filmes selecionados para o Programa Encontros com o Cinema Brasileiro com os festivais de Locarno e San Sebastián

A ANCINE divulgou nesta sexta-feira, 29 de maio, as listas de filmes selecionados pelos curadores Sergio Fant, membro da comissão de seleção do Festival de Locarno, e Andrea Stavenhagen, delegada para a América Latina do Festival de San Sebastián, entre os longas-metragens inscritos para a segunda etapa da 10ª edição do Programa Encontros com o Cinema Brasileiro. Os dois assistirão aos filmes entre os dias 3 e 5 de junho, no Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio de Janeiro. A lista de selecionados pela curadora Diana Sanchez, responsável pelo cinema latino no Festival de Toronto, será divulgada na próxima segunda-feira, 1º de junho.

Cada um dos dois curadores assistirá a um total de 12 longas-metragens independentes brasileiros recém finalizados, selecionados entre um total de 78 obras inscritas. Seis deles serão assistidos em conjunto por ambos. São eles:

“Animal político”, de Tião (Trincheira),
“Big jato”, de Claudio Assis (República Pureza),
“Em três atos”, de Lucia Murat (Taiga Filmes),
“Era el cielo”, de Marco Dutra (RT Features),
“Um filme de cinema”, de Walter Carvalho (República Pureza), e
“Valeu Boi”, de Gabriel Mascaro (Desvia).

Além destes seis títulos, cada um deles selecionou outros seis, que assistirão individualmente.

Assim, completam a programação a ser vista por Sergio Fant, do Festival de Locarno, os filmes:

“O animal sonhado”, de Breno Baptista, Luciana Vieira, Rodrigo Fernandes, Samuel Brasileiro, Ticiana Augusto Lima, Victor Costa Lopes (Tardo),
“Através”, de André Michiles, Diogo Martins, Fábio Bardella (Estrangeira Filmes)
“A morte de J.P.Cuenca”, de João Paulo Cuenca (Duas Mariola),
“Para minha amada morta”, de Aly Muritiba (Grafo Audiovisual),
“SP é uma festa”, de Vera Egito (Paranoid Filmes), e
“O que eu poderia ser se eu fosse”, de Bruno Jorge (João de Barro)

Já a lista de filmes que serão projetados para Andrea Stavenhagen, representante do Festival de San Sebastián, será acrescida dos seguintes títulos:

“Estive em Lisboa e lembrei de você”, de José Barahona (Refinaria Produções),
“A grande nuvem cinza”, de Marcelo Munhoz (Tambor Multiartes),
“Mundo cão”, de Marcos Jorge (Zencrane Filmes e Migdal),
“Porto da Pequena África”, de Claudia Mattos (Moviola Filmes), e
“Território do brincar”, de David Reeks e Renata Meirelles (Maria Farinha Filmes), e
“Urutau”, de Bernardo Cancella Nabuco

As seleções foram realizadas tomando por base os teasers e informações fornecidas pelos produtores nas inscrições do programa. Oito entre as 18 produções selecionadas são de associados do Programa Cinema do Brasil, parceiro institucional dos Encontros.
Os curadores terão ainda a oportunidade de montar agendas próprias de reuniões com realizadores e produtores brasileiros durante sua estadia no país. Os responsáveis pelos filmes inscritos não selecionados para as sessões também podem enviar suas obras em DVD para que sejam entregues aos curadores pela equipe do programa.

Como funciona o Programa 

O Programa Encontros com o Cinema Brasileiro é uma iniciativa da ANCINE, em parceria com o Ministério das Relações Exteriores (MRE), com o objetivo de aumentar a visibilidade do cinema brasileiro no mercado internacional, investindo na aproximação das relações com os curadores dos principais festivais do mundo. O programa foi planejado levando em conta o calendário de realização dos festivais, aumentando as chances de participação dos filmes brasileiros e, consequentemente, a inserção internacional do nosso cinema.

A participação dos festivais em cada etapa do programa é definida levando em conta o calendário de cada um, para que os encontros aconteçam no período em que está efetivamente sendo feita a escolha dos filmes que integrarão sua programação. Em edições anteriores, já vieram ao Brasil curadores de festivais internacionais de cinema como os de Cannes, Veneza, Roterdã, Berlim, BAFICI, Sundance, Roma, Havana e IDFA – Festival de Documentários de Amsterdã.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 1 junho, 2015 12:46


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Aprendiz de Espiã

Facebook