Coral Lírico de Minas Gerais interpreta repertório diversificado na estreia da série

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 14 maio, 2015 14:07

Para dar continuidade ao projeto que já levou cerca de 2 mil pessoas ao Grande Teatro do Palácio das Artes, a Fundação Clóvis Salgado apresenta o Coral Lírico de Minas Gerais (CLMG) no primeiro concerto da série Lírico ao Meio-dia. Nesta apresentação, a diversidade do repertório se faz presente.

Sob a regência do maestro Lincoln Andrade, o concerto com o CLMG combina canções operísticas, musicais e oratórios. Também o repertório nacional estará presente, com a peça Xavante, deCésar GuerraPeixe.

Na primeira apresentação da série Lírico ao Meio-Dia, o Coral vai interpretar obras a cappellacanções operísticassacras e seculares, em cinco diferentes idiomas: inglêsalemão, espanhol,hebraico e latim. No programa da apresentação, estão peças de grandes compositores da música coral, como Britten, Mendelssohn e Handel. Essa variedade confirma a tendência de buscar um repertório cada vez mais exclusivo, como destaca o regente titular Lincoln Andrade. “Nesse concerto, mostramos a versatilidade que podemos alcançar, já que são idiomas muito diferentes e que exigem preparação específica”, diz Lincoln Andrade.

Com o mesmo repertório, em versão completa, será realizada a segunda apresentação da série Lírico em Concerto, na quarta-feira, 20, também no Grande Teatro do Palácio das Artes.

Da ópera ao tupi-guarani – Dessa variedade de idiomas que marca o repertório das duas apresentações do Coral Lírico, o público pode conferir um programa que reúne diferentes estilos da música coral. São composições singulares que formam um mosaico com toda a diversidade que tem sido uma das marcas registradas do Coral Lírico de Minas Gerais.

Oh Love Divine, do oratório Theodora, do alemão G. F. Handel, abre a apresentação. A peça narra a história de amor entre dois santos mártires cristãos que são perseguidos e sacrificados pelos romanos. Em seguida, o Coral Lírico interpreta, a capella, o moteto O vos omnes, do compositor basco Pablo Casals. A peça originalmente fazia parte da liturgia católica da Semana Santa e o texto é uma adaptação do trecho bíblico de Lamentações 1:12. Ainda no repertório sacro, Salmo 43RichtemichGott, do também alemão Felix Mendelssohn, possui um ar solene e foi escrita para coro de oito vozes. O CLMG interpreta este moteto, com acompanhamento de órgão.

Do repertório operístico, vem o trecho final da ópera Gloriana, de composição do britânico Benjamin Britten. A peça é uma homenagem à rainha Elizabeth II, coroada seis dias antes da estreia da peça. De acordo com Lincoln Andrade, a composição é uma narrativa sobre diferentes momentos da vida da rainha e, nesta obra, o Coral Lírico interpreta as Danças Corais, a capella.

Suíte Lorca, de Einojuhani Rautavaara, também está no programa. Composta por quatro peças breves e intensas, a obra é um estudo no uso de escalas simétricas de tom e semitom. Para Lincoln Andrade, a peça é raramente executada por outros corais devido ao alto nível de dificuldade da composição. O Coral Lírico de Minas Gerais vai interpretar, pela terceira vez, essa peça em Belo Horizonte. No mesmo nível de dificuldade, devido ao idioma, está a peça Cinco Canções Hebraicas de Amor, do norte-americano Eric Whitacre, que se inspirou nos poemas escritos por sua esposa israelita para compor a peça.

As mudanças de texturas e os contrastes de dinâmica para transmitir o sentimento de alegria gerado pela promessa de liberdade são o tema de Elijah Rock, um Traditional Spiritual, de JesterHairston. A composição está relacionada ao movimento abolicionista afro-americano e evoca as figuras dos profetas Elias e Moisés.

SERVIÇO
LÍRICO AO MEIO-DIA
Data: 19 de maio
Horário: 12h
Local: Grande Teatro Palácio das Artes
Endereço: Av. Afonso Pena, 1537 – Centro
Entrada Gratuita
Informações para o público: (31) 3236-7400

LÍRICO EM CONCERTO
Data: 20 de maio
Horário: 20h30
Local: Grande Teatro Palácio das Artes
Endereço: Av. Afonso Pena, 1537 – Centro
Entrada: R$ 10,00 (inteira) R$ 5,00 (meia)

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 14 maio, 2015 14:07


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook