Paço das Artes abre a exposição Percursos de deriva, da artista visual Cristina Ataíde

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 13 maio, 2015 13:06

Paço das Artes abre a exposição Percursos de deriva, da artista visual Cristina Ataíde

O Paço das Artes –instituição da Secretaria de Estado da Cultura– abre a exposição Percursos de deriva, da artista visual portuguesa Cristina Ataíde no dia 12 de maio, às 19h.

Fruto de percursos na natureza, a mostra é composta por dois trabalhos: Caminha Comigo, um site specific para o Espaço do Quadrado, e no entanto a cidade…, desenvolvido para a Sala de Vídeo. A curadoria é de Priscila Arantes, diretora artística e curadora do Paço das Artes.

Priscila Arantes afirma que o convite do Paço das Artes a Cristina Ataíde surgiu devido ao interesse na discussão do desenho expandido proposto pela artista, que se transforma em esculturas. “Além de fazer intersecção de linguagens, a artista cria um grande panorama a partir de caminhadas em espaços diversos. É o ato de andar pela cidade como espaço ligado ao conhecimento. Neste sentido, Percursos em deriva dialoga com a teoria da deriva, de Guy Debord”, diz.

Uma das características marcantes do trabalho da artista é a elaboração de listas. Para esta mostra, Ataíde criou uma lista com quase todas as montanhas do mundo, dentre elas, muitas das quais já escalou como a Serra do Mar com a sua densa Mata Atlântica, em 2012. Esta extensa lista ocupa as paredes laterais do espaço e as montanhas percorridas pela artista aparecem destacadas na cor vermelha.

Este projeto elaborado especialmente para o Espaço do Quadrado é uma reconstrução emocional desse percurso. Uma pequena montanha colocada no chão do espaço liga-se por um fio vermelho a um desenho fixado no céu/ teto, unindo-se, a outra montanha fixada no muro que limita o espaço, como se pairasse a meio caminho. Assim, cresce, sobe e transforma-se no espaço total.

Esse desenho no teto é a memória dessa montanha, da sua superfície e dos seus relevos. “Um desenho minucioso que me fará regressar a esse lugar de sensações tão fortes. Desenhado com lápis glasochrom de um vermelho intenso, cor que se repete no pigmento que cobre todo o chão do espaço, numa suave camada de pigmento e que agregará todos os elementos”, explica a artista.

Já o trabalho criado para a Sala de Vídeo é uma tentativa de se aproximar da população da capital paulista por meio de caminhadas e diálogos. Cristina Ataíde cria desenho em frottage com 27m de comprimento por 2 m de altura, em que retrata as ruas de São Paulo, lugares emblemáticos e problemáticos da cidade, como o Largo São Bento, a 25 de março, a Cracolândia, o Bairro Belém, o Carumbé, o entorno do Paço das Artes (no bairro do Butantã e Cidade Universitária), entre outros. “Captar essa pele da cidade, calcando os seus relevos, as peculiaridades, desenhando in loco é uma forma de conhecê-la melhor, cm por cm e passar a lhe pertencer. É uma forma de trazer um pouco da cidade comigo e para dentro da galeria”, diz.

No desenho, aparecem também nomes de ruas e de transeuntes com quem conversou enquanto trabalhava ao ar livre e até frases ditas por eles. Por fim, para reorganizar todo esse grande panorama, ela traça o mapeamento de suas caminhadas.

SERVIÇO
Percursos em deriva | Cristina Ataíde
Curadoria: Priscila Arantes
Abertura: 12 de maio de 2015 >> terça-feira >> 19h
Visitação: até 5 de julho de 2015
Paço das Artes
Endereço: Avenida da Universidade, 1, Cidade Universitária, São Paulo/SP
Grátis | Livre

Workshop “DESENHAR com a PAISAGEM” >> 13, 14 e 15 de maio >> 14h às 17h
Agendamento de visitas orientadas e inscrições para workshop: educativo@pacodasartes.org.br ou (11) 3814-4832 / 3814-4895.

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 13 maio, 2015 13:06


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!