Banda Zil volta a se renuir na Miranda

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 7 maio, 2015 10:03

Um grupo formado por sete amigos, todos músicos do primeiríssimo time, volta a se reunir como banda no palco da Miranda, dia 7 de Maio. É a Banda Zil, que marcou época no final dos anos 80 com uma mistura personalíssima de música instrumental e MPB.

Formada por Zé Renato, Claudio Nucci, Ricardo Silveira, Marcos Ariel, Zé Nogueira, Jurim Moreira e João Batista, a Zil lançou um único disco editado no Brasil, Europa, Estados Unidos e Japão (em vinil por aqui, pela extinta gravadora Continental, e lá fora em CD, pelo selo Verve Forecast).A última apresentação oficial foi na edição de São Paul do Free Jazz Festival, em 1988.

“Há tempos que a gente conversa sobre a possibilidade de se reunir de novo. Foi um trabalho que deu muito prazer, na época. Durante esse tempo todo, de lá pra cá, nos encontramos em vários outros projetos, somos muito amigos”, conta Zé Renato. Há cerca de dois meses, o desejo antigo ganhou novo fôlego e a ideia agora é voltar aos palcos, sempre que a agenda de cada um deles permitir, e reeditar o disco de 1987, atualmente fora de catálogo no Brasil.

“Musicalmente, sentia muita falta daquela sonoridade da Zil e essa também é uma maneira da gente homenagear o Paulinho Albuquerque, já que ele foi um dos idealizadores da banda, nos ajudou a compor o repertório, foi nosso diretor nos shows”, completa Zé Renato. Paulinho Albuquerque, morto em 2006, foi ainda co-produtor o disco, ao lado de Zé Nogueira e João Batista.

Novamente reunido, ensaiando a todo vapor, o hepteto resgata canções como “Tupete” (Claudio Nucci e Zé Renato), “Benefício” e “Pegadas frescas”, ambas de Hamilton Vaz Pereira e Zé Renato, “Jequié” (Moacir Santos e Aldir Blanc), “Suíte gaúcha” (Marcos Ariel), “Ânima” (Milton Nascimento e Zé Renato) e “Maromba” (Paulinho Soledade e Ricardo Silveira).

SERVIÇO
Banda ZIL na Miranda (Zé Renato, Claudio Nucci, Ricardo Silveira, Marcos Ariel, Zé Nogueira, Jurim Moreira e João Batista)
Data: 7 de maio
Horário: 21h30
Abertura da casa: 20h
Setor Um Tom Acima: R$ 80
Setor Notável: R$ 60
Setor Sustenido: R$ 40

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.
Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 7 maio, 2015 10:03


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook