Abertas inscrições para o 2º Edital de Curtas da Fundação Clóvis Salgado e o BDMG Cultural

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 7 maio, 2015 14:26

Abertas inscrições para o 2º Edital de Curtas da Fundação Clóvis Salgado e o BDMG Cultural

Após o sucesso da primeira edição, a Fundação Clóvis Salgado e o BDMG Cultural divulgam o 2º edital de estímulo ao curta-metragem de baixo orçamento. No total, serão distribuídos R$ 90 mil aos vencedores, divididos em duas categorias: AMANHECER – para diretores estreantes, com dois prêmios no valor de R$ 15 mil cada, e MIRADA – para diretores que já realizaram pelo menos um curta-metragem com comprovada exibição pública em festivais, mostras ou televisão, também com dois prêmios no valor de R$ 30 mil, um para cada selecionado.

O resultado será divulgado no site da Fundação Clóvis Salgado, até o dia 27 de Julho de 2015, e os realizadores têm até o dia 4 de dezembro de 2015 para a finalização dos projetos.

A segunda edição desse edital vem reforçar o comprometimento da Secretaria de Estado de Cultura, por meio da Fundação Clóvis Salgado e da Gerência de Cinema, e do BDMG Cultural, com as políticas de fomento à produção cinematográfica em Minas Gerais.

O Prêmio, que busca estimular a produção cinematográfica de novos realizadores, oferece aos artistas a possibilidade de elaborar propostas estéticas e conceituais que utilizem ferramentas tecnológicas de produção de baixo custo e fácil acesso, de acordo com o conceito de ‘Cinema de Invenção’, estabelecido pelo pesquisador Jairo Ferreira.

Inscrições e comissão de seleção – As inscrições para o 2º Prêmio BDMG Cultural / FCS de Estímulo ao Curta-metragem de Baixo Orçamento são gratuitas e podem ser feitas presencialmente, na Gerência de Cinema, no Palácio das Artes, de 29 de abril de 2015 a 31 de maio de 2015, de 10h às 18h (Avenida Afonso Pena, 1.537, Centro, Belo Horizonte – MG) ou via correios, com Aviso de Recebimento (AR) e postagem até a data limite disposta no edital. Os interessados poderão inscrever até duas produções, que precisam ter um mínimo de 70% da equipe residente em Minas Gerais e 60% das gravações realizadas no Estado. Mais informações, no site: fcs.mg.gov.br.

A comissão responsável por avaliar os curtas-metragens será composta por três profissionais de reconhecida atuação no setor audiovisual, a serem indicados pela Fundação Clóvis Salgado, coordenada pela Gerência de Cinema. Entre os critérios de seleção, destacam-se: relevância conceitual e temática, inovação, impacto social e cultural e a utilização criativa de meios de produção a baixo custo.

Premiados 1ª edição – A primeira edição do Prêmio de Estímulo ao Curta-metragem de Baixo Orçamento, lançado em 2013/2014, contemplou quatro cineastas. Na categoria AMANHECER, venceram Débora de Oliveira, com o filme Boa Morte, e Gabriel Martins Alves, com Rapsódia para o homem negro. Na categoria MIRADA, venceram Mírian Aparecida Rolim, com Contas, e André de Novais Oliveira, com Quintal.

Os quatro filmes foram exibidos na abertura do 16º FESTCURTASBH e ganharam destaque no cenário mineiro e internacional. Boa Morte foi exibido no Festival de Cinema de Tiradentes em 2015, e Quintal foi selecionado para a Quinzena dos Realizadores no Festival de Cannes.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 7 maio, 2015 14:26


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!