Barbara Ohana lança EP Dreamers

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 7 abril, 2015 16:09

Em setembro do ano passado uma cantora brasileira até então desconhecida lançou o single “Golden Hours”. Em pouco tempo a música levantou as asas e alçou voos longos, chamando atenção da imprensa e do público, tanto pela música quanto pelo clipe, dirigido pelo diretor Daniel Rezende, indicado ao Oscar de melhor montagem pelo filme “Cidade de Deus”. Alguns meses depois e após lançar seu segundo single, “Ordinary Piece”, Barbara Ohana lança Dreamers, seu primeiro EP.

O EP está no iTunes, Google Play, ONErpm, Rdio, YouTube, além de estar disponível para download gratuito no site http://barbaraohana.com/

Com suas referências musicais, que caminham entre David Bowie, Madonna, Lykke Li, Radiohead, New Order, Fleetwood Mac e Lana Del Rey, Barbara construiu em 7 faixas sua atmosfera dream pop e glam rock, entre composições autorais e algumas parcerias, todas em inglês.

O EP tem direção artística da própria cantora e conta com produções de Adriano Cintra (ex-CSS), produtor das faixas Like a Minute e Lost Cause, participação do baterista Jean Dolabella (ex-Sepultura), na faixa Karaoke Track

Apollo 9 (Otto, Rita Lee), que assina a produção das faixas Dreamers, Golden Hours e Desert Island, e Glenn Kotche, baterista do Wilco, que gravou a bateria de Desert Island.

Dreamers foi gravado em São Paulo no A9 Áudio (SP), estúdio do produtor Apollo 9, em Chicago, no The Loft, estúdio da banda Wilco, no IIWII Studios, em Nova York, e nos estúdios da Coletiva Produtora, do Adriano Cintra, em SP.

Radicada em São Paulo a cantora e compositora carioca deu seus primeiros passos na música no Coral das Meninas Cantoras de Petrópolis, cantando em latim, francês e português. Na adolescência, Bárbara passou um período nos arredores de New Orleans, Louisiana, onde começou a desenvolver o trabalho de composição, com letras em inglês. Barbara já se apresentou no Bar Riviera, Cidade Matarazzo, Serralheria, Bar Secreto, Leblon Jazz Festival, Teatro Solar, Nublu (NY), Bossa Lounge (DC), Teatro Candido Mendes e outros. Ela também foi backing vocal de Gilberto Gil, gravando em álbuns e singles do cantor.

Seu primeiro single, “Golden Hours”, foi lançado em setembro de 2014 com um videoclipe do diretor e montador indicado ao Oscar, Daniel Rezende (Cidade de Deus, Tropa de Elite I e II, Árvore da Vida). O videoclipe tem participações de Sophia Reis e dos atores Rafael Lozanno (Sessão de Terapia) e Nataly Galleazzo (“Bollywood Dream”) e utiliza recurso de três câmeras que exibem três desfechos diferentes para a história de um casal, dirigido por Bárbara no clipe. “Justamente por causa do meu background de edição, queria um vídeo que quem estivesse vendo terminasse a montagem. Por isso houve um trabalho muito grande na concepção do roteiro, maneira de filmagem e edição, para direcionar o olhar, mas permitir que quem monte o filme seja o espectador”, conta o diretor Daniel Rezende. “Quis fazer um vídeo que desse vontade de assistir uma segunda ou terceira vez, para ver cada detalhe”.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 7 abril, 2015 16:09


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!