CINDERELA lidera as bilheterias no seu final de semana de estreia

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 2 abril, 2015 10:39

A nova produção da Disney, Cinderela, que estreou na última quinta-feira (26/3) em 900 salas de cinema do Brasil apresentou números impressionantes no primeiro final de semana em cartaz. O filme arrecadou US$ 3,4 milhões nas bilheterias brasileiras, com mais de 900 mil expectadores e consagrou-se como a maior abertura do ano no Brasil, ficando atrás apenas de “Cinquenta tons de Cinza” que é destinado essencialmente a adultos. Nas redes sociais milhares de fãs compartilharam a hashtag #EuTbSouCinderela e fizeram do filme destaque no Trending Topics Brasil do Twitter, na sexta e sábado, dias 27 e 28 de março.

“Ficamos muito contentes com o sucesso de público e de críitica que Cinderela esta recebendo no Brasil. E um prazer lançar um filme como este, que leva crianças, jovens e adultos ao cinema e tem a capacidade de agradar a todos indistintamente. Mais que uma versão de um clássico, Cinderela prova que é uma historia que vive no coração de todos, não importa a idade” , declara Andrea Salinas,  Vice Presidente de Marketing da Disney Brasil.

Cinderella-Photos-13FEVEREIRO2015-09

Além da força nos cinemas no Brasil a The Walt Disney Company, fechou fortes parcerias com a indústria nacional no desenvolvimento de produtos inspirados no filme, levando milhares de produtos de diversos segmentos como confecções e brinquedos às lojas de todo o país. Foram realizadas parcerias promocionais e com empresas como Novotel, que tem um quarto inspirado no filme, Vivara, Colcci e outras grandes marcas que contemplam seus clientes com ingressos do filme. Por exemplo, a partir de 2 de abril, quem comprar uma peça de Cinderela da linha Life na Vivara ganhará um par de ingressos. Na Colcci, os clientes ganham o mesmo par de ingressos ao comprarem uma peça da loja.  Em ambas as  redes, a promoção dura até o término dos tickets.

Internacionalmente, Cinderela ultrapassou a marca de US$ 300 milhões, seguindo forte nos países que já lançaram há algumas semanas.

CINDERELLA

“Parece que tivemos a nossa própria fada-madrinha neste filme, pois tudo se encaixou perfeitamente: a direção magistral de Kenneth Branagh, ao roteiro divertido de Chris Weitz, os cenários suntuosos de Dante Ferretti, até o nosso elenco maravilhoso. Lily James é uma verdadeira estrela brilhando como Cinderela, fazendo um par perfeito com Richard Madden como príncipe, Cate Blanchett encarnando a sinistra madrasta e Helena Bonham Carter como a fada-madrinha. Acredito que seja muito difícil escolher um elemento favorito, mas devo dizer que os figurinos de Sandy Powell me surpreenderam. Com 270 metros de tecido, quilômetros de fios, mais de 10.000 cristais – e, no caso dos famosos sapatos de cristal, que teve ajuda de uma equipe de engenharia da Swarovski – ela trouxe para a realidade o lendário figurino de nossa heroína”, explica Alan Horn, chairman da The Walt Disney Studios.

A história de Cinderela segue a vida da jovem Ella (Lily James), cujo pai comerciante casa novamente depois que fica viúvo de sua mãe. Ansiosa para apoiar o adorado pai, Ella recebe bem a madrasta (Cate Blanchett) e suas filhas, Anastasia (Holliday Grainger) e Drisella (Sophie McShera), na casa da família. Mas quando o pai de Ella falece inesperadamente, ela se vê à mercê de uma nova família cruel e invejosa. Relegada à posição de empregada da família, a jovem sempre coberta de cinzas, que passou a ser chamada de Cinderela, bem que poderia ter começado a perder a esperança. Mas, apesar da crueldade a que fora submetida, Ella está determinada a honrar as palavras de sua falecida mãe: tenha coragem e seja feliz.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 2 abril, 2015 10:39


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Brincando com Fogo

Facebook

Reino Gelado e a terra dos espelhos