CAIXA Cultural São Paulo apresenta Zezé Motta

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 3 março, 2015 14:07

A CAIXA Cultural São Paulo apresenta Zezé Motta nos dias 6, 7 e 8 de março, às 19h15, com o show Negra Melodia, nome de seu mais recente CD. O novo álbum faz um mergulho na obra de Luiz Melodia e Jards Macalé, além de outros compositores. O espetáculo é gratuito e patrocinado pela Caixa Econômica Federal. Ingressos devem ser retirados na bilheteria a partir da 12 horas no dia de cada show.

Acompanhada pelos violonistas Pedro Braga e Zeppa Souza, o repertório mescla obras primas de Luiz Melodia (“Magrelinha”, “Fadas” e “Estácio, Holly Estácio”) e Jards Macalé (“Negra Melodia”, “Pano Pra Manga” e “Soluços”) com algumas músicas que marcaram a carreira da intérprete, como “Senhora Liberdade” (Wilson Moreira e Ney Lopes), “Muito Prazer Zezé” (Rita Lee e Roberto de Carvalho) e “Rita Baiana” (John Neschling e Geraldo Carneiro).

Outras canções completam o roteiro, entre elas: “O Sangue Não Nega” (Luis Melodia e Ricardo Augusto), “Anjo Exterminado” (Jards Macalé e Waly Salomão), “Começar pelo Recomeço” (L. Melodia e Torquato Neto), “Decisão” (L. Melodia e Sergio Mello), “Mal Secreto” (J. Macalé e Waly Salomão), “The Archaic Lonely Star Blues” (J. Macalé e Duda), “Vale Quanto Pesa” (L. Melodia) e “Divina Criatura” (L. Melodia e Papa Kid).

Zezé Motta é atriz de talento inquestionável, considerada por muitos como a rainha negra do Brasil. Seu ofício a levou aos grandes palcos, com inúmeras montagens teatrais e musicais, e aos melhores filmes (foram mais de 40 desde o antológico Xica da Silva, de Carlos Diegues, em 1976, que a projetou internacionalmente).  Ela fez história também na televisão, onde atuou em novela e programas especiais. Atualmente, está no ar em Boogie Oogie, novela da Rede Globo, vivendo Sebastiana, uma doméstica que ostenta o talento de saber cantar.

Zezé mudou-se com a família para o Rio de Janeiro quando tinha dois anos. Começou a carreira de atriz em 1967, estrelando a peça Roda-viva, de Chico Buarque. Em 1969, atuou em FígaroArena Canta Zumbi e A vida Escrachada de Joana Martini e Baby Stompanato. Em 1972, participou de Orfeu Negro e, em 1974, atuou em Godspell. A carreira de cantora teve inicio, em 1971, em casas noturnas paulistas. Entre 1975 e 1979, ela lançou três LPs, seguidos por outros três, na década de 80. Os mais recentes são: Chave dos Segredos (1995), Divina Saudade (2000) e Negra Melodia (2011). Outros nove compactos integram sua discografia.

Nesse primeiro momento da carreira, compositores do porte de Rita Lee e Moraes Moreira lhe cederam canções inéditas para gravar. Com sua voz forte e interpretação peculiar, Zezé imortalizou os clássicos “Trocando em Miúdos”, de Chico Buarque e Francis Hime, e “Pecado Original”, de Caetano Veloso, entre vários outros. Nesse momento também surgiu Luiz Melodia em sua vida musical, uma parceria que se mantém vibrante até hoje. Alguns anos mais tarde, Zezé lançou uma canção de Jards Macalé e Duda, chamada “Sem Essa”, que se tornou um marco em sua discografia.

Zezé Motta explica que os motivos para gravar o disco Negra Melodia, e mostrá-lo pelo Brasil, existem há muito tempo. “São canções de amor e fé, de guerra e paz, porque Melodia e Macalé são dois compositores dotados de personalidade ímpar”.

SERVIÇO
Zezé Motta – Negra Melodia
Temporada: 06 a 08 de março de 2015 (sexta-feira a domingo)
Horário: 19h15
Local: CAIXA Cultural São Paulo
Endereço: Praça da Sé, 111 – Centro – São Paulo/SP
Entrada: franca (os ingressos poderão ser retirados na bilheteria a partir do meio-dia)
Capacidade: 80 lugares
Duração: 60 minutos
Classificação etária: livre
Informações: (11) 3321-4400

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.
Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 3 março, 2015 14:07


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!