Cia de Teatro Portuguesa faz ocupação no Espaço Sérgio Porto

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 24 fevereiro, 2015 13:06

A companhia teatral portuguesa Teatro meia volta e depois à esquerda quando eu disser irá realizar uma ocupação no Espaço Cultural Sérgio Porto, entre os dias 27 de Fevereiro e 8 de Março de 2015.

Serão apresentados 3 espetáculos assinados pela companhia que vêm pela primeira vez ao Brasil.

O Teatro meia volta e depois à esquerda quando eu disser é um projeto nascido no Porto, fruto das ideias de um grupo de amigos estudantes de teatro, e que se apoia fortemente na “liberdade e espontaneidade da criação”.

Apresenta uma estética performativa que possa traduzir e responder à complexidade inenarrável do mundo contemporâneo: uma estética de revelação de um estrato vivencial, pessoal, íntimo do sujeito na sua relação consigo próprio, com os outros e com o meio – uma espécie de patchwork que agrupa, organiza e formata as diversas experiências dos indivíduos enquanto seres bio-socio-culturais.

Neste momento, a companhia interessa-se particularmente pelo tema da urbanidade, compreendido no seu espectro máximo – território, população, organização dos objetos físicos e relações entre os agentes sociais. Muitos dos seus projetos partem do reconhecimento e da experimentação radical do lugar urbano e da heterogeneidade que o caracteriza. Trata-se de perseguir uma linguagem plástica que possa traduzir uma visão sensível do mundo e das pessoas.

O primeiro espetáculo será Nacional – Material, Paisagem com Argonautas que acontece nos dias 27 e 28 de fevereiro, sexta e sábado às 20 horas, é uma performance-debate em torno do tema da imigração e da integração de estrangeiros nos países de acolhimento. Propondo ao público a simulação do espaço de uma assembleia deliberativa, evoca-se a narrativa de Medeia, a estrangeira, e dos Argonautas para debater as políticas e as práticas ligadas à inclusão de imigrantes nas sociedades de acolhimento. O público é convidado a participar na discussão e a decidir sobre a permanência ou expulsão de Medeia, conquistando-se assim para o Teatro esta dimensão de debate e a possibilidade de testar os limites do poder do espectador no interior de um espetáculo.

SERVIÇO
Nacional-Material, Paisagem com Argonautas
Datas: 27 e 28 de fevereiro (sexta e sábado)
Lotação: 52 lugares
Classficação: 8 anos
Horário: 20h
Duração: 90 min.
Direção artística: Alfredo Martins
Co-criação e concepção do espaço cênico: Alfredo Martins, Bernardo de Almeida, Cláudia Gaiolas, Ivo Serra, Luís Godinho, Margarida Carvalho
Elenco: Alfredo Martins, Luís Godinho, Margarida Carvalho, Bernardo de Almeida
Video: Ivo Serra
Apoio à dramaturgia: Sandra C. S. Marques
Acompanhamento técnico e operação: Anaísa Guerreiro
Co-produção: TMV, TNDM II
Link de vídeo do espetáculo: http://youtu.be/PiAz9O0GY1Y

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Nos dias 3 e 4 de fevereiro, a Cia apresenta o espetáculo TRYROMANCE que começou a ser desenvolvido durante o Laboratório TRYANGLE, na Tanzhaus de Dusseldorf, em Julho de 2012. A equipe do projeto decidiu ir para as ruas de Dusseldorf, pedindo a pessoas anônimas para lerem um pequeno diálogo de “Tristão e Isolda”, de Richard Wagner.

A proposta consiste em selecionar diferentes textos relacionados com a ideia de romance, desde textos icônicos da literatura nacional a clássicos universais, e confrontá-los com diferentes pessoas em cada local. Estes materiais serão utilizados na criação do espetáculo.

SERVIÇO
TryRomance
Datas: 03 e 04 de março (terça e quarta)
Lotação: 130 lugares
Classificação: 6 anos
Horário: 20h
Duração: 60min.
Direção Artística: Paula Diogo e Cláudia Gaiolas
Interpretação: Paula Diogo, Cláudia Gaiolas, Jan Machacek, Guilherme Garrido
Video: Jan Machacek
Acompanhamento técnico e operação: Anaísa Guerreiro
Co-produção: TMV, Théâtre Les Bernardines, O Espaço do Tempo,Tanzhaus, Secretaria de Estado da Cultura/Governo de Portugal
Link de vídeo do espetáculo: http://vimeo.com/90939760

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Encerrando a ocupação, será apresentado o espetáculo OZZZZZ que propõe um novo olhar sobre a narrativa de “O Feiticeiro de Oz”, abordando a atual mobilidade à escala mundial e o conceito contemporâneo de casa.

Comprados os bilhetes em promoção no site da Ryanair, os nossos cinco performers vestem-se a rigor (o vestido azul e branco e os sapatos de rubi) e apresentam-se para o check in, no aeroporto. Inicia-se, assim, uma viagem que pretende reconstituir a viagem original de Dorothy. Sem data de regresso prevista e apenas com bagagem de mão, perambularão pela cidade desconhecida, pondo à prova o seu conceito de casa e, por fim, encontrando o caminho de regresso. Postais escritos ou conversas via skype, encomendas de chouriços da terra ou interfaces electrónicos vão mediando a comunicação entre Dorothy e o mundo e aferindo a distância entre si e a Casa.

A viagem de cada performer será registada em vídeo e os todos os filmes integrarão uma performance final, que tomará a forma de uma instalação de vídeo com múltiplos ecrãs.

SERVIÇO
OZZZZZ
Datas: 07 e 08 de março (sábado e domingo)
Lotação: 70 pessoas
Classificação: 6 anos
Horário: 20h
Duração: 90min
Direção Artística e de Produção: Alfredo Martins
Co-criação e interpretação: Alfredo Martins, Cláudia Gaiolas, Estelle Franco, Luís Godinho, Paula Diogo
Vídeo: Masako Hatori
Cenografia: Fernando Ribeiro, Rita Lopes Alves
Desenho de luz, acompanhamento técnico e operação: Anaísa Guerreiro
Acompanhamento técnico de vídeo: Paulo Américo
Adaptação musical e harmonizações: Luís Baptista
Co-produção: TMV, Festival Temps d’Images, Secretaria de Estado da Cultura/Governo de Portugal
Link de video do espetáculo: http://youtu.be/XUXhF2ogI4E

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.
Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 24 fevereiro, 2015 13:06


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!