Ingrid Guimarães e Flávia Alessandra juntas em passeio gastronômico no “Além da Conta”, do GNT

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 2 fevereiro, 2015 18:17

Ingrid Guimarães e Flávia Alessandra juntas em passeio gastronômico no “Além da Conta”, do GNT

É cada vez maior a quantidade de pessoas que viajam para comprar. Ao mesmo tempo, cresce também o número de gente que viaja apenas para comer. E é esse tipo de consumo que Ingrid Guimarães e a atriz Flávia Alessandra desvendam nesta quarta-feira, dia 04 de fevereiro, às 22h30, no “Além da Conta”, ​no  GNT.

“É um investimento que faço sem peso na consciência porque amo comer. Quando viajo, faço uma programação com os restaurantes que quero conhecer”, conta Flavia.     

No episódio, Ingrid ​comenta sobre Flávia não ​deixar os cuidados com o corpo de lado, nem mesmo durante a viagem:

“Tenho admiração pela pessoa que corre no lugar que viaja” diz. Bem humorada, a atriz responde: “Eu preciso gastar para poder comer. Sou muito gulosa”. Em busca de novidades, as duas visitam uma badalada loja repleta de produtos gourmet. ​Um dos momentos mais divertidos ​do episódio ​é quando Flávia Alessandra tem seu cartão de crédito recusado no caixa. “Bloqueou. Isso é porque ela só compra comida. Esqueceu de avisar ​ao banco” brinca Ingrid. Rindo, Flavia responde: “Já avisei quatro vezes. Atualizei meu cadastro cinco”. Ingrid dispara: “Se deu declined aqui, imagina em uma loja cara”.
      

Ainda no programa, em contraponto ao consumo desenfreado, Ingrid conhece o freeganismo, filosofia que vai contra o desperdício e que abrange diversos tipos de produtos, inclusive alimentos. Nas ruas de Miami, a apresentadora conversa com Janet Kalish, ativista do movimento e que há dez anos descobriu que é possível encontrar comida boa no lixo. Sanduíches, pães, frutas, biscoitos, alimentos de todos os tipos, próprios para o consumo, todos jogados fora. “Sempre me preocupei com o desperdício e com as consequências ecológicas de produção e consumismo exacerbados. O fato das pessoas descartarem as coisas só porque elas podem e não pela necessidade de substituí-las”, conta Janet. E ainda completa: “Um erro que as pessoas cometem sobre freeganismo é pensar que só comemos lixo, comidas estragadas. Na realidade, nós encontramos comidas em ótimo estado de qualidade. Sempre achamos alimentos frescos, saudáveis e deliciosos”. 

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 2 fevereiro, 2015 18:17


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!