Exposição Paulistanos Ilustrados, por Paulo Caruso estreia na Caixa Cultural São Paulo

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 27 janeiro, 2015 15:08

Dr. Arnaldo, Ramos de Azevedo, Joaquim Eugênio de Lima, Oscar Freire, Frei Caneca, Prestes Maia, Gabriel Monteiro da Silva, Brigadeiro Luiz Antonio e Asa White Billings integram a exposição Paulistanos Ilustrados, por Paulo Caruso, um presente para comemorar os 461 anos da cidade de São Paulo, que estará aberta ao público de 24 de janeiro a 1º de março, na Caixa Cultural São Paulo, na Praça da Sé, marco zero da cidade. A mostra tem entrada gratuita e conta com o patrocínio da Caixa Econômica Federal.

A partir de cerca de 200 ilustrações, caricaturas e gravuras, com o traço e texto irreverentes do paulistaníssimo cartunista Paulo Caruso, o visitante poderá conhecer a história da cidade e dos personagens por trás de avenidas e monumentos famosos que identificam São Paulo. “Com a exposição, expresso meu amor pela cidade demonstrando que São Paulo é a síntese dos sonhos e ação de pessoas que ousam e realizam, não do árido concreto que ergue e destrói coisas belas”, explica o cartunista, arquiteto e caricaturista Paulo Caruso.

Os personagens e suas histórias

A dificuldade de encontrar um carrasco que aceitasse enforcar o revolucionário Frei Caneca, que acabou sendo fuzilado; os desafios do multirracial Victor Brecheret para realizar sua obra prima, o Monumento às Bandeiras, enfrentando anos de burocracia e as peripécias do engenheiro canadense Asa White Billings para suprir o abastecimento de água da cidade no início do século XX são algumas das histórias saborosas que acompanham os personagens ilustrados por Caruso. Na exposição, o francês Victor Dubrugas e sua Ladeira da Memória e o amigo Ramos de Azevedo, que deu ares de metrópole à velha vila de tropeiros; Dr. Arnaldo, fundador da Faculdade de Medicina e o impagável Fimno Amleto Meneghetti, morto aos 99 anos depois de décadas escalando telhados dos endinheirados paulistas para roubar-lhes um pouco do luxo e riqueza.

São personagens cuja própria história se confunde com a história e DNA de São Paulo e seu multiculturalismo inegável. Franceses, portugueses, gaúchos, ingleses, canadenses, mineiros, cariocas, pernambucanos e baianos, como Oscar Freire, que aos 18 anos formou-se pela Faculdade de Medicina da Universidade São Paulo, onde foi catedrático com apenas 32 anos. Ou o italiano Giseppe Martinelli, biscateiro, açougueiro e trabalhador do Cais de Santos, que acabou sendo fabricante de navios e representante do Loide italiano no Brasil, antes de construir o famoso edifício Martinelli, com seus surpreendentes 25 andares, para 1929.

SERVIÇO
Mostra: Paulistanos Ilustrados, por Paulo Caruso
Visitação: de 24 de janeiro a 1º de março de 2015
Horário: de terça-feira a domingo, das 09h às 19h
Local: CAIXA Cultural São Paulo
Endereço: Praça da Sé, 111 – Centro – São Paulo (SP)
Classificação etária: livre
Entrada franca
Informações: (11) 3321-4400
Acesso para pessoas com deficiência
Patrocínio: Caixa Econômica Federal

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.
Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 27 janeiro, 2015 15:08


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!