Crianças de escolas de Campo Largo assistem à peça Mad Science

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 8 dezembro, 2014 15:08

Crianças de escolas de Campo Largo assistem à peça Mad Science

As crianças de escolas públicas de Campo Largo vão mergulhar no mundo fantástico das ciências e do teatro com experiências da Mad Science. De uma maneira lúdica e didática, a atração estimula a criançada a aprender um pouco mais sobre o fantástico mundo das ciências. Ao todo serão seis sessões do espetáculo da Mad Science que acontecem nos dias 9, 10 e 11 de dezembro para cerca de 1500 crianças das escolas municipais do Campo Nicolau Moraes de Castro, do Campo Augusto Pires de Paula e Monsenhor Ivo Zanlorenzi.

Os cientistas malucos levam conhecimento e diversão para as crianças, fazendo experiências sobre tudo que envolve o mundo científico, desde experimentos relacionados ao nosso cotidiano até oficinas. “Nossas apresentações são espetaculares e interativas, planejadas para maravilhar e entreter a todas as faixas etárias, agradando inclusive aos adultos. De um modo muito divertido e interessante, mostramos a diferença entre mágica e ciência”, afirma Dany Artel, cientista da Mad Science.

Aspirador gigante, gelo seco, gerador de vortex e bolhas de sabão são exemplos dos experimentos utilizados pelos cientistas da Mad Science para estimular o interesse e a curiosidade das crianças, mostrando que o gosto pelo estudo científico é tão vital quanto a leitura, a escrita e a matemática. Dessas experiências, a plateia aprende assuntos que fazem parte de nossa vida e dia a dia, como ar, atmosfera e estados da matéria.

A apresentação dos cientistas malucos da Mad Science faz parte do projeto “Vamos Cuidar do Nosso Mundo V” que é realizado pela 3S Projetos com recursos incentivados pela Lei Rouanet do Ministério da Cultura. A atração é patrocinada pela Caterpillar. “É um orgulho para a Caterpillar ajudar a levar mais este projeto cultural para as crianças de Campo Largo. Nosso patrocínio tem viabilizado diversas ações na cidade, no sentido de cumprirmos com nosso papel social no desenvolvimento da comunidade onde estamos inseridos”, diz o diretor da Unidade da Caterpillar Brasil em Campo Largo, José Otávio Bruler.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 8 dezembro, 2014 15:08


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Dora e a Cidade Perdida

Facebook

Reino Gelado e a terra dos espelhos