MAS convida para a abertura da exposição: Presepe Di Carta

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 3 dezembro, 2014 14:07

O Museu de Arte Sacra de São Paulo, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, inaugura a exposição “Presepe di Carta – Coleção Celso Battistini Castro Rosa”, com curadoria de Osley José Viaro. Seguindo uma das maiores tradições cristãs nas festas de fim de ano, aproximadamente 150 presépios de papel da coleção particular de Celso Battistini Castro Rosa – a maior parte deles proveniente da Alemanha e impressos entre os anos de 1890 e 1940 – compõem a edição 2014 da já tradicional mostra de presépios do MAS-SP.

Pequenas maravilhas da litografia. Presépios de papel, dobráveis, antigos e bem conservados perfazem esta importante coleção, exposta pela primeira vez na capital paulistana. Bastante raros, atraem interesse de colecionadores ao redor do mundo, deixando para trás a fama de “presépios dos pobres” – conhecidos desta forma após a proibição de montagens representando o nascimento de Cristo, por Joseph II, imperador da Áustria, em 1782. Pintados e recortados em papel, esses presépios passaram das igrejas, dos palácios e locais públicos para as famílias e suas casas, recriando a cena da Natividade, então, para os pobres, para as pessoas comuns.

Sob influência da tradição barroca do teatro, entre os séculos XVII e XVIII, habitantes das cidades ricas da Itália e da Áustria contratavam artistas para pintar figuras bíblicas em papel. Porém, o ápice dos presépios de papel teve início apenas em meados do século XIX, coincidindo com o desenvolvimento da litografia – para a época, um novo processo de impressão. Houve, então, um aumento significativo na produção desses presépios, sendo os mais famosos provenientes de Weissenburg (Alsácia, França), Neuruppin (Brandenburg), Mainz e Augsburg – as últimas três regiões localizadas na Alemanha. Para se ter uma ideia da raridade da coleção de Celso Battistini Castro Rosa, entre 1835 e 1900, Gustav Kühn (artista alemão de Neuruppin, 1750-1826) criou apenas 175 diferentes motivos de presépios em papel. Scholz Editor, de Mainz, ofereceu trinta e cinco modelos, em 1912. Weissenburg C. Burckhardt fez quarenta e dois, em 1907.

Com esta exposição inédita de presépios de papel, o Museu de Arte Sacra de São Paulo firma sua tradição natalina de trazer ao público os mais variados tipos de presépios, contribuindo com a manutenção dessa cultura popular. Nas palavras do curador, sobre a coleção de Celso Battistini Castro Rosa: “Acomodados em caixas, juntos a cartões de Natal, fotografias e preciosidades pessoais, estas relíquias de papel com seu rico colorido repousam lado a lado, desdobrando-se a cada Natal na pequena Belém de todos nós.”.

SERVIÇO
“Presepe di Carta”
Curadoria: Osley José Viaro
Abertura: 6 de dezembrode 2014, sábado, às 11h
Período: em cartaz de 7 de dezembro a 04 de janeiro de 2015
Local: Museu de Arte Sacra de São Paulo
Endereço: Avenida Tiradentes, nº 676 – Luz | Estação Tiradentes do Metrô
Informações: (11) 3326.3336 – visitas monitoradas
Horário: de terça a sexta-feira, das 9h às 17h, sábado e domingo das 10h às 18h
Ingresso: R$ 6,00 (estudantes pagam meia entrada); grátis aos sábados
Número de obras: aproximadamente 150
Dimensões: variadas

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.
Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 3 dezembro, 2014 14:07


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

MIB: Homens de Preto

Facebook

Kardec