Popload Festival leva seis mil pessoas ao Audio Club

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 2 dezembro, 2014 12:05

Popload  Festival leva seis mil pessoas ao Audio Club

O Popload Festival, que aconteceu nos dias 28 e 29 de novembro, em São Paulo, cumpriu sua missão de ser maior e mais ousado que o ano anterior. Com 14 atrações, entre bandas nacionais e internacionais, divididas em dois palcos, o festival, patrocinado pela Heineken, cerveja premium líder no mundo, surpreendeu com seu novo formato e estrtura e levou seis mil pessoas ao Audio Club em seus dois dias.

A sexta-feira teve como headliner a banda Tame Impala, que subiu ao Palco Principal por volta da 1h20 da madrugada do sábado, tocando para uma plateia lotada, que também acompanhou o primeiro dos dois shows da cantora americana Cat Power, do ex-Los Hermanos Rodrigo Amarante, dos goianos do Boogarins e dos australianos do Pond, que abriram a noite que teve aproximandamente 2.500 pessoas, além das atrações dançantes do Palco Club: Fatnotronic, Olugbenga e a dupla sueca Icona Pop.

Já no sábado, um público de 3.500 pessoas pode acompanhar o show dos ingleses do Metronomy, principal atração da noite, além do segundo show de Cat Power, o folk dos americanos do Lumineers e o brasileiro Marcelo Jeneci que abriu os trabalhos do Palco Principal. Após o último show da noite, os mais animados puderam se jogar durante a discotecagem dos belgas 2ManyDJs, que se apresentaram depois do duo Mixhell e do DJ Nepal, no Palco Club.

O evento também contou com uma praça de alimentação em uma área inédita, anexa ao Audio Club, com bares, banheiros e foodtrucks com hamburgueres, sanduíches veganos, massas italianas, coxinhas salgadas e doces e paleta mexicana, servidos pela Tostex, Só Coxinhas, Burger Lab e Holly Past.

No local ainda havia uma instalação feita pelo artistas Muti Randolph chamada Heineken Cube, um cubo de som e luz feito por LEDs, espelhos e vidros que proporcionaram uma viagem sensorial ao público com conteúdo visual reativo ao som. Camisetas e materiais oficiais das bandas também estavam a venda por lá. Além disso, o Popload Festival ofereceu cupom de desconto no valor de R$ 20 nas corridas de táxi, por meio do aplicativo 99taxis.

Durante todo o mês de novembro, aconteceu na Estação Paraíso do Metrô uma exposição de pôsteres exclusivos criados por diferentes artistas para as atrações do Popload Festival. Na semana que antecedeu o evento foram realizados pocket shows surpresas, gratuitos, com artistas como: Marcelo Jeneci, Rodrigo Amarante e Cat Power, na mesma estação.

Para o evento também foram realizadas ações sociais, onde foram abertas 100 vagas para trabalhos voluntários em troca de ingresso para o festival. As vagas se esgotaram em menos de 20 minutos, divididas entre quatro ONGs participantes: Natureza em Forma, Beaba, Move Institute e Ocas, e entre as atividades, os voluntários doaram sangue e ajudaram a limpar e organizar a sede da Ocas, recentemente atingida por uma enchente.

Para completar, o festival teve alguns de seus shows transmitido ao vivo pelo canal pago BIS e pelo site do Multishow. Segundo Paola Wescher, uma das idealizadoras do Popload Festival, o evento foi um sucesso absoluto: “Conseguimos colocar em prática nossa ideia de um formato inovador, trazendo toda a estrutura de um grande festival, porém em um formato mais intimista que aproxima o fã das bandas, uma das marcas dos shows com o selo Popload. A resposta do público foi ótima”, afirma.

Para o ano que vem, a organização já promete algo ainda maior: “A edição de 2015 já está sendo pensada para ser algo ainda mais surpreendente”, finaliza Paola.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 2 dezembro, 2014 12:05


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

MIB: Homens de Preto

Facebook

Kardec