Crítica do filme Debi & Lóide 2

Lucas Lima
Por Lucas Lima 10 novembro, 2014 16:18
Dumb and Dumber To-Official Poster Banner PROMO NACIONALDebi & Lóide 2
Direção: Bobby Farrelly, Peter Farrelly
Roteiro: 
Sean Anders, John Morris
Gênero: Comédia
Distribuidora: Imagem Filmes
Elenco: Jim Carrey, Jeff Daniels, Rob Riggle, Laurie Holden, Rachel Melvin e mais.

Estrelas_v2014_cinza_03
Avaliação (6/10)

Depois de uma grande espera, mais precisamente 20 anos, a dupla de amigos completamente pirados Debi & Lóide retornam às telonas contando novamente com a participação dos atores originais do primeiro longa de 1994 – Jim Carrey e  Jeff Daniels. Mais uma vez os inseparáveis, e engraçadíssimos, amigos participam de uma aventura completamente hilariante, mas dessa vez carregam entre si os conflitos e responsabilidades (por mais que soe estranho vindo de dois lunáticos) da vida adulta.

Um dos grande acertos desta franquia, assim como no primeiro longa, é sem duvida alguma a excelente construção de personagens, mais precisamente da dupla de protagonistas, que agora chegam a uma nova fase em suas vidas – assim como todos nós os anos passam e naturalmente somos colocados a enfrentar certos problemas mais maduros. Harry e Lloyd são personagens extremamente carismáticos por si só, aonde demonstram um amor entre eles (usado de forma bastante engraçadas em algumas cenas) e uma infantilidade super agradável – que os adultos atuais (devido os diversos problemas do mundo moderno) se distanciam cada vez mais e acabam por se tornarem rancorosos e infelizes. É com essa premissa que o longa segue sua história se passando exatamente após vinte anos dos acontecimento do longa original, detalhe para cena de abertura com a dupla – história muito bem elaborada para unir e explicar o hiato tão longo nos cinemas.

DUMB AND DUMBER TO-Official FIRST LOOK PHOTO PROMO-22JANEIRO2014

Este segundo longa ignora completamente o fracasso lançado em 2003 – “Debi & Lóide – Quando Harry Conheceu Lóide” – o qual contava com os atores Derek Richardson e  Eric Christian Olsen (nos papeis de Harry e Lloyd respectivamente) e que se esforçaram bastante para apresentar algo convincente nesse filme que até hoje não entendemos por que foi lançado. O roteiro do longa foi escrito pela dupla Sean Anders e John Morris (dos ótimos “Família do Bagulho” e “Os Pinguins do Papai”) – e segue exatamente a linha de superação das responsabilidades impostas pela vida (claro se tratando da dupla não levam tão a série isso tudo!). Desta vez, Harry (Jeff Daniels) descobre que passa por um grave problema de saúde e necessita urgentemente de um transplante de rim. Nesse momento ele se vê em uma encruzilhada, aonde não sabe ao certo se deve deixar de visitar seu amigo Lloyd (Jim Carrey) no sanatório, aonde tem passado os últimos vinte anos, para poder cuidar exclusivamente de sua saúde. Ao mesmo tempo ele acaba descobrindo que tem uma filha com cerca de 20 anos de idade que pode ajudar-lo no transplante de rim que ele tanto precisa. Neste ponto a dupla acaba se unindo em uma aventura bastante maluca, aonde encontraram com lembranças do passado, e ainda a triste realidade que ambos não têm a capacidade de assumir a responsabilidade de serem pais.

Na direção o longa resgasta também as origens do primeiro filme, trazendo o retorno dos irmãos Bobby e Peter Farrelly (que estrearam em longas com “Debi & Lóide: Dois Idiotas em Apuros” em 1994). Ambos conseguem conduzir a história de uma forma bastante agradável sem nenhum momento prejudicar ou se impor as situações da trama. O longa opta, acertadamente, em uma produção que se utiliza de locações e filmagens externas para apresentar uma história simples, porém com um conteúdo bastante real e carismático. Outro ponto que facilita bastante a direção e produção do filme é sem dúvida a atuação da dupla Jim Carrey e Jeff Daniels. É incrível, e quase raro de se ver, atores que apesar da idade (que podemos dizer não são mais garotos), demonstrarem um comprometimento,empenho e claro, muita alegria em estarem revivendo seus personagens. O resultado fica nítido na tela, com cenas e atuações bastante convincentes e maduras – sem nunca perder o brilho e alegria que ambos atores demonstram desde do início da projeção. Carrey e Daniels demonstram a todo momento estarem bastante confortáveis em fazer todas as loucuras de seus amados personagens.

DUMB AND DUMBER TO-Official Poster Banner PROMO-25SETEMBRO2014-01

Debi & Lóide 2 consegue resgatar às telonas uma comédia agradável, com atores que visivelmente estão se divertindo em cena, por estarem dando vida a personagens que carregam uma ingenuidade (quase que infantil), trazendo nesse momento todo o tom de comédia que a trama precisa e merece, sem necessita apelar com ofensas e frases pesadas para forçar o riso do espectador. Aqui os personagens são adultos com mentalidades de crianças, que brincam e se divertem com brincadeiras e atitudes simples e muito engraçadas. Tenho certeza que ao sair da sala do cinema, você receberá toda alegria apresentada no filme.

Lucas Lima
Por Lucas Lima 10 novembro, 2014 16:18


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Aprendiz de Espiã

Facebook