Thriller nacional ISOLADOS, com Bruno Gagliasso e Regiane Alves ganha versão em game

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 12 setembro, 2014 11:00

A Media Bridge, produtora do thriller psicológico ISOLADOS, que chega aos cinemas em 18 de setembro, lança dois game para dispositivos móveis (Android e iOS) e outro apenas para Facebook como parte da estratégia de divulgação da estreia do filme nas telonas: “Isolados – a Fuga” e “Isolados a Experiência”.

“Isolados – a Fuga” é um jogo ao melhor estilo runner no qual o jogador tem como objetivo percorrer a maior área possível sem esbarrar em obstáculos e morrer. O game pode ser jogado com os dois personagens principais do filme, Lauro e Renata.  O cenário da aventura é a floresta e os obstáculos são pedras e árvores. A velocidade aumenta conforme o trecho percorrido, aumentando assim a dificuldade. Ao longo do trajeto são oferecidos “power ups” de ajuda como invencibilidade e relatórios. Além disso, durante o caminho são encontradas “pilhas”, que se não forem coletadas, deixam com que a lanterna dos jogadores se apague. Lauro e Renato precisam coletar os “Relatórios do Dr. Lauro” que, acumulados, possibilitam a troca dos mesmos por diversos “power ups”, aumentando assim a vantagem do jogador em sua próxima partida.

Ao marcar a opção “tutorial” na tela de início, o jogo indica não só os controles de movimentos, mas também as funções de cada power up, possibilitando uma melhor jogabilidade e um maior conhecimento sobre as vantagens oferecidas.

O segundo jogo, “Isolados – a Experiência”, conta com uma proposta mais intuitiva, baseado no famoso e aterrorizante “Slender”. O game aposta em uma jogabilidade investigativa e efeitos sonoros para surpreender e assustar o jogador. Ele se passa na maior parte do tempo dentro da casa usada como locação para o longa metragem e a história gira em torno de um casal que esteve naquele local cinco anos antes de Lauro e Renata. Jogado em primeira pessoa e com apelo sonoro, “Isolados – a Experiência” tem como objetivos a procura de objetos na casa. Ao longo do trajeto os jogadores irão se deparar com situações bem estranhas e que irão aumentar o suspense em torno do jogo.

Os jogos foram desenvolvidos para os principais dispositivos móveis do mercado e já estão disponíveis para download no Google Play e na App Store e disponível para jogar no Facebook.

Link para Android:

https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.mediabridge.isolados

Link para IOS:

https://itunes.apple.com/br/app/isolados/id908423693?ls=1&mt=8

ISOLADOS-Official Poster Banner PROMO-12SETEMBRO2014-01

 

O longa foi rodado na região serrana do Rio de Janeiro e relata as férias do psiquiatra Lauro (Bruno Gagliasso) e sua namorada Renata (Regiane Alves), uma instável artista plástica. O isolamento do casal e uma sequência de ataques violentos na região tornam a trama do filme cheia de suspense à medida que o perigo começa a ficar mais próximo. Junto ao casal de protagonistas a produção tem participação do ator José Wilker, no papel do Dr. Fausto, uma espécie de mentor de Lauro, Orã Figueiredo como o delegado Clóvis e seu assistente Augusto, interpretado por Silvio Guidane, enquanto Juliana Alves dá vida à personagem Luzia, governanta da casa na serra.

A idealização do projeto partiu de uma inquietação dos produtores Angelo Salvetti, Cosimo Valerio e Diogo Boni, ao se depararem com um gênero pouco explorado no mercado cinematográfico brasileiro. “A escolha de realizar a produção de um thriller psicológico é devido ao crescimento mundialmente desse gênero que será, em breve, um novo gênero procurado aqui no mercado nacional também. O fato de ser pouco explorado é uma possibilidade muito interessante de incentivar esse tipo de produção”, destacam os produtores.

Já o ator e produtor associado Bruno Gagliasso acredita que o público brasileiro se acostumará a ver grandes produções nacionais com gêneros diferentes de comédia. “Por que não uma produção boa, de qualidade, de um filme que nunca foi feito por brasileiros? Acho que o Brasil sabe fazer esse tipo de longa e pra mim é um desafio enorme como ator”. Sobre a construção do seu personagem Lauro, o ator passou por uma imersão no mundo da psiquiatria. “Eu pude ler muita coisa. A gente teve muito ensaio. Mergulhei nesse mundo da psiquiatria. O meu comprometimento era com a verdade. A verdade do Bruno como ator interpretando o Lauro”.

Sobre o diretor

Tomas Portella já trabalhou como assistente de direção em cerca de 20 filmes, entre eles “Tainá 2 – A Aventura Continua” e “Meu Nome não é Johnny”, ambos de Mauro Lima; “Lisbela e o Prisioneiro” e “O Bem Amado”, os dois de Guel Arraes; e “Ensaio sobre a Cegueira”, de Fernando Meirelles. Assinou seu primeiro trabalho na direção com o longa “Qualquer Gato Vira-Lata”, em 2011, o maior sucesso da Disney para filme brasileiro, alcançando 1 milhão e 200 mil espectadores.

Sobre a Media Bridge

A empresa surge com uma proposta inovadora: construir a maior produtora multiplataforma do Brasil. Ela possui direção geral de Cosimo Valério. Com amplo conhecimento em tecnologia, mídia e integração de conteúdo às diversas plataformas, o objetivo da Media Bridge é criar sinergia entre os players do mercado e desenvolver novos modelos de negócios para o audiovisual. Em 2011, a empresa produziu o documentário de longa-metragem “No Aterro”, sobre o Parque do Flamengo, no Rio de Janeiro, e o média-metragem “Boa Noite, Cinderela”, ambos em finalização. Com quatro produções cinematográficas previstas até 2015 a empresa aposta na mescla de gêneros e lançará as comédias “Meu Ex-Imaginário” e “A Vida Sexual da Mulher Feia”, inspirada na peça de teatro com mesmo nome; um projeto briográfico, intitulado “Não Aprendi Dizer Adeus”, que relata a história de um dos maiores artistas sertanejos do país, o cantor Leonardo , uma cinebiografia sobre o apresentador Chacrinha e um documentário sobre a história do rádio.

Ficha Técnica

Elenco: Bruno Gagliasso, Regiane Alves, José Wilker, Juliana Alves, Orã Figueiredo, Sílvio Guindane, entre outros;
Direção: Tomas Portella
Direção de fotografia: Gustavo Hadba
Direção de arte: Claudio Amaral Peixoto
Distribuição: Downtown Filmes e Paris Filmes
Roteiro: Mariana Vielmond
Produção: Media Bridge – Angelo Salvetti, Diogo Boni e Cosimo Valerio
Produtores associados: Bruno Gagliasso, Cosimo Valerio, Tomas Portella e Fernando Zagallo.
Coprodução: Telecine, Escambo Filmes, Zaga Filmes e Formiga Filmes.
Apoio: Cinecolor Digital, Estúdios Quanta, Saison Spa.
Investimento: Fundo Setorial do Audiovisual – ANCINE – BRDE.

isol_0002_cartaz_2tempos_final_01_vo.indd

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 12 setembro, 2014 11:00


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!