Omara Portuondo, a grande dama cubana, traz o show Magia Negra ao Teatro Bradesco

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 23 agosto, 2014 14:07

Omara Portuondo, a grande dama cubana, traz o show Magia Negra ao Teatro Bradesco

A grande dama da música cubana, Omara Portuondo, traz ao Brasil seu repertório de mais de 60 anos no mundo da música. A artista traz ao palco do Teatro Bradesco a turnê Magia Negra, no dia 28 de agosto, quinta, interpretando as canções de seu primeiro álbum, homônimo, gravado em 1959, além de reunir sucessos de sua carreira. Realizada pela Opus Promoções, esta turnê se inicia no dia 27 de agosto em Porto Alegre (Teatro do Bourbon Country), e, após o RJ, aporta em São Paulo (Teatro Bradesco), no dia 30 de agosto.

Magia Negra é o álbum de estreia de Omara, com o acompanhamento musical da Orquestra de Julio Gutiérrez, marcada por uma sonoridade sutil e rica em texturas a partir da combinação da música cubana com o jazz norte-americano. O disco inclui versões de That Old Black, de Harold Arlen e Johnny Mercer, e de Caravan, de Duke Ellington. Dos compositores da ilha aparecem Noche Cubana, de Portillo de La Luz, Andalucía, de Ernesto Lecuona, No Puedo Ser feliz, de Adolfo Guzmán, e No Hagas Caso, de Marta Valdés. No palco, Omara estará acompanhada por um quarteto de músicos, formado por piano, contrabaixo, percussão e bateria.

Dona de uma voz que se equilibra entre a contundência frágil de Billie Holiday e os tons cristalinos de Edith Piaf, Portuondo nasceu em Havana, em 1930, e tornou-se uma reconhecida bailarina do famoso cabaré Tropicana ainda adolescente. Com sua irmã Haydee, com quem dançava e cantava, fez parte do Los Loquibambas, grupo que interpretava versões cubanas de bossa nova, com alguns toques de jazz norte-americano. Depois, formaram – ao lado de Elena Burke e Moraima Secada – o quarteto Las D’Aida, dirigido pela pianista Aida Diestro. Com o grupo, Portuondo realizou apresentações pelo mundo durante 15 anos.

A carreira de Omara voltou a culminar em 1997 com a gravação do disco Buena Vista Social Club – com seus amigos e colegas de longa estrada Ibrahim Ferrer, Rubem Gonzáles e Compay Segundo – que fez a música cubana voltar a ser sensação mundial a partir de 2001, com o lançamento de um filme e do álbum produzido por Ry Cooder. O álbum, vencedor do Grammy, inspirou o documentário dirigido por Wim Wenders, indicado ao Oscar. Além disso, colocou na vitrine mundial a deliciosa e apaixonante voz de Omara em duetos históricos com Compay Segundo.

Ao longo de sua extensa carreira, que contabiliza 15 discos, ente LPs e CDs, e 3 DVDS, Omara conquistou vários prêmios e reconhecimentos, incluindo uma indicação ao Grammy 2004 de Melhor Álbum de Música Tropical Tradicional por Flor de Amor. Em 2008, o disco Omara Portuondo & Maria Bethânia foi vencedor do Prêmio de Música Brasileira na categoria Projetos Especiais. No ano seguinte, subiu ao palco do Grammy Latino para receber o prêmio de Melhor Álbum Tropical Contemporâneo pelo disco Gracias.

Hoje, aos 84 anos, Omara Portuondo segue com vitalidade invejável. Além desta turnê Magia Negra, também viaja o mundo desde junho com o show de despedida do Buena Vista Social Clube, que irá se aposentar dos palcos com uma turnê internacional. A Adiós Tour passará por cidades da Europa, da América do Sul, da Ásia e dos EUA e a última apresentação do grupo será em Havana, em 2015.

SERVIÇO
Show: Magia Negra – Omara Portuondo
Data: 28 de agosto – quinta-feira, às 21hs
Local: Teatro Bradesco
Endereço: Av. das Américas, 3.900/Lj 160
Tel: 3431-0100
Duração: 70 minutos
Classificação: 12 anos (menores apenas acompanhados pelos pais ou responsáveis)
Ingressos: Frisa: R$ 100,00; Balcão Nobre: R$ 220,00; Plateia Alta: R$ 310,00; Plateia Baixa e Camarote: R$ 360,00.

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 23 agosto, 2014 14:07


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!