CAIXA exibe filmes MADE IN PARAGUAI em SP e RJ; Mostra inédita trás obras premiadas como “7 Caixas”

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 14 agosto, 2014 11:00

CAIXA exibe filmes MADE IN PARAGUAI em SP e RJ; Mostra inédita trás obras premiadas como “7 Caixas”

A Caixa Cultural apresenta Made in Paraguai – Mostra de Cinema Paraguaio, trazendo, pela primeira vez ao Brasil, uma retrospectiva dos últimos anos da cinematografia do país sul-americano. Serão exibidos 21 filmes, sendo onze longas-metragens e dez curtas. Em São Paulo, a mostra acontece de 11 a 17 de setembro, no CAIXA Belas Artes; e no Rio, as exibições ocorrem na CAIXA Cultural Rio de Janeiro, de 16 a 21 de setembro.

CAIXA-MADE IN PARAGUAI-14AGOSTO2014-01 CAIXA-MADE IN PARAGUAI-14AGOSTO2014-02 CAIXA-MADE IN PARAGUAI-14AGOSTO2014-03

Como parte da programação, haverá debates com diretores e críticos especializados. A proposta é promover o contato do público não apenas com os filmes exibidos, mas, também, com as questões que envolvem essa cinematografia, que apesar de vizinha, ainda é pouco conhecida e divulgada em nosso país. Entre as conversas, destacam-se o debate com o curador e cineasta Carlos Cáceres sobre a importância dos curtas na indústria do cinema e a sessão comentada do premiado longa 7 Caixas, com a participação da atriz Lali Gonzáles, considerada embaixatriz do cinema paraguaio. Sua atuação no filme ganhou destaque internacional e lhe rendeu uma indicação ao Goya, principal premiação do cinema de língua espanhola, e trabalhos fora do país. Estes encontros acontecerão nas duas cidades onde se realiza a mostra.

São Paulo receberá, também, o diretor Maurício Rial, um dos principais documentaristas paraguaios, em sessão comentada de Tren Paraguayo, vencedor de prêmios de melhor filme em festivais na Inglaterra, México e Argentina. E no Rio de Janeiro, além da programação já citada, haverá debate com o diretor de Libertad, Gustavo Delgado, e sessão comentada de Tierra Roja, com o diretor Ramiro Gomez.

A mostra Made in Paraguai é uma produção da Boulevard Filmes, com curadoria do cineasta brasileiro Marcelo Engster, em parceria com o diretor e produtor paraguaio Carlos Cáceres.

Sobre o cinema paraguaio:

Desde a produção de Cerro Corá (1978) de Guillermo Vera, realizado com o apoio do governo ditatorial de Alfredo Stroessner, foram quase 30 anos onde a indústria cinematográfica do país praticamente inexistiu. A pausa se romperia apenas em 2006, com a produção de Hamaca Paraguaya da diretora Paz Encina. Rodado em língua guarani, o filme recebeu o prêmio da crítica no Festival de Cannes e deu início a retomada do cinema paraguaio.

Esse processo, ainda em curso, tem dado espaço a filmes como Libertad (2011), de Gustavo Delgado, que narra de forma ficcional o processo de independência do país e manteve os cinemas paraguaios lotados por dois meses. De semelhante sucesso, seguiu-se 7 Caixas (7 Cajas, 2012), de Juan Carlos Maneglia e Tania Schembori, que, ao trazer personagens oriundos das classes populares, conseguiu bater o recorde de público no país, que havia anteriormente sido do filme Titanic (1997), levando 280 mil pessoas ao cinema. O filme ainda recebeu o “Prêmio Euskaltel da Juventude” no Festival de San Sebastian, na Espanha.

O realizador Mauricio Rial Banti também se destacou com seu prestigiado documentário Tren Paraguay (2011), bem como a documentarista Renate Costa, que foi aclamada no Festival de Berlim com seu filme Cuchillo de Palo (2010), que aborda a perseguição sofrida pelos homossexuais durante a ditadura de Stroessner. A redescoberta desse fazer cinematográfico tem levantado discussões sobre as diferentes possibilidades de tornar essa prática contínua no país. Da mesma forma, levantam-se hipóteses sobre que conceitos caracterizam um filme paraguaio.

SERVIÇO

SÃO PAULO

Data: 11 a 17 de setembro
Horário: Consultar programação
Local: CAIXA BELAS ARTES
Endereço: Rua Da Consolação, 2423 – Consolação – São Paulo/SP
Telefone: (11) 2894-5781
Funcionamento: de segunda a domingo, das 14h às 23h30
Site: caixabelasartes.com.br
Preço: R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia) – além dos casos previstos em lei, clientes CAIXA pagam meia.
Classificação Indicativa: consulte a programação
Acesso para pessoas com deficiência

RIO DE JANEIRO

Data: 16 a 21 de setembro (terça-feira a domingo)
Horário: Consultar programação
Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro
Endereço: Avenida Almirante Barroso, 25,
Centro – Rio de Janeiro (Metrô: Estação Carioca)
Telefone: (21) 3980-3815
Funcionamento: de terça-feira a domingo, das 10h às 20h
Ingresso: R$ 2 (inteira) e R$ 1 (meia) – além dos casos previstos em lei, clientes CAIXA pagam meia
Lotação: Cinema 1 – 78 lugares (mais 3 para cadeirantes); Cinema 2 – 80 lugares (mais 3 para cadeirantes)
Classificação Indicativa: consulte a programação
Acesso para pessoas com deficiência

 

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 14 agosto, 2014 11:00


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!