Negra Li lança o CD “Você Vai Estar Na Minha – Duetos”

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 2 agosto, 2014 16:09

Negra Li lança o CD “Você Vai Estar Na Minha – Duetos”

Musa da black music nacional e primeira cantora brasileira de hip hop a assinar com uma gravadora, Negra Li segue sua carreira artística se destacando em grandes parcerias na música. Encontros que a ajudaram a ganhar mais visibilidade profissional e experiência artística. Foi depois da participação na música “Não é Sério”, do Charlie Brown Jr, em 2000, que Negra Li, até então conhecida apenas pelo público do hip hop, se tornou conhecida em todo o Brasil.

Negra Li - destaque

Logo depois Negra Li colecionou grandes sucessos cantando com outros artistas, como Skank, Caetano Veloso, Nando Reis, Pitty, Akon, entre outros. Sempre experimentando diversos estilos, mas com sua identidade forte que imprime na música. “Todos os artistas que fiz parceria eu admiro e tenho grande respeito pelos seus trabalhos. Alguns me convidaram e outros eu convidei”, explica Negra Li.

Para comemorar essas grandes parcerias, a gravadora Universal Music reuniu os principais duetos da carreira de Negra Li no álbum físico e digital “Você Vai Estar Na Minha – Duetos”, com 15 músicas marcantes onde a cantora mostra toda a sua versatilidade e talento, desde a linha mais hip hop (de seu trabalho inicial e autoral com o rapper Helião), passando pelo rock e até mesmo com o samba do cantor Belo. Destaque para a gravação inédita de “Chain of Fools”, registrada em 2007, ao lado da cantora Pitty para o projeto “Estúdio Coca Cola”. Além disso, 4 músicas serão lançadas exclusivamente em formato digital, no iTunes e todas as ferramentas de streaming, como Spotify, Deezer, Rdio e canais mobile.

O CD começa com a faixa “Não é Sério”, segundo single do álbum Nadando com os Tubarões (2000), da banda de rock Charlie Brown Jr.. A música, que traz uma forte crítica à maneira como a mídia retrata os jovens, abriu as portas do mercado para Negra Li, que passou a considerar o cantor Chorão seu padrinho musical, lhe dando a oportunidade de dividir o underground do rap com o sucesso em todo o Brasil. A segunda faixa, “Meus Telefonemas”, tem a participação de Caetano Veloso, que compôs a música inicialmente para o repertório da banda carioca Afroreggae, e a registrou no álbum de estreia solo de Negra Li, Negra Livre (2006). “A música já tinha sido gravada e acabamos fazendo uma nova roupagem para o disco. Eu já tinha abordado o Caetano em uma premiação e acabei pedindo uma música para ele. Fiquei muito feliz em ter não só a música, como a voz e o violão dele no meu CD”, explica Negra Li.

Em seguida, vem “Ainda Gosto Dela”, primeiro single do álbum Estandarte (2008), da banda de pop rock Skank. A música, escrita por Samuel Rosa em parceria com Nando Reis, com participação de Negra Li, foi um grande sucesso nas rádios e na trilha sonora da novela da Rede Globo “Negócio da China”, de 2008. A música “Beautiful (Como um Sonho)” é uma canção de hip hop do álbum Freedom, do cantor senegalês Akon com participação de Colby O’Donis e Kardinal Offishall. Negra Li participou da faixa do disco e gravou o clipe da música no México, ao lado de Akon.

Em “O Destino”, faixa do álbum Projeto Paralelo (2010), da banda NX Zero, Negra Li divide os vocais com o rapper Rappin’ Hood. O disco traz faixas inéditas e releituras de sucessos da banda paulistana em parceria com vários rappers nacionais e internacionais. Posteriormente, Negra Li também participou do videoclipe da música ao lado da banda e de Rappin’ Hood. “Guerreiro, Guerreira” é uma canção do álbum homônimo da cantora Negra Li com o rapper Helião, lançado em 2005. A letra fala sobre a essência que o hip hop deve possuir, no melhor estilo urbano. A música foi tema da novela “Começar de Novo”, de 2004, na Rede Globo, e também o primeiro single de Negra Li.

Em “1 Minuto”, do álbum Sem Ar (2008), do cantor e compositor carioca D’Black, Negra Li faz uma participação de sucesso. A faixa alcançou o primeiro lugar nas paradas de rádio de todo o Brasil. “Quando eu ouvi a canção, foi amor à primeira vista, e logo aceitei participar, mas não imaginava que se tornaria um grande sucesso. Até hoje essa música não pode faltar no meu repertório”, lembra Negra Li. Na música “Negra Livre”, Nando Reis compôs especialmente para Negra Li, que adorou e acabou batizando seu álbum de estreia solo com o mesmo nome, em 2006. A música também faz parte do repertório do Luau MTV – Nando Reis e os Infernais (2007). “A música foi um presente. Nando Reis já estava na minha lista, como um dos meus compositores favoritos assim como Caetano Veloso. Falei com ele ao telefone, contei um pouco sobre mim, e ele logo tratou de compor algo que falasse de mim, da minha trajetória, do meu sonho. Acertou em cheio”, conta Negra Li.

A faixa “Chain Of Fools”, de Aretha Franklin, é uma gravação inédita da parceria de Negra Li com a cantora Pitty, parte do projeto Estúdio Coca Cola, de 2007. A gravação promovia o encontro de dois cantores ou bandas de ritmos distintos, misturando canções da carreira dos artistas e cantadas por ambos. A canção “Antônia” foi tema da série de televisão Antônia, produzida pela O2 filmes e exibida pela Rede Globo, baseada no filme de mesmo nome de 2006, de Tata Amaral. A série trazia no elenco Negra Li, Leilah Moreno, Quelynah e Cindy Mendes formando um grupo de rap só de mulheres. Trilha sonora da novela Malhação, da Rede Globo, em 2005, a música “Deixa Rolar” é do álbum Cavaleiro Andante (2005), de Gabriel O Pensador, com participação especial de Negra Li.

A música “Aqui Neste Lugar” faz parte do repertório do álbum SP55 (2010), o terceiro da carreira solo do cantor e compositor Sérgio Britto, um dos integrantes da banda Titãs. Negra Li participou da gravação do disco e do videoclipe, inspirado nos antigos musicais de jazz e R&B. O samba “Não dá mais sem Você” integra o álbum Pra Ver o Sol Brilhar: Ao Vivo (2008), do cantor Belo. Nesse trabalho, o sambista reuniu vários artistas, entre eles a cantora Negra Li, em um show no Rio de Janeiro para registrar os maiores sucessos de sua carreira. “Você Vai Estar na Minha” é uma regravação da música de Marisa Monte e a primeira canção promovida do segundo álbum de Negra Li, Negra Livre. Foi tema da novela Pé na Jaca, da Rede Globo, em 2006. A música ainda contém amostras da canção “Eu Sei (Na Mira)”, de Marisa Monte, do álbum Mais (1991).

Os lançamentos digitais contam com as seguintes músicas: “Você Vai Estar na Minha”, remix inédito do DJ Linky Mix; “Exercito do Rap”, segundo single do álbum “Guerreiro, Guerreira” (2005), com o rapper Helião. “Jura”, com Walter Alfaiate sucesso de 1929 de Sinhô, gravada pelos dois no DVD “Cidade do Samba”, e “Ninguém pode me impedir”, faixa do álbum de estreia solo de Negra Li, Negra Livre.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 2 agosto, 2014 16:09


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Brincando com Fogo

Facebook

Reino Gelado e a terra dos espelhos