SESC TAUBATÉ promove exibições de filmes em SÃO BENTO DO SAPUCAÍ neste fim de semana

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 19 junho, 2014 10:00

SESC TAUBATÉ promove exibições de filmes em SÃO BENTO DO SAPUCAÍ neste fim de semana

O Sesc Taubaté promove na cidade de São Bento do Sapucaí a exibição da 2ª Mostra Francesa de Animação, nos dias 19 e 20 de junho. A mostra apresenta curtas e longas metragens de animação da produção francesa, direcionados ao público infantil e infanto juvenil. Os filmes serão exibidos na Praça Monsenhor Pedro do Valle Monteiro e, em caso de chuva, na EMEF Coronel Ribeiro da Luz – Rua Dr. Rubião Júnior, 416.

A atividade é promovida pelo Cine-Sesc Parcerias, no qual o Sesc Taubaté realiza, por meio de sua programação de cinema, ações em parceria com algumas cidades do Vale do Paraíba e com o apoio das prefeituras e sindicatos do comércio varejista, com o objetivo de popularizar a linguagem e oferecer ao público o acesso a filmes que estão fora do circuito comercial. A 2ª Mostra Francesa de Animação será exibida em parceria com a Cinemateca da Embaixada da França no Brasil e do Institut Français.

Sesc Taubaté-2ª Mostra Francesa de Animação-PROMO-19JUNHO2014 Sesc Taubaté-2ª Mostra Francesa de Animação-PROMO-19JUNHO2014-01

Confira as sinopses dos filmes que serão exibidos:

São Bento do Sapucaí
2ª Mostra Francesa de Animação.

Dia 19, às 20h
7,2 toneladas – França, 2004,cor, 3’.
A incrível superioridade dos atletas quenianos. Direção Nicolas Deveaux.

A dança da chuva – França 2006, cor, 8’.
História de um vilarejo sofrendo de uma seca no Sul da Índia, onde uma família ainda espera a chuva. Direção Vijaya Kumar Arumugam.

Até os patos vão para o paraíso – França 2007, cores/9’.
Depois de uma corrida alucinada para salvar uma alma em perigo, um padre apresenta ao resgatado uma oferta inusitada. Direção Samuel Tourneux.

O castelo dos outros – França, 2004, cor, 6’.
Uma visita escolar ocorre em um enorme castelo. Uma criança permanece alguns segundos a contemplar a estátua e se perde do seu grupo. Direção Pierre-Luc Granjon.

O rabo do camundongo – França, 2007,PB, 5’.
Na floresta, um leão captura um rato e ameaça comê-lo. Mas o rato lhe propõe um trato. Direção Benjamin Renner.

Os ouvidos não têm pálpebras – França, 2004, cor, 8’.
A orquestra toca e encanta o público. Direção Étienne Chaillou.

A bela do bosque de ouro – França, 2001, cor, 13’.
Uma princesa que dorme há muito tempo em um castelo abandonado finalmente acorda. Direção Bernard Palacios.

Borboleta – França, 2005, PB, 3’.
Uma professora pede à turma para desenhar uma borboleta. Menino se pergunta como seu vizinho consegue desenhar tão bem. Direção Zhi Yi Zhang.

Fundo de garrafa – França 2011, cor, 9’.
A notícia chega e é terrível: Arnaud tem que usar óculos. E não quaisquer óculos: uma armação rude que desprende suas orelhas e belisca seu nariz. Direção Jean-Claude Rozec.

O ladrão de para-raios – França, 1944, Em cor, 9’.
Niglo furta as pontas de platina dos para-raios, e às vezes até o próprio para-raios. A polícia está em seu encalço… Direção Paul Grimault.

Boa viagem, sim – França/Nigéria, 1966,cor,5’.
Sim, presidente da ‘República dos Sapos’, parte em viagem convidado pelo presidente de um país vizinho. Direção Moustapha Alassane.

Ladrões de para-raios – França, 1944, cor, 9’
Niglo furta as pontas de platina dos para-raios, e às vezes até o próprio para-raios. A polícia está em seu encalço. Direção Paul Grimault.

Dia 20, às 20h

Os caramujos – França 1965, cor 11’.
Um camponês lamenta suas alfaces raquíticas… e de repente elas começam a crescer desproporcionalmente. Direção René Laloux.

Um coração para emergências – França, 1973, cor, 9’
Esta fábula fantástica, poética, enigmática e revigorante nos diz que é sempre o equilibrista que tem a corda bamba nas mãos e que não adianta andar com apenas um coração, já que dois corações são suficientes para parar o tempo.
Direção Piotr Kamler.

Os três inventores – França 1980, cor,13’.
Três inventores inventam belas máquinas, mas quando as mostram às pessoas, elas não as querem, e acham que os inventores são bruxos. Direção Michel Ocelot

A linha da vida – França, 2006, p/b, 7’.
Encontro imediato num mundo onde as regras são fixas, caminhos estreitos, erros fatais, e sem volta. Soa familiar? Direção Tomek Ducki.

Silhuetas – França, 2006, cor 5’.
Um equilibrista. Um contorcionista. O nada. Um drama. O além. Uma despedida. Direção Courbis-Poncet Vincent, Despret Rémi, Solon Jean-David

Le chute de l’ange – França, 2005, cor, 5’.
Um anjo perambula pelo espaço com uma mala. De repente, uma de suas asas se quebra… Direção Geoffroy Barbet-Massin.

A Bela do bosque de ouro – França, 2011, cor, 13’
Uma princesa que dorme há muito tempo em um castelo abandonado finalmente acorda. Direção Bernard Palacios

Para que serve o amor? – França, 2003, pb, 4’.
Encontro, discussão, separação: encontro de um casal de Paris ao som de uma canção de Piaf. Direção Louis Clichy.

Uma história vertebral – França, 2004,cor 9’.
Um homem sozinho com sua particularidade física – uma cabeça que se inclina sempre olhando para o chão. Direção Jeremy Caplan.

Local: Praça Monsenhor Pedro do Valle Monteiro.
Em caso de chuva o filme será exibido na EMEF Coronel Ribeiro da Luz – Rua Dr. Rubião Júnior, 416.

SERVIÇO
Evento: SESC TAUBATÉ promove exibições de filmes em SÃO BENTO DO SAPUCAÍ neste fim de semana
Data: 19 e 20 de junho de 2014 | Horário: 20h
Local: SESC TAUBATÉ
Endereço: Praça Monsenhor Pedro do Valle Monteiro
Classificação etária: 12 anos
Ingressos: Grátis.
Informações para o público: (12) 3634-4000
*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.
Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 19 junho, 2014 10:00


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Aprendiz de Espiã

Facebook