Musical “Samba Futebol Clube” estreia no CCBB Rio

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 15 maio, 2014 17:10

Musical “Samba Futebol Clube” estreia no CCBB Rio

No clima da Copa do mundo, Samba Futebol Clube une duas paixões brasileiras: a música e o futebol. Espetáculo multimídia, que mistura música, teatro, dança e vídeo, o musical estreia dia 22 de maio, no Centro Cultural Banco do Brasil Rio, pelas mãos de Gustavo Gasparani, autor, ator e diretor que, desde 2005, tem se dedicado à pesquisa de uma linguagem original para o musical brasileiro.

Em cena oito atores/músicos formam um time de jogadores e torcedores que se revezam numa narrativa dramático-musical.Alan Rocha, Cristiano Gualda, Daniel Carneiro, Gabriel Manita, Jonas Hammar, Luiz Nicolau, Pedro Lima e Rodrigo Lima – além de atores também são músicos,apaixonados por futebol, e no espetáculo tocam todos os instrumentos, ao vivo, como parte da encenação. A coreografia, assinada por Renato Vieira, parte dos gestos dos próprios jogadores e torcedores, transpondo e recriando este balé popular tão familiar aos brasileiros para as dimensões do teatro musical. O maestro é Nando Duarte, diretor musical de todos os espetáculos de Gasparani. Ambos participaram ativamente de todo o processo criativo e estiveram presentes desde os primeiros ensaios e as primeiras ideias – um diferencial deste musical.

Se o futebol fosse um esporte silencioso, sem cantoria, sem estádios, hinos e até aquela trilha que embala os melhores momentos da torcida, provavelmente seria algo muito chato. E o que seria da MPB sem a inspiração dos mágicos dribles dos nossos craques? A ligação entre futebol e música é tão bela e entrosada quanto Pelé e Garrincha. Ou Tom Jobim e Vinicius de Moraes.

O roteiro traz o quê de música e poesia que o futebol nos deu. Retrata sua ligação com a MPB, a partir do samba, e une citações de textos sobre o tema de José Lins do Rego, Paulo Mendes Campos, Armando Nogueira, Nelson Rodrigues, Carlos Drummond de Andrade e Ferreira Gullar. As canções ora são cantadas, ora são ditas como texto, criando, assim, um diálogo entre as letras e os textos destes mestres.

Samba Futebol Clube é um musical com as cores nacionais, que dá continuidade ao trabalho de pesquisa e exaltação da cultura brasileira realizados por Gustavo Gasparani em seus quatro espetáculos anteriores: Otelo da MangueiraOpereta CariocaOui, Oui…A França é Aqui!! A Revista do Ano e As Mimosas da Praça Tiradentes, que cumpriram temporadas de sucesso de público e crítica, entre os anos de 2005 e 2012, sendo assistidos por mais de 150 mil pessoas, indicados a mais de 40 prêmios, e deram a Gasparani os prêmios Shell 2009 de melhor autor e 2012 de melhor ator.

Gasparani assina o roteiro e a direção. E este é o primeiro musical que produz e dirige em que não está em cena. “Preferi ficar só na criação e direção cênica para aperfeiçoar este trabalho de pesquisa, aprimorar o olhar, experimentar uma linguagem diferente, buscar uma identidade cênica, ir além”, declara o diretor.

“A ideia surgiu há quatro anos por sugestão do jornalista João Pimentel que, após assistir ao musical Oui, Oui… A França é Aqui! A Revista do Ano”, em 2010, comentou sobre os vários textos e canções existentes sobre este tema. A ideia foi amadurecendo e agora tomou forma”, conta Gustavo. Pimentel assina a pesquisa dos textos.

Em Samba Futebol Clube Gustavo Gasparani realiza um desejo antigo de criar um espetáculo musical inédito nos moldes do processo criativo da Cia dos Atores – grupo de teatro do qual faz parte há 25 anos. O autor e diretor, junto com os atores, o coreógrafo e o diretor musical, realizou workshops sobre o tema, onde cada um trouxe ao espetáculo sua vivência como torcedor de futebol. E, a partir daí, criou um mosaico entre música, letra, poesia e depoimentos pessoais que retrata o Brasil pelos olhos da equipe e dos autores das músicas e dos textos.

Centenas de músicas abordam o tema: hinos para os clubes, músicas que relacionam o futebol ao cotidiano e ao comportamento, crônicas de jogos e conquistas, cantos de torcidas, etc. O jeito do brasileiro de falar, andar, dançar e se apaixonar reverbera o que acontece dentro das quatro linhas.

O universo do futebol está lá: o da roça, o da infância, a bola, o gol, o estádio, as disputas das torcidas, a decisão do pênalti, as regras… – brincando e teatralizando o futebol.

Utilizando elementos do jogo, da música brasileira e da dança do futebol, o espetáculo traz vídeos com tratamento pop – numa mistura de linguagens e imagens de jogadores e jogadas importantes – que ilustram as histórias entrelaçadas por músicas e textos. O samba, que é a base da nossa musica, está lá, mas nos leva à bossa-nova, ao choro e ao rock, ao sertanejo universitário e até ao hip hop. Indo desde clássicos de Pixinguinha a Nelson Cavaquinho, passando por Moraes Moreira, Jorge Ben Jor, Gonzaguinha, João Bosco e Aldir Blanc e chegando ao Rappa e Skank. O musical reflete, através do futebol, sobre a fragilidade humana diante da derrota e da vitória. Assim como escreveu o poeta Drummond: “Ganhar, perder, viver”.

SERVIÇO
Samba Futebol Clube
Estreia: 
22 de maio, quinta
Temporada: até 14 de julho de 2014 – quinta a segunda
Horários: 19h30
Local: CCBB Rio – Teatro II
Endereço: Rua Primeiro de Março, 66 – Centro
Preços: R$ 5,00 e R$ 10,00
Formas de pagamento: dinheiro e cartões Mastercad, Redeshop e Visa
Vendas pelo site:  www.ingressorapido.com
Bilheteria: de quarta a segunda, das 9hs às 21hs
Duração: 120min com o intervalo de 15min.
Classificação: 10 anos
Capacidade: 155 lugares

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 15 maio, 2014 17:10


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!