Programação do CINESESC traz estreia exclusiva de CÃES ERRANTES, de Tsai Ming Liang

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 22 abril, 2014 10:00

Programação do CINESESC traz estreia exclusiva de CÃES ERRANTES, de Tsai Ming Liang

O CINESESC, localizado em São Paulo, divulgou a sua programa semanal que traz como grande destaque o longa CÃES ERRANTES, dirigido por Tsai Ming Liang e ainda a 40º FESTIVAL SESC MELHORES FILMES – Veja abaixo a lista completa.

Fundado em 1979, o CineSesc é um dos mais tradicionais cinemas de rua da cidade de São Paulo. A programação também conta com cursos e exposições.

Cães Errantes-Official PROMO PHOTOS-26MARCO2014-02 Cães-Errantes-Official-PROMO-PHOTOS-26MARCO2014

PROGRAMAÇÃO DE 24 A 30 ABRIL DE 2014.

CÃES ERRANTES – ESTREIA (FILME EXCLUSIVO)
(JiaoYou. Direção Tsai Ming Liang. Taiwan/França, 2013, 138’).
Com: Lee KangSheng, Yang KueiMei, Lu Yi Ching.

Um pai e seus dois filhos vagueiam como marginais em Taipei. Eles andam pelos rios e matas da periferia e pelas chuvosas ruas da cidade. De dia, o pai tenta ganhar algum dinheiro como outdoor humano de apartamentos de luxo, enquanto seus filhos buscam amostras grátis de comida em supermercados e shoppings. Toda noite, a família se abriga num prédio abandonado. O pai está estranhamente fascinado pelo mural que enfeita a parede da casa improvisada. No seu aniversário, a família recebe a companhia de uma mulher. Será que ela pode ser a chave para desenterrar emoções do passado?
Não recomendado para menores de 18.

Segunda, terça e quinta: R$15,00; R$7,50; R$3,00. Quarta: R$10,00; R$5,00; R$2,00. Sexta, sábado, domingo e feriado: R$20,00; R$10,00; R$4,00.

Sessões: 19h e 21h30

40º FESTIVAL SESC MELHORES FILMES
Segue o tradicional Festival Sesc Melhores Filmes, no CineSesc, na 40ª edição do evento. Em cartaz, estão os longas eleitos por público e crítica entre os filmes que chegaram aos cinemas paulistanos ao longo do ano de 2013.

Ingressos: R$15,00 / R$7,50 / R$3,00
Passaporte para 15 filmes: R$150,00 / R$75,00 / R$30,00

 24/4 (quinta):

LasAcacias
(Lasacacias, Argentina/Espanha, 2011, drama, 85 min) Direção: Pablo Giorgelli Roteiro: Pablo Giorgelli e Salvador Roselli Direção de fotografia: Diego Poleri Elenco: Germán de Silva, Hebe Duarte, NayraCalleMamani, Monica Coca e outros Rubén é um caminhoneiro que transporta madeira entre Assunção, no Paraguai, e Buenos Aires, na Argentina. Ele faz esse mesmo trajeto há anos, sempre solitário e silencioso. Um dia, no entanto, aceita dar carona a uma mulher desconhecida até Buenos Aires. Mas Jacinta, sua companheira de viagem, aparece uma hora atrasada, e com um bebê no colo. A primeira impressão de Rubén não é nada positiva: ele imagina passar longas horas ao lado de um bebê chorando e de uma pessoa por quem ele não tem o menor interesse. Aos poucos, no entanto, Rubén e Jacin ta começam a trocar as primeiras palavras e a se conhecer melhor. Vencedor do prêmio Câmera de Ouro para melhor diretor estreante no Festival de Cannes.

Não recomendado para menores de 12.
24/04/2014. Quinta, às 14h30

O Abismo Prateado
(Direção KarimAïnouz. Brasil, 2011, 83’) Com Alessandra Negrini, Thiago Martins, Otto Jr., Carla Ribas. Violeta é uma dentista e tem um filho adolescente com Djalma, com quem é casada há 14 anos. Ela acaba de se mudar para um apartamento em Copacabana, e após uma pausa na sua clínica, encontra uma mensagem na caixa postal de seu celular. A mensagem foi gravada por seu marido, que avisa que estava deixando-a e partindo para Porto Alegre. Ele pede para que Violeta não o siga, mas ela não segue o conselho e passa um dia pelo bairro procurando por Djalma. Até que finalmente ela decide viajar para tentar encontrá-lo no Rio Grande do Sul. Inspirado na canção Olhos nos olhos, de Chico Buarque. Exibido na Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes e vencedor do prêmio de melhor direção no Festival do Rio.
Não recomendado para menores de 14.
24/04/2014. Quinta, às 17h

Olhe pra Mim de Novo
(Olhe pra mim de novo, Brasil, 2011, documentário, 77 min) Direção: Kiko Goifman e Claudia Priscilla Roteiro: Claudia Priscilla Direção de fotografia: Pedro Marques SyllvioLuccio atravessa os estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco. Pelo caminho, encontra uma família com doença genética, uma mãe que recorreu ao DNA para saber se seu filho – já com 33 anos – foi trocado na maternidade e uma família de albinos que vive na cidade de Missão Velha e é discriminada por sua cor, entre outros personagens. O ponto de partida é a pequena cidade de Pacatuba, no Ceará. Syllvio se define como alguém que “nasceu mulher, tornou-se lésbica e agora é homem”. Ele é um transexual masculino em fase de transformação no sertão brasileiro, uma região marcada pelo forte calor, pobreza e também pela cobrança de extrema virilidade do homem.
Não recomendado para menores de 12.
25/04/2014. Sexta, às 14h30

Eles Não Usam Black-Tie – Seleção 40 Anos
Direção: Leon Hirszman, Brasil, 1981, 123 min Com Gianfrancesco Guarnieri, Fernanda Montenegro, Carlos Alberto Ricelli, Bete Mendes, Milton Gonçalves e outros. Em São Paulo, o jovem operário Tião (Carlos Alberto Riccelli) e sua namorada Maria (Bete Mendes) decidem se casar ao saber que a moça está grávida. Ao mesmo tempo, eclode um movimento grevista que divide a categoria metalúrgica. Preocupado com o casamento e temendo perder o emprego, Tião fura a greve, entrando em conflito com o pai (Gianfrancesco Guarnieri), um velho militante sindical que passou anos na cadeia durante o regime militar. Baseado na peça homônima de 1958, escrita por Gianfrancesco Guarnieri, para o Teatro de Arena. Eleito Melhor Filme pelo público e pela crítica em 1981.
Não recomendado para menores de 14.
Grátis
25/04/2014. Sexta, às 17h
Retirada de ingressos 1h antes.

Hoje
(Hoje, Brasil, 2011, 90 min) Direção: Tata Amaral Roteiro: Felipe Sholl, Jean-Claude Bernardet e Rubens Rewald Direção de fotografia: Jacob Solitrenick Elenco: Denise Fraga, César Troncoso, João Baldasserini, Cláudia Assunção e outros. Vera, ex-militante política, passa décadas tentando descobrir o que aconteceu com seu marido, Luiz, desaparecido durante o período da ditadura militar no Brasil. Até que, finalmente, ela recebe o reconhecimento público da morte de Luiz e uma indenização do governo, com a qual pode comprar o sonhado apartamento próprio. Porém, quando finalmente consegue tocar sua vida para frente e libertar-se desta condição de suspensão em que vivia, Luiz reaparece para assombrá-la, às vésperas de sua mudança. O reencontro do casal vai se transformar em um acerto de contas com o passado.< br /> Não recomendado para menores de 12.
26/04/2014. Sábado, às 14h30

Pixote, a Lei do Mais Fraco – Seleção 40 Anos
Direção: Hector Babenco, Brasil, 1980, 125 min Com Fernando Ramos da Silva, Marília Pêra, Jardel Filho, Rubens de Falco, Elke Maravilha e outros. Pixote (Fernando Ramos da Silva) foi abandonado por seus pais e é um pequeno contraventor de 11 anos. Encarcerado na Febem, em São Paulo, faz amizades e presencia violência, tráfico de drogas e todo tipo de corrupção. Aproveitando-se da visita de um juiz de menores, o garoto foge da instituição. Ele acaba indo para o Rio de Janeiro junto com outros ladrões para vender cocaína. Uma dançarina usuária de drogas tenta enganá-los e é morta por Pixote. Eleito Melhor Filme pela crítica em 1980.
Não recomendado para menores de 16.
Grátis
26/04/2014. Sábado, às 17h
Retirada de ingressos 1h antes.

Caverna dos Sonhos Esquecidos (3D)
(Cave offorgottendreams, Canadá/EUA/França/Alemanha/Reino Unido, 2010, documentário, 90 min) Direção e roteiro: Werner Herzog Direção de fotografia: Peter Zeitlinger Em 1994, um grupo de cientistas descobriu, no Sul da França, uma caverna perfeitamente preservada por mais de 20 mil anos, contendo os desenhos humanos mais antigos de que se tem notícia. Entendendo a importância cultural que a Caverna de Chauvet tomou com essa descoberta, o governo francês imediatamente cortou todo o acesso a ela, salvo por alguns poucos arqueólogos e paleontólogos. No entanto, foi dado ao documentarista Werner Herzog acesso para filmar as pinturas e examinar as obras de arte criadas por nossos ancestrais e que chegam a datar de 32 mil anos atrás. Tentando construir uma ponte entre o passado remoto e o presente, o cineasta entrevista cientistas e historiadores a fim de descobrir como teriam sido os s eres humanos por trás dessas pinturas. O longa foi todo rodado em 3D.
Livre
27/04/2014. Domingo, às 14h30

O Amuleto de Ogum – Seleção 40 Anos
Direção: Nelson Pereira dos Santos, Brasil, 1974, 112 min Com Jofre Soares, Anecy Rocha, Ney Santanna, JardsMacalé, Emmanuel Cavalcanti, Maria Ribeiro e outros. Um violeiro cego canta a história de um menino cujo pai e o irmão foram assassinados na Bahia e que, a pedido da mãe, vai a um terreiro de umbanda para “fechar o corpo”. Já rapaz, envolve-se com o crime, a contravenção e um bicheiro de Duque de Caxias, cidade da Baixada Fluminense. Ele lida com a morte, o crime e a sedução até que começa um romance com a amante do bicheiro e é jurado de morte. Mas seu corpo já está fechado, pois ele conta com a proteção do amuleto de Ogum. Eleito Melhor Filme pela crítica em 1975.
Não recomendado para menores de 16.
Grátis
27/04/2014. Domingo, às 17h
Retirada de ingressos 1h antes.

Minha Mãe é uma Peça – O Filme
(Minha mãe é uma peça: o filme, Brasil, 2013, comédia, 85 min) Direção: André Pellenz Roteiro: Fil Braz e Paulo Gustavo Direção de fotografia: Nonato Estrela Elenco: Paulo Gustavo, Herson Capri, Mariana Xavier, Rodrigo Pandolfo e outros Dona Hermínia é uma mulher de meia-idade, divorciada do marido, que a trocou por uma mulher mais jovem. Hiperativa, ela não larga o pé de seus filhos Marcelina e Juliano, sem se dar conta de que eles já estão bem crescidos. Um dia, após descobrir que a consideram uma chata, resolve sair de casa sem avisar ninguém, deixando todos, de alguma forma, preocupados com o que teria acontecido. Mal sabem eles que a mãe foi visitar a querida tia Zélia para desabafar suas tristezas do presente e recordar os bons tempos do passado. Os filhos, sozinhos em casa, a princípio apreciam a liberdade, m as depois percebem que não é fácil ficar longe da mãe.
Não recomendado para menores de 12.
28/04/2014. Segunda, às 14h30

Lúcio Flávio, o Passageiro da Agonia – Seleção 40 Anos
Direção: Hector Babenco, Brasil, 1976, 125 min Com Reginaldo Faria, Ana Maria Magalhães, Milton Gonçalves, Paulo César Pereio, Ivan Cândido e outros. Nos anos 1960 surge uma organização, batizada pela crônica policial brasileira como Esquadrão da Morte, que passa a combater o crime à margem da lei. Surgem, então, vários episódios e personagens que marcaram uma época. Lúcio Flávio (Reginaldo Faria) é um deles, conhecido bandido do Rio de Janeiro. Um banco é assalto em uma cidade do interior e dr. Bechara (Ivan Cândido) dá início a uma ação policial nos subúrbios do Rio de Janeiro para localizar Lúcio. Certa noite, Lúcio é preso por Bechara e levado a um presídio, onde agentes da polícia feder al tentam em vão saber de seu envolvimento com o policial Moretti (Paulo César Pereio). Tentando mudar de vida, Lúcio foge para Belo Horizonte, mas seu destino já está traçado. Eleito Melhor Filme pela crítica em 1978.
Não recomendado para menores de 16.
Grátis
28/04/2014. Segunda, às 17h
Retirada de ingressos 1h antes.

Frances Ha
(Frances Ha, EUA, 2012, comédia dramática, 86 min) Direção: NoahBaumbach Roteiro: NoahBaumbach e Greta Gerwig Direção de fotografia: Sam Levy Elenco: Greta Gerwig, Mickey Sumner, Michael Esper, Adam Driver e outros Frances divide um apartamento em Nova York com Sophie, sua melhor amiga. Brincalhona e com ar de quem não deseja crescer, ela recusa o convite do namorado para que more com ele justamente para não deixar Sophie sozinha. Entretanto, a amiga não toma a mesma atitude quando surge a oportunidade de se mudar para um apartamento melhor localizado, mesmo que isso signifique que ela e Frances passem a morar separadas. É quando se inicia a peregrinação de Frances em busca de um novo lugar que se adeque às suas finanças, já que ela é apenas aluna em uma companhia de dança à espera de uma chance de integrar o grupo de bailarinos. Mesmo diante das dificuldades, Frances tenta manter o alto astral diante os problemas que a vida adulta traz.
Não recomendado para menores de 12.
29/04/2014. Terça, às 14h30

A Hora da Estrela – Seleção 40 Anos
Direção: Suzana Amaral, Brasil, 1985, 96 min Com Marcélia Cartaxo, José Dumont, Tamara Taxman, Fernanda Montenegro, Denoy de Oliveira e outros. Macabéa (Marcélia Cartaxo) é uma imigrante nordestina que vive em São Paulo. Trabalha como datilógrafa em uma pequena empresa e divide o quarto de uma pensão com outras três mulheres. Macabéa não tem ambições, apesar de sentir desejo e querer ter um namorado. Um dia ela conhece Olímpico (José Dumont), um metalúrgico com quem inicia namoro. Só que Glória (Tamara Taxman), sua colega de trabalho, tem outros planos após se consultar com uma cartomante (Fernanda Montenegro). Baseado no livro homônimo de Clarice Lispector. Eleito Melhor Filme pela crítica em 1986.
Não recomendado para menores de 16.
Grátis
29/04/2014. Terça, às 17h
Retirada de ingressos 1h antes.

Branca de Neve
(Blancanieves, Espanha/França/Bélgica, 2012, fantasia, 101min) Direção e roteiro: Pablo Berger Direção de fotografia: Kiko de la Rica Elenco: MaribelVerdú, Daniel Giménez Cacho, Ángela Molina e outros Sevilha, Espanha, 1920. Carmen viveu toda a infância com sua avó, depois de sua mãe morrer no parto. Na época, Encarna, uma terrível enfermeira, seduziu seu pai e casou-se com ele. Mas no dia em que Carmen faz a primeira comunhão, sua avó morre e ela tem de ir morar com sua madrasta. Encarna, no entanto, a faz sofrer uma série de abusos. Cansada de ser reprimida, a jovem resolve fugir de casa para viver aventuras como toureira. Mas Encarna manda que Genaro, seu motorista e amante, acabe com ela. Carmen escapa viva do ataque, mas perde a memória. É quando recebe a ajuda de sete anões toureiros, que decidem protegê-la a todo custo. Versão adulta da clássica história infantil dos irmãos Grimm, o filme foi o grande vencedor dos prêmios Goya 2013, com dez troféus, incluindo o de melhor filme.
Não recomendado para menores de 12.
30/04/2014. Quarta, às 14h30

Xica da Silva – Seleção 40 Anos
Direção: Carlos Diegues, Brasil, 1976, 114 min Com Zezé Motta, Walmor Chagas, Stepan Nercessian, Rodolfo Arena e outros. Na segunda metade do século XVIII, a escrava Xica da Silva (Zezé Motta) torna-se o centro das atenções no Distrito Diamantino, onde estão as minas mais ricas do país. João Fernandes (Walmor Chagas), representante da Coroa Portuguesa, apaixona-se por Xica e a transforma na Rainha do Diamante, satisfazendo todos os seus desejos extravagantes. Alertado pelos inimigos do casal, o rei de Portugal manda um emissário a fim de impedir que cresça o poder de Xica na Colônia. Baseado no livro homônimo de João Felício dos Santos. Eleito Melhor Filme pela crítica em 1976.
Não recomendado para menores de 16.
Grátis
30/04/2014. Quarta, às 17h
Retirada de ingressos 1h antes.

40º FESTIVAL SESC MELHORES FILMES – CINECLUBINHO

Todo domingo de manhã tem CineClubinho no CineSesc! Livre. Grátis. Ingressos 1h antes.

Zarafa

(Zarafa, França/Bélgica, 2012, animação, 78 min) Direção: RémiBezançon e Jean-Christophe Lie Roteiro: Alexander Abela e RémiBezançon Vozes: Max RenaudinPratt, Simon Abkarian, François-Xavier Demaison, Vernon Dobtcheff e outros Século XIX, num país do continente africano. O jovem Maki é capturado para ser vendido como escravo. Ele consegue fugir e faz amizade com uma girafa, que é morta por um mercador, deixando seu filhote, Zarafa. O garoto e o pequeno animal criam um laço de amizade, até que Zarafa é capturado por Hassan, um egípcio a caminho de Alexandria. Maki decide ir junto, mas, ao chegar à cidade, descobre que ela foi dominada pelos turcos. Hassan é enviado pelo paxá local para pedir ajuda ao rei da França, Carlos X, e, para isso, leva a pequen a girafa como presente. A viagem de balão se transformar em uma grande aventura. Na França, no entanto, os viajantes não encontram o que esperavam: as pessoas são corruptas, exploradoras e mal-educadas – a começar pelo rei e sua corte.
– Antes do filme, a partir das 10h, acontecem a oficinas com o Núcleo de Cinema de Animação de Campinas. No dia 27/4, as crianças vão aprender a fazer um Fenaquistiscópio. Livre. Grátis. Sujeito à disponibilidade da sala.
Livre. Grátis.
27/04/2014. Domingo, às 11h
Retirada de ingressos 1h antes.
_____________________________________________________________________

exposição

40º FESTIVAL SESC MELHORES FILMES

O CineSesc apresenta no hall uma exposição de fotografias contemporâneas de atrizes e atores brasileiros que atuaram em filmes premiados na categoria “Melhor Filme Nacional” do Festival Sesc Melhores Filmes. Uma homenagem a alguns dos grandes astros do cinema nacional que brilharam na tela ao longo dos últimos 40 anos. Talentos que encantaram e encantam gerações, presentes no imaginário dos espectadores, representantes da sétima arte brasileira e inesquecíveis intérpretes. Entre eles: Antônio Abujamra, Caio Blat, Carlos Vereza, Gero Camilo, Helena Ignez, Hugo Carvana, João Miguel, Laura Cardoso, Matheus Nachtergaele, Othon Bastos, Paulo José, Ruth de Souza, Sandra Corveloni e Zezé Motta. Fotos por LudovicCarème (Modds).

Livre. Grátis.
03 a 30/04/2014. Segunda a domingo, das 14h às 21h30.

SERVIÇO
Evento: PROGRAMAÇÃO SEMANAL CINESESC – 24 A 30 de Abril de 2014
Data: confira a programação
Local: CineSesc
Endereço: Rua Augusta, 2075 – Cerqueira César
Classificação etária: consultar a programação
Ingressos: consultar a programação
Informações para o público: (11) 3087-0500
*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.
Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 22 abril, 2014 10:00


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Aprendiz de Espiã

Facebook