Projeto Performance traz Márcio Shimabukuro ao Sesc Campinas

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 15 abril, 2014 11:04

Projeto Performance traz Márcio Shimabukuro ao Sesc Campinas

O projeto “Performance” que o Sesc Campinas promove desde o final do ano passado para a discussão e pesquisa da performance enquanto linguagem artística específica chega à sexta edição. Entre 15 e 21 de abril, o performer Shima (Márcio Shimabukuro) apresentará trabalhos da série Isolamento e uma seleção de outras performances atuais.

O cotidiano e a performance são as principais fontes de pesquisa de Shima para a desconstrução dos esquemas tradicionais do fazer, tornando-se ferramentas  fundamentais para a busca de novos sistemas cognitivos para se ver, sentir e pensar o tempo atual.

Nascido em São Paulo em 1978, Shima é filho de imigrantes japoneses. É graduado em Desenho Industrial e utiliza a metodologia do design para desenvolver projetos em performance-arte e seus desdobramentos em fotografias, filmes, objetos e instalações.

Ao longo de 10 anos, o performer expôs seu trabalho em mais de 15 países e participou de diversos programas como Rumos Artes Visuais (2008-2009), Interações Florestais Terra Una (2010), Bolsa Pampulha (2010-2011). Atualmente, ele trabalha no projeto Arena da Cultura/ Núcleo de Formação em Cultura, da Prefeitura de Belo Horizonte como professor em Performance, Instalação e Intervenção Urbana, além de integrar o Laboratórios de Experiências e Vivências (LEV) também na capital mineira.

Programação

Fragmentos Cotidianos
Exibição contínua de vídeos selecionados, apresentação de performances e exposição de rastros e registros das performances realizadas durante a ocupação do performer Shima no Galpão do Sesc Campinas.
De 15 a 17/4, terça, quarta e quinta, das 13h às 21h30. De 19 a 21/4, sábado, domingo e segunda, das 9h30 às 18h. Grátis. Galpão Multiuso. Livre.

Performances:

Viajante
Utilizando seus próprios materiais de uso pessoal, o artista realiza uma performance convidando o público a realizar uma metaviagem, estreitando as bordas entre a arte e a vida.
Dia 15, das 16h às 19h30. Grátis. Galpão Multiuso. Livre.

Marco Zero
Desenhando plantas arquitetônicas em escala real com fita crepe, o performer faz um convite à reflexão sobre a origem das cidades e suas ocupações.
Dia 16, das 17h30 às 19h30. Grátis. Galpão Multiuso. Livre.

Entrelinhas
Um esquema de repetição de ações com gravação e projeção simultâneas lança uma provocação acerca do que é compreendido enquanto memória. O roteiro de ações propõe uma reflexão sobre o uso das tecnologias como forma de construção artística.
Dia 17, às 20h. Grátis. Galpão Multiuso. Livre.

Bate-papo:

Performance e Cotidiano
Conversa com o performer Márcio Shimabukuro sobre a Performance e o cotidiano a partir da perspectiva de seu trabalho artístico.
Dia 17, quinta, às 16h. Galpão Multiuso. Grátis. Livre.

Isolamento
Pesquisa sobre processos de construção e desconstrução dos espaços, especialmente os de natureza urbana. Parte da ideia coletiva – e generalizada – sobre o que é público / privado, expositivo / inimista e disponível / reservado. A fita zebrada de isolamento é o foco, e sua função tradicional (de silenciosa e discreta de total restrição) é subvertida de seu uso cotidiano, ganhando novas funções e convidando o público a refletir sobre a força dos signos em nosso tempo.

Zona de conforto/Zona de Confronto
Shima toma um espaço dentro do Sesc, transformando o espaço público em espaço privado e lançando reflexões sobre esta dualidade.
Dia 15, às 20h. Grátis. Galpão Multiuso. Livre.

Às Cegas
Um homem realiza um percurso com a cabeça vendada por uma fita de isolamento, utilizando-se de outros recursos para criar um mapa mental de um trecho da cidade.
Dia 16, das 13h30 às 14h30. Grátis. Trajeto de pedestres entre a Rodoviária de Campinas, Galpão Multiuso e outros espaços do Sesc Campinas. Livre.

Colapso
Envolto por uma fita de isolamento, Shima permanece imóvel durante uma hora, sugerindo a imagem de um ser que cria um momento de imobilidade para voltar a si mesmo, e tomar o próximo passo.
Dia 16, às 20h. Grátis. Entrada do Sesc Campinas. Livre.

Leito
Imagens sobre a forma de manter-se na posição horizontal são evocadas neste trabalho utilizando fitas de isolamento. Entrada da unidade.
Dia 17, às 18h30 às 19h30. Galpão Multiuso. Grátis. Livre.

Sem título
Objetos do Sesc são cobertos com fitas de isolamento, destacando o que não era notado, atraindo atenção ao seu uso e sua ocupação espacial.
Visitação: De 15 a 17/4, terça, quarta e quinta, das 16h às 21h30. De 19 a 21/4, sábado, domingo e segunda, das 9h30 às 18h30. Grátis. Galpão Multiuso e diversos espaços da unidade. Livre.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 15 abril, 2014 11:04


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Aprendiz de Espiã

Facebook